Resenha da Drica: Reiniciados, Teri Terry, da Farol Literário


Boa noite leitores!
com vocês mais uma resenha da Drica.
Espero que curtam e comentem!

Hoje a Drica dará as suas impressões sobre o livro Reiniciados da escritora Teri Terry.
Eu ainda não li, mas já fiquei bastante interessada.

Conheça o livro:

Ficha Técnica:
Autora: Teri Terry
Editora: Farol Literário
Ano: 2013
Páginas: 432

Sinopse:
As lembranças de Kyla foram apagadas, sua personalidade foi varrida e suas memórias estão perdidas para sempre. Ela foi reiniciada. Kyla pode ter sido uma criminosa e está ganhando uma segunda chance, só que agora ela terá que obedecer as regras. Mas ecos do passado sussurram em sua mente. Alguém está mentindo para ela, e nada é o que parece ser. Em quem Kyla poderá confiar em sua busca pela verdade?






SKOOB - FAROL LITERÁRIO




A minha primeira curiosidade era o que seria um Reiniciado, detalhe que começa sendo logo esclarecido pela autora. Um Reiniciado é um adolescente que teve uma segunda chance de vida a um preço muuuito alto. Em sua maioria são pessoas consideradas violentas pelo governo, que cometeram crimes e ao custo de ter toda a sua existência apagada, passam a viver uma nova vida inseridos em uma nova família. Mas até chegarem às suas famílias - que podem desistir deles a qualquer momento, por achar, por exemplo, que eles não se adaptaram - vivem no hospital onde passaram pela cirurgia de colocação do Nivo para reaprenderem tudo, desde a andar, falar e outras habilidades necessárias a um adolescente.

Nivo?????????????? Pois é, não bastasse ser um adolescente sem passado, o Reiniciado também é monitorado constantemente através do seu Nivo: pulseira que jamais poderá ser retirada do braço sob o risco de morte, que controla o seu nível de felicidade, que não pode ser menor do que 5, e te impede de ter manifestações de raiva ou violência. O Nivo torna o Reiniciado um cidadão que segue as regras sem questioná-las acreditando que assim poderá ser feliz , com o objetivo de minimizar a possibilidade de novas atitudes violentas dos seus usuários.

Os Lordeiros são o instrumento do governo, aqui denominado Coalização Central, para a manutenção da ordem e do medo, são policiais que assustam só de olhar, que lutam contra o TAG, grupo terrorista responsável por grandes ataques e manifestações.

Seremos guiados nessa aventura por Kyla, nossa personagem principal. Ela é uma Reiniciada que acabou de ser inserida em sua nova família. Kyla será filha de Sandra, que é filha de um dos idealizadores do novo sistema, e de David, um homem bem misterioso; terá como irmã Amy, também uma Reiniciada que vive de acordo com as regras do Governo sem questioná-las. Não posso deixar de mencionar Sebastian, gato da família que terá papel fundamental nos momentos de crise de Kyla. Confirmando o poder dos animais, Sebastian conseguirá a façanha de manter as taxas do Nivo de Kyla sempre estabilizadas bastando apenas um simples carinho nas orelhas do gato, o que poserá ser conseguido comendo chocolate ou praticando cross country.

"Minhas memórias se foram, mas parte de mim se lembra. Meu corpo, meus músculos (...) Então não é a mesma coisa que começar do zero, não mesmo. É como se, ao dar o impulso certo, você consiga fazer coisas que tinha esquecido. Quem sabe do que mais sou capaz?"

Kyla tenta levar uma vida normal, mas logo percebe que ela não é tão normal assim. Ela sente raiva e isso não altera as taxas do seu Nivo; é uma exímia desenhista canhota, o que foge aos padrões e não parece aceitar o seu mundo com a mesma naturalidade dos outros. É atormentada por pesadelos frequentes que mais parecem memórias, lembranças de um passado que parece ter vivido. Mas isso seria possível?

"(...) não sou uma nova pessoa, não importa o quanto eles digam que sou. E se não sou uma nova pessoa, seja lá o que eu tenha feito, ainda está aqui, ainda é parte de mim, escondida em algum lugar."

Kyla vai para a escola e lá conhecerá pessoas que a ajudarão a entender o seu mundo. Se encantará por Ben, um fofo de verdade, também um Reiniciado, que será um misto de amigo e namorado, e o seu porto seguro que terá papel crucial nessa busca de Kyla por sua verdadeira identidade. Não posso deixar de mencionar Phoebe, colega de escola, bastante arredia em um primeiro momento, mas que cuidará do gato de Kyla ao se perder e cuida de cães e gatos doentes. O seu sumiço será o estopim que faltava para Kyla perceber que não se conforma com as explicações vazias que lhe são dadas.

    "Ele me segura, me abraça. Sua proximidade faz com que meu coração bata mais rápido, minha pele está formigando, meu corpo deseja coisas que desconheço. Todas as coisas que dizem para evitar por causa do meu Nivo. Como seria viver sem aquilo? Ser quem quiséssemos ser; ficar juntos."

Ponto para a autora ao ter escolhido como cenário da história a Inglaterra, acredito que o fato de sabermos que a história se passa em lugar real a torna mais real.

Kyla é uma protagonista fantástica. No começo ela pareça uma menina frágil, mas no decorrer da história percebemos que ela é uma menina forte, corajosa, sensível e, acima de tudo, questionadora. Acredito que essa tenha sido a característica crucial para que ela se tornasse uma Reiniciada.

Reiniciados é primeiro livro da trilogia Slated, da autora Teri Terry, foi publicado esse ano no Brasil pela Farol Literário. É narrado totalmente pelo ponto de vista de Kyla, o que nós fará conhecê-la muito bem e entender um pouco do dilema que é ser um Reiniciado, uma pessoa que teve a história de vida roubada.  É um livro que te prende já no começo e te faz questionar se não poderemos, em um futuro talvez não muito distante, vivermos uma situação no mínimo parecida.

O livro é perfeito em te encantar e manter a sua expectativa até a última linha, sem altos e baixos, mantendo a sua ansiedade em nível máximo todo o tempo. Acredito que ainda há muito a ser revelado sobre o destino e o passado dos nossos personagens, muitas máscaras deverão cair nessa busca de Kyla pela sua verdade.

Minha ansiedade para ler a sequência me fez escrever à Paula (da Farol Literário) para saber quando poderei ler a sequência desse livro fantástico e sofrer ao saber que ele ainda não foi publicado. Coisa que acredito que a Farol vai resolver muito em breve!!!!!!!


Curiosidades:

Trilogia Slated

1 - Reiniciados (Slated)

2 - Fractured (não publicado no Brasil)

3 - Shattered (não publicado no Brasil)

Livro de estreia da autora, Reiniciados foi indicado na Inglaterra para o North East Teenage Book Award e para o Leeds Book Award. Foi o mais votado na categoria Jovens Leitores no Edinburgh Book Festival Anobii First Book Award de 2012.

Espero que tenham gostado e que deixem seus comentários!
Bjus




12 comentários:

  1. Parece uma trama genial e super envolvente. Fiquei curiosa, pena que é trilogia e ando tão sem tempo.

    Bjs, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isabela, eu também fiquei muito interessada na história.
      Mas, como você eu também ando fugindo de séries e trilogias.
      A vida corrida, acaba nos deixando sem tempo para nossas leituras.

      Excluir
    2. MAs tenho certeza q se vc começar a leitura não vai desgrudar!!! Vale à pena conferir!

      Drica

      Excluir
  2. Oi Lia,
    tudo bem?
    Gostaria de dar os parabéns a resenha da Adriana, muito em escrita.
    Lia, esse livro lembra um pouco da história "A Hospedeira", embora os enredos sejam diferentes. Mas as protagonistas possuem algo em comum: a luta para sobreviverem. Eu gostei muito dessa história, quero muito ler esse livro.
    Beijinhos.
    Cila- leitora Voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cila, tudo bem sim....
      A Drica manda muito bem em suas resenhas.
      Estou muito feliz com a nossa parceria.
      Obrigado por seu carinho de sempre.
      Bjus

      Excluir
    2. Obrigada, Cila. Muito bom saber que alguém gosta do que a gente faz com prazer.

      Não gostei de A hospedeira, mas eos personagens realmente tem algo em comum. Leia, vc não vai se arrepender.

      Drica

      Excluir
  3. Nossa que resenha excelente! Adorei! Não tinha vontade de ler esse livro, mesmo sabendo sobre o tema... Com a resenha agora eu quero ler... Vai pra lista! Imagina você ser RESETADA, começar do zero? Bem curioso e triste tb... Uma espécie de amnésia... Gostei! Vai pra lista!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo elogio!!! Mas o livro é bom mesmo, ai fica fácil escrever.
      Drica

      Excluir
  4. Adorei a resenha Drica,confesso que não tinha me interessado muito por ele,mas quando vi a capa e a sinopse de Fragmentada me interessei mais,lerei ele com certeza,ainda mais agora que li sua resenha.


    bjsss

    Bianca

    ApaixonadasporLivros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os dois são muito bons, em breve posto aqui a resenha de Fragmentada p vc!!!

      Drica

      Excluir
  5. Oi. Drica, parabéns pela resenha, pelo que percebi Reiniciados faz parte de mais uma trilogia distópica, entre tantas que estão surgindo desde Jogos Vorazes fez um enorme sucesso e é inglesa o que me parece modificar um pouco o cenário. Gosto muito das publicações desta editora, pois apesar de não parecer ela foge um pouco do lugar comum. Valendo a dica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Verônica,

      isso mesmo, gosto muito das publicações da Farol pq trazem sempre um fator novo, nada de mesmices.

      Drica

      Excluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!