RESENHA - Malícia - Geração Editorial


Boa noite leitores!
trazendo mais uma resenha fresquinha para vocês!
Hoje vou falar sobre o livro Malícia, que recebi da Geração Editorial.
Há muito tempo não lia nada neste estilo e fiquei animada quando recebi este livro.
Bora conferir o que eu achei do livro???

Sobre o livro:



Sinopse:
Jake Gigante, me leve embora…”
Todo mundo já ouviu esse boato.
Chame Jake Gigante e ele levará você para Malícia, um mundo que existe dentro de uma aterrorizante história em quadrinhos, de onde os garotos nunca saem.
Seth e Kady acham que isso não passa de uma lenda absurda. Mas quando o amigo deles desaparece, os boatos  de repente deixam de parecer tão absurdos…
Parte romance, parte história em quadrinhos.

Para comprar ou saber mais sobre o livro, acesse o site da Geração Editorial.

Livro: SITE - SKOOB - FACEBOOK 

Sobre o autor:


Chris Wooding é um escritor britânico nascido em Leicester, Inglaterra e vivendo até 2008 em Madri. Seu primeiro livro, que ele escreveu com a idade de dezenove, foi publicado em 1998, quando ele tinha vinte e um. Wikipedia





                  MALÍCIA - VOCÊ NÃO VAI ESCAPAR!

Em 2007, a Scholastic publicou A Invenção de Hugo Cabret, um livro inovador brilhantemente escrito e desenhado por Brian Selznick, em que a narrativa é parte em prosa, parte de sequências cinematográficas lindamente feitas de desenhos monocromáticos. Talvez inspirado por Selznick, Chris Wooding, escreveu Malícia(o primeiro de uma série, publicado pela mesma editora) o livro, contém em suas páginas, episódios em forma de uma Graphic Novel. A premissa do livro é excelente. Malícia parece ser um olhar transparente,  em uma atualização do horror gótico de Lewis Carroll.
 
Os adolescentes, estão se tornando venenosamente obcecados por um culto muito desagradável chamado de Malícia. Alguns deles realizam rituais, que podem transportá-los fisicamente para o seu mundo(O mundo de Jack Gigante), onde vão após realizar um ritual - e de onde não se sai -  fins que são muito horríveis. Como seria, de se esperar, de um escritor tão sombriamente inventivo quanto Wooding, o mundo de Malícia é cheio de criações maravilhosamente desagradáveis. 

Confesso que não demorou para os personagens centrais, Seth e Kady, me conquistarem. Eles mergulham no pesadelo de Malícia. Esses adolescentes (que no mundo real são perturbados em suas diferentes formas), se transformam em versões juniores de Rambo, Duro de Matar, John McClane e Lara Croft - especialmente nas seções gráficas. 
Confrontados pelos horrores inimagináveis, eles passam a viver como heróis de ação. 

O desafio de se escrever uma fantasia é conseguir torná-la real. Me pareceu que Wooding conseguiu fazer isso. Em Malícia, ele nos diz (com freqüência) que seus personagens são de dar "medo, muito medo", mas ao mesmo tempo sua camaradagem contradiz isto.


Um dos efeitos interessantes de Malícia, é que obriga o leitor a alternar entre dois modos de leitura. Lendo a prosa, imaginamos coisas em nossas cabeças. Lendo as imagens, nós é que fornecemos a maioria das palavras. O autor faz com que a gente fique se deslocando para a frente e para trás, entre os dois, o que é bom. Também é divertido. Mas a leitura de gráficos é mais lenta e mais complicada do que a leitura em prosa. Num momento estamos lendo um texto do jeito que estamos acostumados e de repente nos vemos nos quadrinhos. Trabalhar os dois modos alternadamente, envolvem riscos consideráveis ​​com ritmo e tensão. E Malícia consegue fazer isto muito bem.

Malícia é um mundo cruel, onde um dos objetivos, é fazer com que ninguém sobreviva. Criaturas estão sempre tentando atacar e matar qualquer ser vivo. 

É claro que as pessoas preferem acreditar que Malícia, não existe realmente e é apenas uma lenda. Isso é o que Kady e Seth pensam até que seu amigo Luke desaparece. Luke estava agindo muito estranho e desaparece misteriosamente sem explicação . Todos os adultos acreditam que ele foi seqüestrado ou fugiu, só Kady e Seth acreditam no contrário. 

Ao pesquisarem sobre o desaparecimento de Luke, eles encontram uma misteriosa revista em quadrinhos chamada Malícia. É quando Seth decide tentar descobrir o que aconteceu com Luke. Ele reúne tudo o que descobre e resolve invocar o Jack Gigante, para ver se ele realmente existe e se consegue achar seu amigo.

Kady não pode deixar Seth ir sozinho para Malícia e resolve segui-lo.
O único problema é que uma vez que você chega em Malícia, não há uma maneira de entrar e sair quando você quiser. Sair não é tão fácil como parecia a princípio.

Kady e Seth estão prestes a ser presos em um mundo assustador, onde a luta pela sobrevivência e o raciocínio rápido podem ser a única forma de sair de Malícia vivos. 

Malícia é um estilo diferente de livro de terror. Desde o início, eu estava empolgada em ler, o ritmo do livro foi perfeito. Eu quase tive que arrancar o livro das minhas mãos para parar de ler. Eu só precisava conferir o que ia acontecer a seguir. 

Malícia tem aquela mistura perfeita de mistério e suspense e isto são os melhores elementos do livro. 
Chris Wooding fez um ótimo trabalho na construção do suspense . Houve momentos em que eu estava certa de que o Jack Gigante,  poderia estar vindo em minha casa para me levar embora, de tão animada que eu estava com o enredo.

 A apresentação da história, é apenas o suficiente para que os leitores possam acreditar que isso poderia realmente acontecer no mundo real. Há muitas pessoas no mundo que tentam chamar o "Bicho Papão "no espelho em uma festa do pijama, então a idéia de chamar o Jack Gigante não me pareceu absurda.

O cenário do livro é chamativo, Malícia está cheio de criaturas, de máquinas e fábricas. todos os detalhes de Malícia são muito vívidos e podem realmente fazer, um leitor imaginar o mundo de Malícia em torno de nós.

Eu adorei os desenhos e os detalhes deles e teria gostado de ver um pouco mais da incorporação do formato Gráphic Novel. Embora eu entenda a forma como foi dividido. 

Malícia é para leitores a partir de uns 12 anos para cima e eu realmente não recomendo para crianças muito pequenas. 

No final, eu gostei muito de Malícia. O que até me surpreendeu, já que fazia muito tempo que não curtia histórias em quadrinhos.
Eu normalmente não leio livros de terror e eu encontrei neste romance cativante, o suficiente para que eu não quisesse largar o livro.

Os leitores vão realmente se perguntar, se existe mesmo um lugar como Malícia, depois de terminar com o livro. 

Uma ótima leitura para este mês de férias ou para qualquer hora! Bjus









8 comentários:

  1. Oi Lia!

    Uaall que resenha boa hein???? Sem lacunas e da ao leitor uma perspectiva completa da obra!
    Lia serei sincera, não gosto mto de quadrinhos, não sou mto de ler quadrinhos, eu só lia qdo era criança e os da turma da mônica, só. Mas já li alguns e não fez meu estilo.
    Ele tem terror, ok, sou medrosa e não é um gênero que leio mto kkkkk mas eu daria uma chance a Malícia, pq ele traz suspense, e se o suspense estiver mesclado com terror, leio sem problemas.
    Qdo tiver uma oportunidade, qro conhecer esse livro, é bom fugirmos as vezes de nossa zona de conforto e aproveitar leituras novas. Se vc não queria parar de ler, é pq ai tem coisa boa hahaha e qro saber o que é!
    bjs amiga
    daiane
    http://www.nouniversodaliteratura.com/

    ResponderExcluir
  2. Lia, gosto bastante de quadrinhos, então iria gostar deste livro que alterna narrativa e desenhos. Parece bem interessante, foge do contexto quadrinho super heróis... Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  3. Oi lia muito bom ler sua resenha.. deu pra ver que Vc ficou bem empolgada.. Adorei saber das ilustrações e gostaria até de ver um pouco mais.
    Quero ter a oportunidade de ler este livro..
    Beijo mila

    ResponderExcluir
  4. Eu ainda não li este livro, que recebi de parceria, mas vou ler. O que ue achei mais interessante ai foi a mescla de gêneros, quadrinhos e prosa. Esse tipo de trabalho facilita para que os jovens se interessem por ler, enfim. Valeu a resenha , Lia.

    ResponderExcluir
  5. Adoro quando o autor mistura suspense,terror e romance,recebi esse livro para resenha e em breve o lerei,bom saber que tenho grandes chances de gostar!!!

    bjsss

    Bianca

    http://www.apaixonadasporlivros.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Ainda não senti vontade de ler esse livro!
    Mas gostei muito da resenha!!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Aqui em casa eu e meu sobrinho lemos e adoramos. Achei esse lance de misturar os gêneros uma grande sacada do autor, que soube fazer isso com maestria, deixando o livro muito gostoso de ser lido.

    ResponderExcluir
  8. Oi Lia! Realmente uma leitura bem diferente do que estamos habituados. Pretendo ler em breve. Parabéns pela resenha.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!