RESENHA - Marilyn - Norman Mailer - Editora Record


Bom dia queridos leitores!
Que tal começar o seu fim de semana, conferindo uma ótima resenha? kkk
Hoje vou dar minhas impressões sobre o livro Marilyn, o livro foi escrito por Norman Mailer e faz um grande sucesso nos EUA. Foi publicado no Brasil pela Editora Record.

Conheça o livro:


Ficha Técinica:
Título: Marilyn
Autor: Norman Mailer
Editora: Record
Gênero: Biografia/ Memória
Páginas: 352
Preço: R$ 39,90

Sinopse:
Edição comemorativa de um clássico de Norman Mailer, um dos mais brilhantes escritores norte-americanos, vencedor do Prêmio Pulitzer por duas vezes e cultuado autor de livros essenciais, como A luta. Marilyn, publicado agora com nova tradução, é a memorável biografia de um dos maiores ícones da Era de Ouro do cinema. Em um relato ao mesmo tempo realista e poético, Mailer mostra uma Marilyn Monroe diferente: manipuladora, inteligente e extremamente determinada.
Muito distante da imagem de loura ingênua, mimada e sortuda, que atuava por intuição, o autor nos apresenta à verdadeira estrela, que desempenhou seu trabalho de maneira brilhante e sucumbiu à depressão no auge da carreira.

 “Mailer reconstrói a vida de Marilyn e mostra como ela foi destruída.” The New York Times

Livro: EDITORA - SKOOB

Sobre o Autor:



Norman Kingsley Mailer (Long Branch (Nova Jérsei), 31 de Janeiro de 1923 — Nova Iorque, 10 de Novembro de 2007) foi um escritor estadunidense, premiado duas vezes com o Prêmio Pulitzer.
Mailer é considerado um dos pais da não-ficção criativa, também chamado de Novo Jornalismo, ao lado de escritores como Tom Wolfe e Truman Capote, vértice da literatura norte-americana.
Estudou engenharia aeronáutica na Universidade de Harvard, onde despertou interesse pela leitura e escrita através de artigos do jornal universitário.
Com fama e reconhecimento internacionais desde 1948, quando seu livro Os Nus e os Mortos (The Naked and the Dead), baseado em experiências vividas na Segunda Guerra Mundial, foi um best seller bastante elogiado pela crítica, Mailer foi duas vezes premiado com o Pulitzer: em 1968 com Os Exércitos da Noite (Armies of the Night) e em 1979 com A Canção do Carrasco (The Executioner's Song) sobre o condenado à morte Gary Gilmore.

Morreu em 10 de novembro de 2007 no Hospital Monte Sinai, em Nova Iorque, aos 84 anos, vítima de problemas pulmonares.
Fonte: WIKIPÉDIA


Marilyn Monroe (nascida Norma Jeane Mortenson; 1 de junho de 1926 — 5 de agosto de 1962) foi uma atriz, cantora e modelo norte-americana que estrelou em 29 filmes que se tornaram um sucesso durante os anos de 1950 e 1960, e fizeram dela um sex symbol.
As circunstâncias de sua morte foi de uma overdose de barbitúricos, e têm sido objeto de especulação. Embora oficialmente classificado como um "provável suicídio", a possibilidade de uma overdose acidental, bem como de homicídio, não foram descartadas. Em 1999, Monroe foi classificada como a sexta maior estrela feminina de todos os tempos pela American Film Institute. Nas décadas seguintes a sua morte, ela tem sido frequentemente citada tanto como um ícone pop e cultural, bem como o símbolo sexual por excelência americana. Em 2009, um canal americano a nomeou na 1.ª posição das mulheres mais sexy de todos os tempos.
Fonte: WIKIPÉDIA




A vida e os hábitos de Marilyn Monroe, foram notórios e com alguns misterios e sempre foram alvo de especulações e muita curiosidade, tanto por parte da mídia, quanto por parte de seus fãs.

Marilyn, foi uma mulher que sempre chamou atenção por onde quer que passasse. Seus gestos e trejeitos faziam dela uma diva a ser seguida e imitada. 
Eu não era nascida quando ela faleceu, mas lembro até hoje dos comentários que meus familiares faziam sobre sua carreira, sua vida e sua trágica morte.


Norman Mailer, é um autor renomado, e considerado brilhante pela mídia americana. Norman, também já é falecido, mas seus livros ganharam vários prêmios e seus escritos são muito admirados e respeitados até os dias de hoje.

Quando recebi este livro, fiquei com um grande receio de não conseguir ler. Não costumo ler biografias, livros baseados em fatos reais, e por isso achei que não iria gostar, e sendo assim confesso que relutei um bocado em iniciar sua leitura.
Até que uns dias atrás, estava conversando com minha mãe, e ela viu o livro na estante e me perguntou se já tinha lido. Quando a informei que não estava com muita coragem de ler, ela virou pra mim e falou. 
- Por que Lia? Com certeza um livro que fala da vida de uma das mulheres mais desejadas e mais carismáticas da história, não pode ser tão ruim, não é mesmo?

Na mesma noite peguei pra ler, e terminei o livro em três dias. Estaria mentindo se dissesse a vocês que amei o livro ou que ele tenha se tornado um de meus favoritos, mas posso dizer com toda sinceridade que foi uma boa leitura.

O autor tem uma escrita bem diferente da usual, e a maneira como ele nos descreve os fatos e as passagens da vida de Marilyn, me fez viajar no tempo. Me senti de volta aquela época e tendo a visão de todo aquele glamour, os acontecimentos, a sensualidade latente, suas inseguranças, e toda a carência de Marilyn, que a levaram ao triste desfecho de sua vida.


Foi muito interessante ficar sabendo de vários acontecimentos, que nem mesmo fazia ideia que tivessem ocorrido. Valeu a pena dar uma chance a este livro, que acabou sendo uma leitura interessante e produtiva.

Uma diagramação impecável, não encontrei erros de revisão e a cor das páginas e as fontes facilitaram a leitura. Uma capa simples, mas que tem tudo a ver com a história. 
A Editora Record está de parabéns pelo cuidado com a publicação.

Um livro, bem escrito, com um bom tema, e com certeza irá agradar a todos que gostam de ler biografias ou que foram ou ainda se considerem fãs da Estrela Marilyn.
Bjus


Lia Christo:
Carioca da gema, romântica incurável, leitora compulsiva, perseguidora de sonhos, e louca pela vida!

16 comentários:

  1. Oi Lia, legal sua mãe ter te motivado a ler, eu como vc não curto muito biografias, até já li algumas, mais acho que para mim eu tenho que gostar muito da pessoa, para ter aquela fome de ler a bio..
    gostei muito da sua resenha ^^
    Beijos Mila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi bom mesmo Camila.
      Vlw o empurrão kkkk
      Bjus

      Excluir
  2. Ola Lia, não curto ler biografias, mas tenho que
    concorda que a vida de Marilyn, nos deixa bem
    curiosos, e de tantos outros ícones, que serão
    lembrados. Gostei da resenha, uma ótima dica
    para quem gosta de ler este gênero.

    bjs

    http://www.loveebookss.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada flor.
      Com certeza uma ótima pedida para os fãs e para quem curte o gênero.
      Bjus

      Excluir
  3. Não sou lá muito fã de biografias, mas sou fã da Marilyn!
    Não acho que eu vá ler o livro, mas curti ler a resenha!

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Eu não sou muito fã de biografias,mas Marilyn parece ter tido uma vida bem agitada,sua resenha até me animou... Vou por na minha lista!!

    bjsss

    Bianca

    http://www.apaixonadasporlivros.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok Bianca. Dê uma chance, pode ser que você goste.
      Bjus

      Excluir
  5. Não costumo ler biografias também, mas adoraria ler essa. Parece tão legal a história dela. Sem contar que é a diva de todos os tempos. Gostei da capa.
    Ótima resenha!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Gabriel.
      Se tiver oportunidade se aventure.
      Bjus

      Excluir
  6. Confesso que tenho o mesmo "problema" que você, moça! Não sou mto fã de biografias e, apesar de achar a Marilyn uma figura interessante e marcante, não me animei a ler ainda.
    Só que sua mãe tem razão... um livro sobre ela não pode ser ruim!
    E, depois da sua resenha, vou dar uma chance e colocar ele na minha listinha de próximas leituras!
    Beijos
    Nica
    http://www.nicasdrafts.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nica. Obrigada.
      Mesmo não curtindo biografias, a leitura valeu.
      Bjus

      Excluir
  7. Biografias não é o meu forte! Porém gosto muito da Marilyn Monroe, então eu leria de boa! Biografias só me predem quando de personagens que eu gosto muito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não curto Gabriela. Nem mesmo de pessoas de quem sou fã.
      Mas por conta da parceria acabei lendo e foi um bom livro.
      Bjus

      Excluir
  8. Olá, li uma primeira edição do livre, que até está comigo em Portugal, e gostaria muito de saber se a tradução é a mesma ou se não, quem traduziu essa nova edição!Não vi isso escrito! Obrigada. Lemonnierdominique14@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Obrigada por sua visita.
      Infelizmente não tenho como te responder. Eu já não tenho mais o livro. O doei para um sorteio. Pesquisei no site da editora e no Skoob e também não consegui descobrir. O que posso te aconselhar é que você entre em contato diretamente com a editora para sanar sua dúvida.
      Bjus

      Excluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!