ENTREVISTA - Flávia Flores autora do livro Quimioterapia e Beleza - Jardim dos Livros


Boa noite leitores!
Já faz algum tempo, que não posto nenhuma entrevista aqui no blog, e isso já estava me deixando chateada, já que acho muito interessante, poder conhecer e conversar com os escritores.
Como vocês sabem, meu blog é de Literatura Geral, ou seja, falo sobre praticamente todos os gêneros literários. É bem verdade, que meu foco principal são os romances, mas isto de maneira nenhuma, faz com que eu deixe de apreciar uma boa leitura, independente do estilo da escrita.

Faz umas duas semanas, recebi um e-mail da parceira Geração Editorial, pedindo divulgação para um livro com uma temática muito diferente da que estou acostumada a ler. O livro fala sobre uma doença, que infelizmente aflige milhares de seres humanos em nosso Planeta. Uma doença, que muitos não gostam nem mesmo de pronunciar o nome, como se fosse um tabu. Mas, de modo nenhum isto faz com que ela deixe de continuar agindo em muitos de nós. Estou falando, da doença conhecida popularmente com o nome de Câncer.

Mas, não pense vocês, que o livro seja baixo astral, triste, ou que vá fazer você leitor sofrer. Nada disso!
Este livro, foi escrito com a intenção de despertar para a vida, mulheres que estão passando por este problema e que acham que nada mais tem jeito. Que nunca mais irão voltar a sorrir...

Por isso, a entrevistada de hoje, é uma mulher a quem passei a admirar e querer conhecer, o que espero sinceramente, eu possa fazer um dia... E nada melhor que o dia de hoje para publicar esta entrevista, Dia Nacional do Câncer.

Com vocês, o livro Quimioterapia e Beleza:

Título: Quimioterapia e Beleza
Subtítulo:
Edição: 1
ISBN: 9788563420657
Editora: Jardim dos Livros
Ano: 2013
Páginas: 200
Sinopse: 
Ao ler este livro você entrará num caleidoscópico de felicidade. Exatamente isso, mesmo com o título Quimioterapia e Beleza, tente não lembrar dessa primeira palavra. Lembre-se da última e aproveite nas páginas a vontade de viver da bela Flávia Flores, além de se divertir e ver que na pior das situações, sempre existe um lado bom. A obra reúne dicas de uma ex-modelo para superar o câncer e manter a saúde, a sensualidade e o alto astral. Flávia abre o coração e conta todos os percalços que o tratamento quimioterápico para combater um câncer de mama – principalmente para uma ex-modelo e jovem – traz. Com prefácio do jornalista Gilberto Dimenstein.

SKOOB 



Eu ainda não li seu livro, mas já está na minha lista de desejados, e com certeza pretendo ler o mais rápido possível.
A Flávia criou o Projeto Quimioterapia e Beleza, um projeto lindo e vem trabalhando em prol dele e seu sonho é que ele possa alcançar o mundo, e mudar a vida de muitas mulheres como ela.

Quimioterapia e Beleza é um projeto que acredita que a autoestima elevada é o segredo para um tratamento quimioterápico bem sucedido; sem sofrimento, sem pena de si mesmo, sem perder a feminilidade, o bom humor e a vaidade.


Para conhecer o Projeto e um pouco mais de Flávia acesse:

ENTREVISTA COM FLÁVIA FLORES

DL – Onde você nasceu?
Em Florianópolis – Santa Catarina

DL – Em qual estado reside atualmente?
Em Santa Catarina, por conta do tratamento, mas antes do diagnóstico morava em São Paulo.

DL – Qual o seu primeiro contato, com o universo literário?
Quando criança eu fui sócia assídua da biblioteca do meu colégio, sempre me interessei por livros que ensinavam de uma maneira leve e divertida, ou que ativasse minha criatividade.

DL – Tem mais algum escritor em sua família?
Não

DL - Como foi para você, uma modelo que depende muito da sua aparência, receber a notícia que estava com Câncer?
Foi trágico, muito dolorido me imaginar como uma paciente, fraquinha, careca e acinzentada. Então fui tratar de aprender a me produzir pra passar pelo tratamento feliz.

DL – A partir de que momento, depois desta notícia, você teve vontade de escrever este livro?
Depois de chorar sem parar durante dias, senti a necessidade de fazer um trabalho pessoal, pensei primeiro em fotografar um novo olhar que eu comecei a perceber sobre à vida, mas mudei de ideia e então comecei a escrever.

DL – Em sua opinião, o livro pode ajudar outras mulheres a passarem pela doença de uma forma mais otimista e esperançosa?
As mulheres e todos que estão a sua volta! Família, amigos...

DL – Qual a dica, que você daria para uma pessoa que acaba de passar por esta doença e ainda se sente meio perdida, sem saber por onde recomeçar?
Recomeçar não é mole! Mas é preciso ter coragem, força, contar com os amigos e indicações para se recolocar no mercado de trabalho.


DL – Você é a idealizadora do Projeto Quimioterapia e Beleza, um projeto pioneiro. Foi difícil iniciar este projeto, ou você contou com a ajuda de alguém?
Não foi difícil, me ajudou muito essa troca com outras pacientes. Financeiramente eu contei com ajuda da minha família e hoje já tenho uma equipe. (Somos 3)

DL – Você pôde contar com o apoio de sua família, durante esta fase difícil que passou?
Sim. A minha família é muito especial.

DL – Cite aqui três dicas para melhorar o astral/cuidados/beleza, que constam do livro:
Maquiagem
Boa alimentação
Um sorriso no rosto sempre


 DL – Qual foi o pior momento que passou durante o seu tratamento?
O diagnostico. Saber que está com câncer e ver todos a minha volta sofrendo foi muito difícil, mais do que ver meus cabelos caindo.

DL – Caso não se importe, poderia nos contar qual foi a pessoa que mais lhe apoiou neste momento?
Minha mãe, sem duvida.

DL – Você se considera uma pessoa religiosa? Se sim, onde buscou forças para a sua luta?
Eu sou uma pessoa espiritualizada, acho que fazer o bem nos faz muito bem. Eu vi esse projeto como uma missão de Deus, não tem como ignorar esse chamado.

DL – Se pudesse fazer algo diferente em sua vida, o que seria?
Teria começado a me exercitar antes. Antes da doença eu trabalhava muito e não tinha tempo pra mim, não cuidava direto de mim.

DL – Você acha que o tratamento para o câncer, aqui em nosso País é bem sucedido? Ou você acha que poderíamos estar equipados de uma forma melhor, para lidarmos com isso?
Temos ótimos hospitais na rede pública, não apenas particulares. Hospitais referência, médicos incríveis e humanos e equipamentos e medicamentos de ponta.

DL – Qual a sua idade, profissão atual e cor preferida:
36 anos, escritora – mas trabalhei em diversas áreas da moda e gosto de verde.

DL – Em sua opinião, o que foi mais difícil: escrever este livro, ou conseguir que ele fosse publicado?
Escrever o livro foi tudo muito rápido! Em poucos dias eu tinha que entregar meus textos e fotos, editar, modificar... para outubro sair comemorando o primeiro Outubro Rosa em tratamento.

DL – Qual é a sua expectativa em relação ao seu livro? Pretende escrever outros?
Tenho muita vontade de escrever outros livros, mas primeiramente eu quero traduzi-lo para outras línguas. Achei uma experiência incrível! A materialização dos meus ensinamentos.
Quero que o livro chegue às mãos de todos os pacientes oncológicos do mundo!

DL – Para finalizar, deixe uma mensagem para os leitores do blog:
Cats! Mostrem que vocês são guerreiras também. Vivam, saiam à rua, se produzam, amem, não se vitimizem e tenham paciência. O tratamento é uma fase, que começa e um dia chega ao fim!


E para encerrar, um lindo vídeo, com a participação da Marisa Orth.



Quero agradecer a Flávia Flores, por me conceder esta entrevista, e espero de coração, um dia poder conhecê-la pessoalmente!
Bjus

Créditos do Vídeo:
Ficha Técnica:
idealização e apresentação: FLAVIA FLORES
direção, roteiro, edição: DANIEL TUPINAMBÁ
cinegrafistas: DANIEL TUPINAMBÁ, LUCAS KAKUDA
produção: LUIZA DE MARCHI, JULIANA LEMES
operadora de áudio: JULIANA LEMES
color: CIBELE APPES
animação: MAURÍCIO KENZO
make-up: RENATO REYES
agradecimentos: Rodrigo Brandão, Marisa Orth, Grace Dutra, João Paulo Kair, Evelin Scarelli

Créditos das Imagens:
1, 2 e 3: Clica Voigt
4 a 8: Ricardo Wolff
9: Amanda Costa
10: Samuel Schmidt
11 e 12: Magno Bottrel
13: Quimioterapia e Beleza
14: Fernanda Costa (Lançamento do Livro em SP em 15 de outubro)
15 e 16: Quimioterapia e Beleza
17 capa do livro - Foto de Wladmir Dal Bó


31 comentários:

  1. Lindo demais!
    Amei conhecer essa guria, pelo menos um pouquinho! Essa é uma bandeira que todas precisamos levantar!
    Eu mesma, tenho me cuidado muito pouco, preciso tomar vergonha na cara e me mexer.
    Lição de superação e fora é pouco para descrever essa experiência!
    Quero esse livro agora!
    Beijão, Lia e Flávia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Taninha sua linda! Muito obrigado pelo comentário amiga.
      Eu também ando precisando muito me cuidar... Ando tão cansada amiga...
      Bjus

      Excluir
  2. Que lição, excelente projeto. Em minha família graças a Deus não passamos por isso, não de forma tão agressiva ,por assim dizer. Mas não é possível ficar insensível diante de uma situação desta. Parabéns a autora pela iniciativa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ver, obrigado por passar por aqui amiga.
      Realmente é um fato e temos que parar de querer tapar o Sol com a peneira... Temos que encarar que a doença existe e que temos que nos unir...
      Bjus

      Excluir
  3. Adorei!! Q maravilhosa é a Flávia!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita Nívea!
      Vle pela força.
      Bjus

      Excluir
  4. Que entrevista maravilhosa Lia... Parabéns sua volta as entrevistas foi em grande estilo. As perguntas bem feitas... Perfeito!
    Tenho casos de câncer na família e sei o quanto é dificil e o quanto é importante ter pensamento positivo.
    Parabéns a Flávia Flores pelo trabalho lindo e por vencer todas as batalhas que a vida impôs.
    Emocionada com a iniciativa!
    Adorei :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gel, eu que agradeço seu carinho e sua força sempre!
      Eu perdi uma avó e meu pai, por causa desta doença, então sei bem o que é passar por isso...
      Bjus

      Excluir
  5. Lia, parabéns!!! É muito bom quando o compromisso com a Blogesfera vai além do resenhar livros e etc etc etc.
    Pessoas como a Flávia tornam-se inspiração para muitas pessoas que já passaram por algo semelhante ou teve/tem pessoas queridas vivenciando um momento difícil.
    Superar as adversidades faz parte da vida e cabe a cada um de nós este desafio diário.
    Parabéns! E continue nos trazendo materiais tão significativos quanto este. Bjks.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sarinha, que lindas palavras amiga.
      São pessoas como você, que me dão incentivo e vontade de caminhar sempre em frente!

      Excluir
  6. Parabéns pela sua força e pela sua trajetória, Flávia!

    ResponderExcluir
  7. Oi Lia! Primeiramente parabéns pelo post e pela entrevista. a história da Flávia é de uma superação incrivel e com certeza serve de incentivo e alerta para muitas pessoas. Muitas vezes achamos que uma situação dessas é o fim da linha, mas como é bom poder ver que existem histórias como essa que podem servir de inspiração para pessoas nas mesmas condições. Não nego que tenho verdadeiro panico dessa doença e como o mundo dá muitas voltas nunca sabemos que caminhos a vida vai nos fazer trilhar não é mesmo? Linda história de superação e mais uma vez parabéns por tudo. Abração!

    www.cabanadoslivros.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jean, obrigado pela força amigo!
      Realmente a história de superação da Flávia é linda! E tenho fé que algum dia a cura para esta doença será encontrada.
      Um abraço, e volte sempre amigo.

      Excluir
  8. Boa noite minha 'Mulher Tentação' Lia...

    Só realmente quem já passou por algo parecido sabe como é... Perdi minha Avó Paterna e minha Tia, irmã de minha mãe... Complicado mesmo mas...
    Adorei o Livro da Flávia e a sua iniciativa sua Linda Lia em compartilhar isso conosco!!!

    Bjus no seu coração e bora lá todas nos cuidar e amar!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cláudia, você é mesmo um doce amiga!
      Obrigado pelo carinho e força de sempre!
      Vamos nos cuidar sim. Afinal merecemos ser felizes!
      bjus

      Excluir
  9. Que lindo sorriso a Flávia tem! Sucesso e felicidades.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sorrisão bonito mesmo né Lu Campelo.
      Uma guerreira e um exemplo.
      Obrigado pela visita.
      Bjus

      Excluir
  10. Total apoio a essas causas. Pode parecer pouco, mas se cada um fizer um pouquinho...
    Tô sempre participando em caminhadas do câncer de mama.
    Sonho de consumo: q essa praga seja extinta.
    Bela entrevista, Lia. E a Flávia é mesmo uma simpatia.

    ResponderExcluir
  11. Linda a história de superação da Flavia!Toda força!
    Lia parabéns pelo post, e continue sempre com esse seu lindo trabalho! Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi Lia. Saudades de passar por aqui! Ai;amiga... posso dizer que o cancer e minha familia são praticamente amigos intimos... sou de uma familia grande, muito grande, então desde qeu me conheço por gente já perdi entes queridos para o cancer, mas também já resgatei pessoas amadas dessa doença. Estar com cancer e receber o diagnóstico nunca é fácil, é dolorido e logo associamos a morte, mas não precisa ser triste... podemos tirar lição da doença... O que meu corpo está me pedindo? aprendemos a nos observar mais, a nos conhecermos... Adorei a sua entrevista, o liro me parece ser uma grande lição.. Parabéns pela iniciativa do post. bjoks
    Eykler

    ResponderExcluir
  13. Uau..que entrevista emocionante e linda...ela é um grande exemplo e me faz lembrar de minha avó Alice que já passou e está passando por isso novamente, mas é uma guerreira que não se deixa abater e contagia a todos ao se redor com esperança, fé, alegria e vontade de viver.
    parabéns Lia pela iniciativa de fazer essa entrevista..amei..parabéns e sucesso.

    ResponderExcluir
  14. Lindo o projeto! Emocionante a entrevista! E auto estima durante o tratamento é tudo! Aumenta a imunidade o que favorece. Um passo a mais na luta contra esta doença tão triste.

    ResponderExcluir
  15. Que ótima entrevista, Lia... E que lição a Flávia passa a todos.
    Parabéns à ela pelo lindo projeto!
    Luciana Lima

    ResponderExcluir
  16. Lia a iniciativa de vocês foi muito boa. O câncer está presente em nossas vidas pois quem não teve um familiar ou amigo que já passou por esta doença.
    Flavia você é uma mulher forte e guerreira e com um sorriso doce e contagiante. Parabéns por seu livro e por trazer palavras e força as mulheres que como você estão passando pela doença ou já passaram e ainda precisam de apoio.
    Beijos Lia e Flavia.

    ResponderExcluir
  17. Olá Lia,
    adorei essa entrevista.
    A auto-estima dessa mulher nos contagia.
    Adorei as fotos que ela tirou e principalmente o projeto. Muito boa essa iniciativa.
    Parabéns pela matéria!!

    Beijinhos
    http://www.eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Quero agradecer a todos os amigos, blogueiros, e leitores que passaram por aqui e deixaram seu comentário em apoio a este lindo projeto.
    Muito obrigado! Vocês são lindos.

    ResponderExcluir
  19. Lia, sua gostosaaaaaa!!
    Gosto muito de ti, viu. Achei bem digno vir aqui te dar esse apoio, ainda mais pela divulgação de um livro que parece muito phoda. E a autora é linda!

    Beijocas pra vc!
    Amo tu! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh Gabi, sua linda!
      Eu também amo tu mulher!
      Te acho linda e fodástica!
      Precisamos nos rever...
      Saudades. Bjus

      Excluir
  20. Post lindo!!!

    Lição de vida emocionante da autora... adorei de verdade,cada trechinho da entrevista....

    Muito legal o Doces divulgar um trabalho tão lindo....

    bjsss

    Bianca

    ApaixonadasporLivros

    ResponderExcluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!