RESENHA - O DESPERTAR DA MEIA NOITE - LARA ADRIAN - UNIVERSO DOS LIVROS

Boa noite leitores!
Hoje vou postar para vocês a resenha do Book Tour da série Midnight Breed.
A resenha é sobre o livro 03 - O Despertar da Meia Noite!



A série já conta com 11 livros publicados e o livro 12 que ainda não tem título e nem data prevista para o lançamento.
Aqui no Brasil já foram publicados os 4 primeiros livros da série.
A série fala sobre uma raça de vampiros que são parte humanos e parte alienígena.
Seus ancestrais vieram de outro Planeta e para sobreviver aqui na Terra passaram a se alimentar de sangue humano. Alguns seres acabaram cruzando com mulheres humanas dotadas de algum poder e que têm uma marca de nascença. Assim surgiu a raça como a conhecemos hoje.
A Raça vive entre a humanidade há milhares de anos, mantendo uma paz provisória construída em sigilo, poder e justiça, realizada pelos guerreiros formidáveis ​​da Ordem.
Para maiores informações sobre a série visite o site oficial de Lara Adrian.


Eu já fiz resenha para os dois primeiros livros. Para conferir, clique nos links abaixo:
Resenha - O Beijo da Meia Noite
Resenha - O Beijo Escarlate

Sobre o livro:
Sinopse:
Ele resistiu à tentação de amor e sangue por séculos. Um guerreiro frio, cujo coração congelado se recusa a se derreter. Até que ela… Com uma adaga na mão e a vingança em mente, a bela Elise Chase percorre as ruas em busca de retaliação contra os vampiros Renegados que lhe tiraram tudo o que mais estimava – a vida de seu filho. Valendo-se de um extraordinário dom psíquico, persegue sua presa, ciente de que o poder que possui a está destruindo. Ela precisa aprender a controlar esse dom e, para isso, só pode recorrer a um homem – o mais mortal dos guerreiros da Raça, Tegan. Marcado pela perda, Tegan conhece bem a dor de Elise. A fúria e o seu autocontrole são temidos por todos, até que Elise pede por ajuda em sua guerra pessoal. É forjada uma aliança profana – um laço que os unirá por sangue e por juramento – e ambos mergulham em uma tempestade de perigos, desejos e das mais sombrias paixões... A Sede de Sangue iniciará um conflito sem precedentes. E na guerra surgirá um amor sobrenatural. 
Para mais informações sobre o livro acesse: SKOOB - FACEBOOK - SITE


Sobre a autora:
Quando ainda era uma criança, Lara Adrian costumava dormir com o cobertor até o pescoço, com medo de que ela poderia se tornar a presa da meia-noite de vampiros mortais. Mais tarde, sob a influência de Bram Stoker e Anne Rice, ela tinha que saber se o seu medo não era, na verdade, outra coisa: um desejo secreto de andar em um mundo mais escuro, para viver um sonho perigoso e sensual com um homem sedutor, de poder sobrenatural. É que a mistura de medo e desejo que suas fantasias foram os próprios combustíveis para a Lara de hoje, e a idéia da série que a tornou famosa e sempre em evidência como autora Best Seller do New York Times;
Com uma ancestralidade que remonta ao Mayflower e da corte do rei Henrique VIII, Lara Adrian vive com o marido na  Nova Inglaterra, rodeada por cemitérios seculares e a inspiração infinita do oceano Atlântico.
Para saber mais sobre a autora acesse: Site - Facebook - Skoob





Resenha - Por: Lia Christo

A Série Midnight Breed de Lara Adrian fica cada vez melhor. 
A história de O Despertar da Meia-Noite, segue um  pouco depois de onde o livro O Beijo Escarlate parou, e se concentra no romance entre Tegan, um vampiro guerreiro perigosamente frio e um Gen, e Elise, uma companheira de raça que perdeu seu marido e seu filho por causa do ataque de vampiros Renegados.

Tal como acontece com os romances anteriores desta série a história se passa num emocionante cenário de vampiros guerreiros da Ordem, numa constante luta contra os vampiros viciados em sangue, desonestos e do mal, nas ruas de Boston. Só que desta vez a ação se espalha para a Europa quando Elise consegue adquirir algumas informações vitais sugerindo que Marek (o líder dos Renegados) tem um interesse especial em um livro pertencente a uma família de vampiros em Berlim.
A relação entre Tegan e Elise atinge todas as notas certas de como um casal improvável pode se encontrar, e se apaixonar. Há uma abundância de conflito romântico entre eles. E quando o romance explode, é de fazer a gente quase queimar junto... kkkkkk

Elise é uma viúva aristocrata companheira de raça que viveu uma vida protegida, nos Refúgios Secretos. Ela é um ser humano especial, pois ela tem o poder de ler os pensamentos de outras pessoas e também porque nasceu marcada por uma tatuagem, para ser uma companehira de raça, uma companheira para os vampiros. 


Ela estava ligada a um proeminente membro da sociedade existente no Refúgio Secreto, a comunidade de vampiros que existem e que não matam para tirar sangue. As comunidades dos Refúgios, são uma sociedade respeitável, governados por uma mistura de tendências feudais/patriarcais. O companheiro de Elise morreu há cinco anos. Ela não teve mais ninguém desde então, nem mesmo para tomar sangue, já que para uma companheira de raça tomar sangue de um homem é uma experiência intensamente física e sexual.
Ao se recusar a tomar sangue, é como se ela tivesse escolhido morrer. A partir do momento que uma companheira de raça, para de se alimentar do sangue de um vampiro, ela volta a ser mortal. Ela passa a viver uma vida normal, uma vida humana. Ela escolhe esse caminho, porque ela amava o marido e porque ela prefere não ser uma companheira de raça para outro vampiro. Para piorar as coisas, o filho de Elise se torna uma vítima na batalha da Raça contra os Renegados, quando ele se torna um viciado em Carmesim, uma droga desenvolvida apenas para jovens vampiros. 

Ele morre ao ser baleado na frente dela e assim ela quer vingar seu filho. O que faz com que ela deixe o Refúgio Secreto em que vive e comece a monitorar e matar os subordinados(humanos que são escravos de sangue dos Renegados) pelas ruas de Boston. 
Este tipo de ação, acaba colocando ela em um curso de colisão com Tegan, mas eles são o típico caso de que os opostos se atraem, quando os dois se juntam na caçada para descobrir os planos malignos de Marek. Elise é uma parte importante do livro e não apenas um receptáculo para o amor do herói. Ela tem suas próprias batalhas, sua tristezas e angústias.
Quando Elise percebe que o fato de ter decidido parar de se alimentar para envelhecer e morrer foi uma motivação de auto-piedade, em vez de sacrifício, ela percebe que para sobreviver e completar a sua vingança ela terá que tomar sangue, e é então que ela pede para usar Tegan. 
Ela pede para Tegan que ele seja seu alimento, a sua fonte de sangue, sem que haja nenhuma emoção no ato. De início ele resiste, por achar que isto sera muito muito desrespeitoso com ela. Mas, acaba cedendo e a partir daí seus sentimentos e emoções começam a ficar fora de controle.
Tegan, tem séculos de idade e é um dos vampiros da primeira geração. Um guerreiro que há muito tempo perdeu uma companheira de raça para os Renegados - e quase se perdeu para a sede de sangue como resultado deste sofrimento.  A companheira de Tegan foi roubada dele, estuprada, drenada até o ponto em que ela se tornou uma Subordinada, de um desses vampiros Renegados. Ela é devolvida para Tegan, fisicamente viva, mas emocionalmente e mentalmente morta. A fim de preservar a segurança dos vampiros existentes, Tegan e uma série de outros, trabalham para erradicar esses vampiros Renegados. 
Seu comportamento, frio e mortal é uma máscara que ele usa, para se proteger de gostar de alguém e para manter a sua sede de sangue sob controle.
A história vai se desenrolando e vemos como Tegan começa a perceber que a maior perda dos últimos séculos não foi somente a sua amada, mas também se deixar de fora da vida de todos. 

Tegan é um vapirãorão tudodibão, e que deixa qualquer mulher literalmente babando por ele... 
Rápido e emocionante, O Despertar da Meia-Noite consegue nos satisfazer, com a dose certa de  romance junto com ação e um enredo de fantasia original. Se você ainda não leu os romances anteriores desta série não comece por este livro. Enquanto Despertar da Meia-Noite é um romance independente e funciona como uma ligação com a história anterior, há também todo um trabalho maior na história e alguns desdobramentos na mesma, e é por isso que eu recomendo que para obter um maior benefício, vocês leiam os romances em ordem, começando com O Beijo da Meia-Noite.
Se você é um fã de JR Ward, Lynn Viehl ou Sherrilyn Kenyon você vai desejar adicionar a série Midnight Breed de Lara Adrian à sua lista de leitura. Confie na minha palavra que você não ficará desapontado(a). 

Eu sei que algumas pessoas comparam esta série com a série IAN de J.R. Ward. 
Quando me falaram sobre ela, eu também fiquei achando que seriam parecidas. Mas, depois de ler os três primeiros livros de Midnight Breed, e de ter examinado os mundos mais de perto, percebo que, embora existam semelhanças, há muitas, muitas diferenças.


Eu já terminei de ler este livro, desde Novembro do ano passado. Assim que terminei de ler, corri para meu computador para escrever os meus pensamentos - para tentar capturar o tanto que o livro mexeu com meu emocional. Tenho certeza que eu não vou fazer justiça ao livro. 

Tudo o que posso dizer é que eu recomendo este livro a todos aqueles que gostam de histórias que tenham vampiros sexy, heróis problemáticos, que encontram o amor enquanto lutam uma nobre batalha sem fim, contra um perverso e inescrupuloso adversário, que está sempre em maior número e força. O que há para não gostar?



15 comentários:

  1. Adorei a resenha... Vampiro sempre foi minha praia! Tenho todos os livros dessa série em e-book e tenho os laçados em português. Mas ainda não li, porque quero mais, ler na sequência. Agora que terminaram de lançar IAN aqui eu vou ler inteira... E ai espero que a Universo dos Livros não demore em lançar os outros livros desta série!

    ResponderExcluir
  2. Gabriela, obrigado pela visita e comentário. Eu adoro esta série. Ela me agradou muito. Só precisa que a Unverso, tenha dó de nós e lance logo os outros...

    ResponderExcluir
  3. Adoro sagas longas assim, minhas estante é cheia delas! Já tinha ouvido falar desses livros, mas estou esperando lançar mais alguns livros para iniciar a leitura. Parece ser um ótima história, estou ansiosa para ler ><

    Marquei você em um selinho lá no blog! Confira: http://www.escrevendomundos.com/2013/02/meme-07.html

    Beijos

    Bia - @escrevendomundo

    ResponderExcluir
  4. Eu precisoooo conhecer o Tegan,meldels,depois dessa resenham tenho que cvolocar em dia minha leitura dessa série!!!!

    adorei a resenhas e o quotes que você separou amiga.. estão demais!!!!

    bjsss

    Bianca
    http://www.apaixonadasporlivros.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Lia! Já ouvi maravilhas da série. E Sua resenha ficou perfeita. só aumentou minha vontade de ler. Vampiros e eu na mesma frase super combina. Midniht Breed aqui vou eu, rsrsrs. (depois de terminar IAN). bjs
    Eykler
    ww.aghridoce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Lia, você sabe que só leio sobre vampiros depois que vocês me indicam, porque não sou muito chegada não. Fico com o pé atrás, pois sempre foi mais fã dos lobos. Mas vocês tem falado tão bem dessa moça chamada Lara Adrian, que preciso conhece-la melhor... kkkkkkkkkk
    Mas estou esperando uma boa oportunidade para comprar os livros, porque o preço é absurdo. BJS!

    ResponderExcluir
  7. Oi Lia,
    Que super resenha, muito banca e bem escrita.
    Já vi várias resenhas positivas do "beijo escarlate", mas do Despertar da Meia-Noite é a primeira resenha que leio.
    Essa série parece ser muito boa!
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa
    http://www.facebook.com/BlogEscutaEssa
    @blogescutaessa

    ResponderExcluir
  8. eu sou suspeita sobre esta série, gosto do Tegan, mas como já li todos os publicados o melhor homem é o Dante, mas o melhor livro está por vir é o do Chase.

    ResponderExcluir
  9. Oi Lia!!! Eu sou super fã dessa série. Simplesmente adorei!! Ainda não li nada de IAN e para falar a verdade nem mesmo sei se irei ler.
    Esse é o próximo livro da série que irei ler e saber que você gostou tanto assim me deixou muito feliz. Espero terminar a leitura tão apaixonada quanto você.
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Eu concordo com você, acho que Lara Adrian consegue equilibrar o romance, com personagens problemáticos, muita ação, com personagens cativantes, e vilões no verdadeiro significado da palavra, e não um mando de letrinhas de alfabeto cheirando a Justin Bieber kkkkkkkkkkkkkkk

    Adoro a série, e doida pelo quinto livro.

    Já leu o quarto livro Lia??? É ótimo!!!!

    ResponderExcluir
  11. Ainda não li nada da série, mas tudo que escuto falar só aumenta a minha vontade de ler. Adoro vampiros sexys, uhauahua
    Beijo

    ResponderExcluir
  12. Hey *-*
    Eu ainda não li nenhum livro da serie, então devo dizer que a resenha não faz tanto sentido pra mim rs Mas é uma serie que esta na minha lista de leituras para esse ano.

    Beijos ;*
    Pepper Lipstick

    ResponderExcluir
  13. Olá meninas, obrigado por seus comentários e claro, pela visita também...

    ResponderExcluir
  14. Patrícia, já li sim e Rios é uma delícia menina... kkk
    Em breve resenha aqui. Bjus

    ResponderExcluir
  15. Nossa... ufa
    sua resenha tá poderosa hein caramba desejo está série.. muito..
    Adorei a proposta que ela fez a tegan e caramba queria saber mais, fiquei super curiosa conforme ia lendo sua resenha..
    Beijo mila

    ResponderExcluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!