RESENHA – Amazônia 2050 - A Geopolítica da Escassez – Editora Dracaena



Boa noite meus leitores,
hoje vou falar para vocês, sobre um livro que tem uma visão futurista, sobre a Amazônia.
Recebi este livro da Dracaena, já fazem alguns meses, mas confesso que custei um pouco a ter coragem de ler... 
Explico, é que este gênero, não faz muito o meu estilo, e sempre fico receosa de ler e não gostar...
Ainda bem que neste caso, me enganei. A leitura foi bastante rápida e agradável.

Sobre o Livro:


Sinopse - 
No ano de 2050 o mundo passa por uma grande catástrofe climática. Um batalhão de oito bilhões de seres humanos são obrigados a conviver com racionamento de água potável e solo fértil. Nações como China e Índia dão início à aquisição de terra para alimentar sua super população. Em uma disputa pelo território da Amazônia, a região é decretada como território independente, sendo supervisionada pela ONU e o Banco Mundial de Alimentos. Um centro de pesquisas para fome é erguido em Nova - Manaus e o Ambientalista Americano Philip Anderson é convidado para liderar os cientistas. Ele e sua família chegam ao território da Amazônia e se descobrem no Condomínio Rio Negro, onde serão obrigados a aprender a difícil arte de viver em comunidade. Em uma de suas incursões pela floresta, Phillip e o cientista Hadji são surpreendidos por uma forte corredeira e quase morrem afogados, sendo salvos por uma tribo indígena perdida num platô no coração da Floresta Amazônia. Experiências com mudas colhidas na Tribo estavam sendo feitas. Até o dia que o incêndio em um dos celeiros se alastrou e acabou queimando o Laboratório de pesquisas. Acidente? Ou será que pessoas estavam tentando sabotar o trabalho dos cientistas. Uma coisa era certa, Phillip não descansaria até descobrir a verdadeira geopolítica da escassez. 

Para saber mais sobre o livro, acesse: SKOOB –BLOGEDITORA DRACAENA.

Para comprar, acesse: Editora Dracaena.


Sobre o autor:

Biografia:

Alécio Faria Junior é profissional da área de Comércio Exterior, de Ideal sustentável se dedica a venda de produtos ecológicos. Nasceu no ano de 1977, na cidade de Suzano onde trabalha e reside atualmente. Tendo morado nos EUA, viajado para mais de 18 países como mochileiro e representante comercial, resolveu compartilhar seus pensamentos em prol de uma Consciência Ambiental . Este é o primeiro livro de uma série que voltada à sustentabilidade do planeta.

Contatos do Autor:









Resenha – Por: Lia Christo

O livro nos conta uma estória futurista, mas que ao mesmo tempo se torna bem realista, se realmente formos avaliar em como as coisas estão caminhando em relação a natureza e a biodiversidade.

Para quem não sabe, biodiversidade ou diversidade biológica é a diversidade da natureza viva. Desde 1986, o conceito tem adquirido largo uso entre biólogos,ambientalistas, líderes políticos e cidadãos informados no mundo todo. Este uso coincidiu com o aumento da preocupação com a extinção, observado nas últimas décadas do século XX.

O autor nos narra a estória de um cientista que é designado a vir para o Brasil, mais precisamente a Amazônia, para realizar estudos que viabilizassem a melhoria de vida e de alimentos para o nosso Planeta, que a partir de 2050, vem sofrendo terríveis catástrofes climáticas, que acabam causando uma série de problemas de ordem ambiental, fazendo que os Países que antes eram considerados pobres (Terceiro Mundo), se tornem grandes potências, e que os países mais ricos, passem a se apropriar de algumas terras férteis destes outros, e assim causando uma grave escassez de alimentos.

Dr. Philip é um biólogo norte americano, que vem para a Amazônia, para tentar achar uma solução para todo este problema. Ele tras, sua ex-mulher e filha, que são obrigadas a se acostumar com toda uma maneira nova e diferente de viver. Aqui ele fica conhecendo Hadji, que é quem irá lhe auxiliar neste projeto. Os dois se tornam bons amigos, e ao saírem em uma expedição, acabam se perdendo na floresta, e são achados por uma tribo indígena, com a qual eles irão fazer uma grande descoberta, que talvez seja a solução que eles tanto procuram...

A estória é boa, mas acho que poderia ter sido mais bem desenvolvida, já que o tema abordado é bem rico e interessante.

A leitura é fácil e rápida já que o livro é fininho, com somente 124 páginas.

Em alguns momentos me pareceu que as coisas foram meio corridas, mas nada que atrapalhe o bom entendimento do leitor.

Eu recomendo este livro a todos aqueles, que como eu, se preocupam com a Natureza e com o que pode acontecer ao nosso Planeta.
Bjus



9 comentários:

  1. Gostei da sua resenha, apesar de taMbém não ser meu estilo. gostei por você ter sido surpreendidA. Amo qdo um livro me surpreende.
    bju
    Eykler

    ResponderExcluir
  2. Nossa que interessante isso!!

    Primeiro, eu adorei a capa! Linda... mas nos revela uma triste realidade.

    Achei o autor bem criativo em abordar esta temática num versão futurista!

    O livro precisa ser mais divulgado e ainda bem que você tomou coragem para ler Lia!!

    Adorei!

    Beijocas envenenadas!!

    ResponderExcluir
  3. Vou te confessar que não sou muito fã de temáticas assim, mas como fala da Amazônia através de uma perspectiva inovadora e criativa, é bem possível que eu dê uma chance... Vamos ver né? BJS!

    ResponderExcluir
  4. Eu sou uma leitora eclética, mas acho que não gostaria desse livro. enfim, pelo menos você gostou e deu sua opinião sincera.

    ResponderExcluir
  5. Oi meninas, que bom que gostaram! obrigado pela visita e comentários, bjus

    ResponderExcluir
  6. Olá a todos do Blog Doce letras.

    Antes de mais nada gostaria de agradecer pela resenha que me pareceu elaborada com muito carinho.

    Com relação a resenha , não tenho o que tirar nem por. De fato a história é bastante rica, mas ,acaba correndo um pouco do meio para frente.( Algo que pretendo melhorar em minha próxima obra, Aqua incognita )

    Meu objetivo com Amazônia 2050 é de alertar as pessoas da forma exagerada e consumista que vivemos atualmente e conscientizar da necessidade de uso razoável dos recursos naturais e da preservação do ambiente.

    O livro é fino , tendo apenas 124 paginas, a um preço razoável para que todos possam ter acesso.

    Vou ficando por aqui , e para aqueles que se interessaram pelo meu trabalho é só entrar no face ou pelo meu blog aleciofariajr.blogspot.com.


    Um grande abraço e até breve !

    Alécio Faria JR

    ResponderExcluir
  7. Eu assim como vc iria deixar esse livro na estante, não é meu estilo tb, mais lendo sua resenha até que fiquei bem curiosa, e o fato de ser rápido de ler, é bom d+

    bjs
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá!! Não conhecia esse livro, mas é bom saber que superou suas expctativas. bjs

    ResponderExcluir
  9. Boa noite Alécio Faria. Fico satisfeita em saber que você gostou da resenha. Obrigado por sua visita aqui no blog, abraços.

    ResponderExcluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!