Resenha - Príncipe Sombrio - Universo dos Livros


Boa tarde!
Hoje venho postar pra vocês a resenha de Príncipe Sombrio da autora Christine Feehan, o livro é o primeiro da série Cárpatos e está sendo publicado no Brasil pela editora Universo dos Livros.

Sinopse -

Mikhail Dubrinksy é o Príncipe dos Cárpatos, o líder de uma sábia e secreta raça ancestral que vive na noite. Tomado pelo desespero, com medo de nunca encontrar a companheira que iria salvá-lo da escuridão, a alma de Dubrinksy gritava na solidão. Até o dia em que uma bela voz, cheia de luz e amor, chegou a ele, atenuando sua dor e seu anseio. Raven Whitney possui poderes telepáticos e os utiliza na captura dos mais depravados serial-killers. Desde o momento que se conheceram, Raven e Mikhail foram incapazes de resistir ao desejo que faiscava entre eles. Mas forças sombrias tentarão destruir esse frágil amor. E mesmo que sobrevivam, como poderão - cárpato e humano construir um futuro juntos?

Para mais informação sobre o livro: Skoob, Universo dos Livros


Esta é a capa americana.

A série já conta com 23 livros publicados nos EUA.

Abaixo o book trailer do livro:




Sobre a autora:

Christine King nasceu na Califórnia . Ela cresceu com três irmãos e dez irmãs.
Feehan tem mais de 45 romances publicados e é uma1 autora Bestsellers de New York Times. Seu romance de estréia, o Príncipe das Trevas , publicado em 1999 ganhou três Prêmios de Excelência: Paranormal para Literatura Romântica (PEARL). Desde então ela ganhou mais sete prêmios e tem se mantido na lista dos autores mais vendidos, incluindo os da Publishers Weekly, e The New York Times . Feehan também recebeu um prémio de Mérito de Carreira pelo Romantic Times e foi nomeada para um prêmio RITA dos Escritores de Romance da América .
Ela foi publicada em várias línguas e em diversos formatos, incluindo letras grandes, Palm Pilot, e-book, e capa dura. Em outubro de 2007 seu primeiro mangá, foi lançado nas lojas.



Contatos da Autora: Site - Facebook - Myspace


Resenha - Por: Lia Christo

Príncipe Sombrio é o primeiro livro da série



O livro fala sobre os Cárpatos que são uma espécie de sábios antigos, que teem aparência de seres humanos. Eles podem viver por milênios e tem incríveis poderes psíquicos e físicos.
É um mundo de mistério, perigo, emoções.
Apenas a luz solar tem o poder de feri-los violentamente, podendo até destruí-los.
Eles dormem durante o dia, nas profundezas da terra, o que achei tremendamente estranho...
A terra também tem grande poder de cura, para eles.
Ficam acordados durante a noite, prosperando na escuridão.
Eles estão em perfeita harmonia com a terra e todas as suas plantas e animais. Eles podem mudar de forma. Podem se tranformar em qualquer animal e até mesmo virar uma névoa. Eles se movem, viajam e se curam com uma velocidade fenomenal.
E eles sobrevivem com sangue humano, mas nunca matam o doador, e sempre limpam a sua memória depois de se alimentarem.
O macho é um predador, sombrio e perigoso, e esta escuridão cresce até que ele ache a sua companheira, que é a sua luz, que o equilibra e ilumina sua escuridão.
Se ele não encontrar sua companheira de vida dentro de um determinado tempo, o macho perde gradualmente suas emoções e sua capacidade de ver as cores. Ele fica condenado a um mundo escuro, solitário, desesperado e desprovido de toda a felicidade.
Quando ele encontra a sua companheira, ele recupera suas emoções e seu mundo se torna colorido, cheio de alegria e esperança.

Mas por muitas centenas de anos, não nascem mais mulheres Cárpatos. E as que nascem, poucas conseguem sobreviver à infância. Para piorar a situação, muitos homens que não encontraram suas companheiras de vida, tornaram-se tão cheios de desespero que eles viraram vampiros de verdade, e passam a sentir alegria em assassinar os humanos e os próprios Cárpatos. Os Cárpatos, que conseguem se manter sãos, passam a ter que caçar e eliminar estes machos de sua espécie. Eles teem a obrigação de destruir essa ameaça que compromete toda a raça.
Alguns machos em desespero tentaram fazer de mulheres humanas, suas companheiras de vida, mas as mulheres se tornaram insanas e violentas,  quando foram convertidas para Cárpatos e tiveram que ser destruídas.

A história do livro começa quando o Príncipe dos Cárpatos (Mikhail Dubrinsky), muito rico e bonito, decide entrar na luz solar e, assim, acabar com sua vida.
Ele exerce enorme poder sobre si mesmo, os outros e todos os elementos, mas sua extrema solidão e desespero em nunca encontrar uma companheiro de vida tornaram-se avassaladoras. Ele não pode mais suportar a continuar, mesmo que ele sinta o dever de liderar seu povo e de acabar com os vampiros da face da terra. Ele tem medo, de que ele próprio vai acabar se transformando, se continuar esperando por mais tempo. E, é neste momento de crucial decisão que ele ouve uma doce voz feminina em sua cabeça. Uma voz cheia de compaixão e conforto.

Raven Whitney viajou da América para as remotas montanhas dos Cárpatos, esperando ter um merecido descanso. Ela é uma vidente extremamente talentosa, que ajuda a polícia a rastrear os assassinos em massa, uma tarefa nauseante, que prejudica o seu corpo e espírito, mas que ela se compromete por causa de sua compaixão pelas vítimas.
Ela é toda luz e bondade, e ela alcança Mikhail quando sente a sua solidão extrema e seu desespero.
Ela também é uma pessoa solitária, pois, ela tem que se manter o mais longe possível de outras pessoas para evitar ser bombardeada pelos seus pensamentos e emoções.

Mikhail é surpreendido por este contato psíquico, e gosta do jeito de brincar e provocar, que Raven projeta mentalmente para animá-lo. Ele se transforma em um pássaro e, vai até onde ela está para observa-la e percebe que ela é a sua companheira de vida. Mas como pode ser? Ela é humana. E como ele pode convencer uma mulher, que nem sequer sabe que existem Cárpatos, que ela é sua companheira de vida?

Mikhail e Raven embarcam em uma relação sensual, e cheia de situações inusitadas e surreais. Eles são confrontados com o perigo de um grupo de caçadores de vampiros fanáticos, empenhados em matar qualquer um que não seja humano. Mikhail e Raven, vão tentar impedi-los.
A determinação de Raven em ajudar nesta situação, acaba colocando a ela mesma, Mikhail e todos os Cárpatos em grave perigo.

Mikhail é extremamente protetor e altamente possessivo em relação a Raven, que ele ama com uma paixão que vai além do mais intenso sentimento humano. Ele é terno, gentil e carinhoso para Raven, enquanto absolutamente cruel e violento com seus inimigos. Ele vai amá-la para sempre e até morreria por ela. Uma vez que companheiros de vida se unem, eles não podem viver sem estar em contato freqüente com o outro. Mas, como ele pode viver para sempre com um ser humano ou convertê-la para Cárpato sem destruí-la? E como ele pode protegê-la, dos males que ela não percebe existir?

Príncipe Sombrio a meu ver tem uma boa história, mas que foi mal desenvolvida. Eu confesso que me decepcionei com o livro.
Já ouço falar desta série a muito tempo e sempre ouvi dizer que a série era maravilhosa, estando entre as melhores no gênero.
Lá nos EUA a série é um verdadeiro sucesso, já tendo sido lançado 23 livros, até agora.
E em vários grupos de leitura a série foi sempre muito bem recomendada.
Sendo assim não sei dizer o porque a história não emplacou pra mim.
Achei o livro cansativo, e em vários momentos da história tive que fazer uma pausa, para ter ânimo de continuar.
Os diálogos são meio que repetitivos, e as cenas de sexo apesar de serem bem escritas e bem hots, me pareceram fora de contexto em alguns momentos.

Poderia ter sido a tradução? Não sei, porque não li o livro em inglês. Então não posso opinar.
Mas, o livro está com alguns erros de concordância, troca de nome de personagens, entre outros, e isso também atrapalhou a minha leitura com certeza.

Mas, meus leitores, esta é a minha opinião pessoal como leitora.

E não deixem de ler o livro e formarem a sua própria opinião, pois para cada leitor o livro atinge de um jeito, não é mesmo?

Bom, eu vou tentar dar mais uma chance a série, quando a UDL, lançar o segundo livro. Quem sabe, eu não passo a gostar?

Bjus


10 comentários:

  1. Liazinha,
    Eu adorei Príncipe Sombrio, mas, assim como você, também achei a história mal desenvolvida.
    Espero ansiosa pela continuação!

    Bjs
    Bia

    ResponderExcluir
  2. Ai... mais um livro instigante pra gente se apaixonar... não sei mas eu fico sempre comparando esses livros com IAN!!

    Não há livros melhores que IAN!! #Prontofalei

    Vou dar uma chance para a série, porque ler o primeiro de uma série é sempre bom... pra ver se a gente se apaixona e ama de verdade!

    Adorei a resenha!!

    Bjs envenenados!

    ResponderExcluir
  3. Realmente essa série é muito comentada,mas várias amigas minhas não gostaram,não sei se vou apostar,mas é sempre bom saber a opinião de leitoras como você amiga,parabéns pela resenha!!!

    bjss

    Bianca

    www.apaixonadasporlivros.com.br

    ResponderExcluir
  4. Obrigado meninas. Realmente Mathilde a gente acaba comparando com IAN! kkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. Oi Lia!!!

    Eu faço parte daqueles que adoraram o livro!!
    Claro que os erros de tradução/revisão incomodam, mas mesmo assim consegui apreciar bastante aquele universo sexy e sombrio.
    Estou ansiosa pelos demais livros.
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Bom Príncipe Sombrio, já li e reli. Digo que o problema da versão em português foi a tradução, porque a história é muito bom. Bom resenha, Lia você disse a verdade do que achou e isso é muito válido

    ResponderExcluir
  7. Lia, tenho quase certeza que foi culpa da tradução. Essa série é maravilhosa. Já conhecia faz tempo, lá da época do Orkut, quando as meninas traduziram todos os e-books. É uma pena isso acontecer. Eu to com ele aqui em casa, mas estou até com medo... rsrs
    Não desista dos próximos!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Bom mninas, eu vou tentar dar uma chance ao segundo já que Elimar e Verônica estão assinando embaixo... kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  9. Mesmo com isso que você disse, ando sonhando com o livro. Espero ler em breve.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  10. Oi Rose, leia sim. Afinal só mesmo lendo pra gente ter certeza se é bom... Beijinhos

    ResponderExcluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!