Entrevista com Mariana Ribeiro

Olá, muito feliz de poder postar aqui a entrevista muito fofa que fiz com a autora Mariana Ribeiro!
A Mariana, é parceira aqui do blog, e está tentando lançar seu primeiro livro, que se chama A Herdeira!
Além da entrevista, ela nos agraciou com os primeiros capítulos de seus dois livros A Herdeira e Menina Veneno, e tenho certeza que ao ler vocês verão o quanto esta menina, é talentosa!




Primeiramente, gostaria de agradecer a Mariana Ribeiro por aceitar fazer a entrevista. E também gostaria de dizer que é uma honra para o blog Doces Letras, ter você como parceira! 
Fale-nos um pouco sobre você:

Me chamo Mariana Ribeiro, tenho 26 anos, sou formada em Turismo e Hotelaria e trabalho na área, mas adoro escrever desde a minha adolescência quando criava histórias de próprio punho em cadernos pequenos. Não sei ao certo de onde vem minha inspiração, mas as idéias costumam surgir em minha mente quando eu menos espero num insight rápido e profundo. 

Sei que você tem um blog. “O Confissões Literárias!”, ele surgiu antes dos livros, ou você criou o blog para divulgar sua escrita?

O blog surgiu para divulgar meus escritos a princípio, mas o objetivo maior é falar sobre a minha paixão pela Literatura. Faço postagens com releases de lançamentos e há colunas variadas no blog que falam sobre livros que viraram séries de TV, novidades do mercado editorial, além de livros que foram publicados no exterior.

Seu livros A Herdeira e Menina Veneno, ainda não foram publicados. Mas sei que você costuma liberar alguns trechos deles para os leitores do seu blog. Como as pessoas estão reagindo aos livros?

Tem sido uma experiência muito bacana poder conferir a opinião sincera dos meus leitores a respeito dos livros, após divulgar no blog os dois primeiros capítulos de ambos. Eu recebi feedbacks positivos que tem me motivado ainda mais a continuar melhorando e proporcionando sempre boas histórias, o que me deixa bem otimista com relação a uma possível publicação por uma excelente editora. 

Quando surgiu a idéia de escrever seu primeiro livro? E qual foi sua inspiração?

Eu comecei a escrever ‘A Herdeira’ em 2005. Eu fiz uma pesquisa criteriosa para compor a história e me inspirei no Clássico da Literatura Brasileira ‘Senhora’ de Jose de Alencar, que tinha lido durante o vestibular. Achei interessante abordar o período do Império e mais precisamente sobre a Guerra do Paraguai, um fato histórico pouco abordado nos livros de História do Brasil. Além disso, sempre gostei de ler Romance História e queria muito abordar a nossa cultura, que para mim é única e inigualável.

Eu sei o quanto é restrito o mercado literário brasileiro.  Como você lida com essa dificuldade?

Apesar de o mercado literário brasileiro ser ainda bem restristo, aos poucos vislumbro mudanças bem significativas. As editoras estão ampliando mais o espaço para os autores iniciantes, mas infelizmente ainda vejo algumas cobrando um valor absurdo para publicar em um país como o nosso, o que é lamentável. Meu objetivo maior é publicar meus livros pela forma tradicional e só optarei pela publicação independente quando se esgotar todas as possibilidades.

O livro A Herdeira é um romance histórico, você se considera uma pessoa romântica?

Sou uma manteiga derretida! Considero-me uma romântica à moda antiga e choro facilmente ao assistir filmes e quando leio livros do gênero. 

Fale-nos um pouco sobre o livro A Herdeira:

A Herdeira conta a história de um amor proibido num cenário conturbado pela Guerra do Paraguai. Os acontecimentos históricos retratados, neste caso a Guerra do Paraguai, é o cenário para o envolvimento da protagonista Maria Luísa com o seu grande amor Martin Afonso Almeida, num período pouco abordado na história do nosso país. Segredos serão ainda revelados tendo como pano de fundo o universo dos fascinantes e preciosos diamantes. Como consequência disso, uma rede de intrigas pelo poder se formaria deixando um rastro de sangue em seu caminho.

Quanto tempo em média você passa escrevendo?

Eu passo a tarde inteira escrevendo, mas infelizmente não disponho do tempo ideal para me dedicar inteiramente aos livros, pois trabalho de madrugada e durante a manhã eu preciso dormir para recarregar as baterias rs.

Fale um pouco sobre o livro Menina Veneno, que é sobre uma adolescente de 17 anos que tem sonhos sobre acontecimentos que irão repercurtir na mídia mundial.

Audrey tem 17 anos e curte a adolescência na década perdida. Ela é estudante de Jornalismo, filha de diplomata, e viaja pelo mundo na companhia do namorado Fred. Seus passaportes são repletos de carimbos e suas aventuras entrarão para a história, já que algumas vezes tem sonhos sobre acontecimentos que irão repercutir na mídia mundial. O meu objetivo principal ao escrever este livro é mostrar a Cultura Pop e os costumes dos jovens que viveram nessa época que para mim é inesquecível e bem marcante.

Quais seus projetos futuros?

Assim que terminar de escrever ‘Menina Veneno’, darei continuidade à sequência de ‘A Herdeira’ e só então eu poderei me dedicar à ‘Miss Victtoria’. Eu já tenho o esboço dele na minha cabeça, a história vai se passar em São Paulo na década de 30, a sinopse está pronta e sei como será desenvolvida a história. rs

Que conselho você pode dar às pessoas que querem ser escritoras?

Primeiramente ler muito! Acho interessante também fazer um esboço de como será a história, com uma descrição dos personagens e demais elementos a serem inseridos, mas acima de tudo o escritor precisa pesquisar amplamente sobre o contexto histórico e cultural relacionado ao livro que pretende escrever. A todos os escritores que sonham publicar seus livros, nunca desista! Tudo acontece nas nossas vidas no seu tempo certo e logo poderão colher os frutos de seus esforços na realização do sonho.

Perguntas rápidas:

Um livro: Se Houve amanhã, de Sidney Sheldon

Um autor(a): Sidney Sheldon! DIVO!

Um ator ou atriz: Mariana Ximenes (Eu queria ver minha xará interpretar a Maria Luisa 
numa minissérie adaptada do meu livro *sonho*)

Um filme: Só resta a esperança

Um dia especial: O lançamento do meu livro com noite de autógrafos *sonhandomuitocomessedia*

Um desejo: Publicar meu livro por uma grande editora

Quero te agradecer por ter me concedido essa entrevista e deixo aqui esse espaço,para você falar o que quiser para os leitores.

Quero agradecer você pela oportunidade de ser entrevistada aqui no blog, muito obrigada! 
Adorei as perguntas, achei todas bem pertinentes e espero que os leitores do blog apreciem a entrevista. Bjos. (:


Para saber mais sobre a autora clique aqui - Confissões Literárias.


A Herdeira (Manuscrito)
Mariana Ribeiro


Sinopse: 


Maria Luisa Callaghan representava não somente a alta aristocracia brasileira do Século XIX, como também as mulheres que estavam à frente do seu tempo. Quando ela conheceu o major do Exército Martim Afonso Almeida, sabia que seria capaz de fazer qualquer coisa para ficarem juntos. Isso significava desafiar as convenções de toda uma época. Acompanhem ahistória de um amor proibido num cenário conturbado pela Guerra do Paraguai. Segredos serão revelados tendo como pano de fundo o universo dos fascinantes e preciosos diamantes. Como consequência disso, uma rede de intrigas pelo poder se formaria deixando um rastro de sangue em seu caminho.

Livro A Herdeira no Skoob


Personagens do livro A Herdeira.


Curta o Book Trailer abaixo: 





Menina Veneno
Mariana Ribeiro
(Em breve)


Sinopse provisória: 


Audrey tem 17 anos e curte a adolescência na década perdida. Estudante de Jornalismo e filha de diplomata, viaja pelo mundo com o namorado Fred. Seus passaportes são repletos de carimbos e suas aventuras entrarão para a história, já que algumas vezes tem sonhos sobre acontecimentos que irão repercurtir na mídia mundial. Além disso, Audi irá descobrir que saber o segredo dos outros pode até ser bem divertido..     
Nas palavras da própria Audi: "Curtir a adolescência na década perdida, leia-se anos 80, parece ser um privilégio para poucos. Eu sempre deixei isso bem claro para as minhas amigas, que num futuro próximo, muitas pessoas irão ouvir falar muito da efervescência da época com um ar sonhador e nostálgico. Eu me chamo Audrey Mantovani, tenho dezessete anos, filha de pais divorciados, pertencente à classe média paulistana, estudante de Jornalismo e aspirante à modelo que grava relatos do dia-a-dia no Walkman enquanto masca chiclete de morango."                                                                                    



Livro Menina Veneno no Skoob.


Espero que tenham gostado! 


Deixem seus comentários. Eu e a Mariana vamos gostar muito de saber o que acharam da entrevista! E não esqueçam de degustar os trechos dos dois livros que ela liberou pra gente!

10 comentários:

  1. Gostei da entrevista... Espero que a Mariana consiga logo publicar suas obras.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Luciana. Tbm espero, pois ela é muito talentosa!

    ResponderExcluir
  3. Adorei a entrevista e achei seu blog maravilhoso...
    Bjokas

    ResponderExcluir
  4. Mariana Ribeiro Barbosa15 de jan de 2012 15:55:00

    Olá, Lia!!
    Adorei a oportunidade de ser entrevistada aqui no blog, muito obrigada!
    Achei maravilhosa a sua inciativa de divulgar novos autores e seus trabalhos, espero que seja uma coluna de sucesso! Parabéns!!
    Bjos.

    Mariana Ribeiro
    Confissões Literárias.

    ResponderExcluir
  5. Que fofa a Mari! *-* Adorei a entrevista e torço muito pelo sucesso dos livros dela! :D
    E awn, Mari, Sidney Sheldon é MUITO divo! <3

    Parabéns!

    :*
    Mi
    Inteiramente Diva

    ResponderExcluir
  6. Obrigado pela visita Cleide, volte sempre que a casa é nossa... kkkkkkk

    ResponderExcluir
  7. Oi Mariana, eu é que agradeço a sua simpatia e boa vontade comigo. Torcendo muito por você linda, bjus

    ResponderExcluir
  8. Oi Mirela, obrigado por sua visita. Bjus linda.

    ResponderExcluir
  9. Que legal a entrevista!! A Mari é parceira do Doce Encanto e uma fofa, espero que ela conquiste ainda muuuita coisa, e que seus livros sejam publicados em breve.

    Estou na torcida!!

    Beijocas!

    ResponderExcluir
  10. Oi Rapha, obrigado pela visita, e certamente a Mari merece nossa torcida!

    ResponderExcluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!