Resenha da Drica: Eu sei o que você está pensando - John Verdon - Arqueiro


Boa noite queridos leitores!
Hoje, quase não consigo vir aqui, compartilhar esta resenha com vocês!
Uma mega ventania, atacou por aqui, e só agora começou a melhorar... Juro pra vocês, que ainda não tinha visto algo assim... Parecia que os telhados dos vizinhos iam sair voando... Tensooooo

Bom, com vocês, mais uma resenha da colaboradora Adriana Medeiros. Espero que apreciem, e que faça com que mais leitores fiquem conhecendo um bom livro.


Devo revelar que o gênero policial não é, de longe, um dos meus favoritos. Ganhei esse livro há alguns meses da Editora Arqueiro com a intenção de dá-lo de presente, mas acabei lendo-o nas férias e tendo uma surpresa agradabilíssima: fui fisgada. Gurney me despertou uma vontade de colocá-lo no colo e ajudá-lo a descobrir quem era esse ‘miséravel’ que estava ajudando a bagunçar a sua vida já bastante conturbada. Bem, vamos ao livro.

Conheça o livro:

Ficha Técnica:
Título / Título original: Eu Sei o Que Você Está Pensando / Think of a Number
Autor(a): John Verdon
Editora: Arqueiro
Tradução: Ivanir Calado
Edição: 2011 (1ª)
Ano da obra / Copyright: 2010
Páginas: 352

Sinopse:
Uma carta perturbadora chega via correio com uma simples declaração ao final: "Veja como conheço seus segredos - apenas pense em um número." Errará quem pensar que uma carta dessas chega a seu destino final apenas por obra do acaso. Para o detetive aposentado da polícia de homicídios da cidade de Nova York, Dave Gurney, que está formando uma nova vida ao lado de sua esposa Madeleine, as cartas começam a deixar de ser estranhas para se tornarem um complicado quebra-cabeça que levará a uma enorme investigação sobre assassinatos em série. Trazido para o caso como consultor, Gurney em pouco tempo percebe pistas que a polícia local deixou passar. Ainda assim, diante de um oponente que parece ter o dom da clarividência, Gurney vê seus esforços irem em vão, seu casamento rumando a um precipício e, finalmente, um medo incontrolável de que seu adversário não pode ser parado.

SKOOB

“De forma magistral,Verdon mantém seu protagonista sempre um passo à frente do leitor. E cria o tipo de mistério que faria Sherlock Holmes perder o sono.” - The New York Times

RESENHA DA DRICA

Eu sei o que você está pensando propõe um enigma que parece insolúvel. Um homem recebe pelo correio uma carta provocadora que termina da seguinte forma: “Se alguém lhe dissesse para pensar em um número, sei em que número você pensaria. Não acredita? Vou provar. Pense em qualquer número de um a mil. Agora veja como conheço seus segredos.”

O destinatário, Mark Mellery, pensa no número 658 e, ao abrir um envelope que acompanha a mensagem, descobre que o autor da carta previu corretamente o número que ele acabara de escolher de modo aleatório. Como isso seria possível?

Desesperado com os bilhetes ameaçadores que se seguem à carta, Mark, um guru da autoajuda, procura um velho colega de faculdade, o brilhante detetive David Gurney, recentemente aposentado do Departamento de Polícia de Nova York.

Aos 47 anos, 25 deles dedicados a desvendar terríveis casos de homicídio, David acaba de se mudar com a esposa, Madeleine, para uma fazenda no interior do estado e tenta se adaptar a um novo estilo de vida. Mas sua mente, extremamente lógica, é fisgada pelo quebra-cabeça apresentado por Mark.

O “superdetetive”, apelido que ganhou da imprensa no auge da carreira, percebe que encontrou um vilão à sua altura quando as estranhas ameaças terminam em morte. Tudo leva a crer que o assassino, além de ser clarividente, cometeu um crime impossível, deixando pistas sem sentido e desaparecendo no meio do nada.

Enquanto busca decifrar o enigma e estabelecer um padrão que possa ajudá-lo a deter o assassino, David tem que enfrentar seus próprios fantasmas, se reconciliar com o passado, rever o seu debilitado casamento e se preparar para ficar cara a cara com seu adversário.
“Verdon controla o ritmo da narrativa, conta a história de um casamento profundo mas problemático, analisa o que significa ser consumido pelo trabalho mesmo que isso possa matá-lo e exige que o leitor use o cérebro para imaginar o que vem a seguir.” - Salon

Um livro excelente, com uma narrativa em terceira pessoa que deixa a história muito mais "tensa". Um ótimo livro para quem gosta do gênero policial. É impossível você não se sentir na pele de Gurney, tentando resolver os quebras-cabeças e descobrir quem é o assassino.

É realmente, o fato de o leitor estar sempre um passo atrás do protagonista faz com que a gente queira se superar e resolver os enigmas antes mesmo do detetive.



 Gostaram? Então comentem e façam duas blogueiras felizes!
Bjus

23 comentários:

  1. Ótima resenha! Nunca li nada deste autor! Mas adoro um bom livro policial! A trama parece bem legal e vou colocar em minha lista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabi, Eu não sou muito chegada ao gênero policial, mas ao ler a resenha da Drica, também me interessei. Bjus

      Excluir
    2. Nunca gostei de romance policial, mas esse me conquistou. Vale à pena!!!

      Drica

      Excluir
  2. Olá meninas!!

    Adorei a resenha,eu amo um livro policial e esse parece ser dos bons,eu também fico ansiosa para tentar descobrir o próximo passo....

    bjsss

    Bianca

    ApaixonadasporLivros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia, vlw pela visita amiga.
      A Drica tem um jeitinho especial de comentar os livros, que faz com que a gente fique querendo ler também...

      Excluir
    2. Oi, bia, vc se sente meio q funcionário do CSI!

      Drica

      Excluir
  3. Eu já fui grande fã do gênero policial, hoje nem tanto, pois considero as tramas muito repetitivas. Esse autor não conhecia ,deve ser um da nova geração. Mas sua resenha está muito interessante e instigará que gosta do gênero.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não sou fã do gênero Verônica. Mas, lendo a resenha fiquei curiosa em ler. Vlw pela visita e comentário. Bjus

      Excluir
    2. Esse é o primeiro livro do Verdon. Toamra que vc goste!

      Drica

      Excluir
  4. Aqui tb teve uma tempestade braba quinta feira!! rs
    ADOREI a resenha. Não só a escrita impecável, mas também a história do livro.
    Super me interessei! :)

    Beijos,
    www.miragemreal.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria, obrigado pela visita e comentário. E volte mais vezes. Bjus

      Excluir
    2. Obrigada, Maria!!! Espero continuar agradando!

      Drica

      Excluir
  5. Gostei da resenha, mas ainda estou com um pouco de dúvidas se leio ou não. Esse livro me lembrou bastante o filme Número 23, já viram??

    Beijinhos

    blog-belavida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mirelle, eu não assisti ao filme, e ainda não li o livro acima, por isso não sei te dizer se é parecido ou não. Mas, espero que tenha gostado da resenha e que volte mais vezes. Obrigado por sua visita e comentário. Bjus

      Excluir
    2. Não vi o filme, vou procurar.

      Obrigada!

      Drica

      Excluir
  6. Diferente de você, eu adoro o gênero suspense policial e quando li "Eu sei o que você está pensando" me tornei fã de John Verdon imediatamente. Tendo escrito só três livros, ele já é um dos meus autores favoritos do gênero. e se você gostou desse, não deixe de ler os outros, porque a qualidade é a mesma :)
    Beijos
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mariana, obrigado por sua visita e comentário!
      Eu também fiquei supe interessada no livro!
      Bjus

      Excluir
    2. Ainda não tive a sorte de ler os outros, mas vou incluir na minha infinita lista! Obrigada pela dica!

      Drica

      Excluir
  7. Oi meninas!

    Ainda não conheço a escrita do autor, mas essa trama me deixou curiosa, =D

    Bj e boa semana!

    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gladys, eu também ainda não li nada do autor e também fiquei curiosa pela escrita dele. Obrigado por sua visita, bjus

      Excluir
  8. Oi Lia,
    tudo bem?
    Menina, que vendaval foi esse? Por aqui o que tivemos foi um temporal de alagar tudo. O tempo está uma loucura.
    Mas loucura é esse livro, adorei esse enigma, como ele conseguiu adivinhar o número? Que ameaças são essas? Juro, não consigo pensar em nada que possa desvendar esse mistério.
    Não conhecia o livro, mas já estou anotando, excelente dica!!!
    Beijinhos.
    Cila- leitora Voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cila, tempo louco mesmo amiga.
      E o livro realmente parece ter uma ótima história.
      obrigado pela visita. Bjus

      Excluir
    2. Obrigada, Cila. Realmente o livro é de enlouquecer o leitor.

      Drica

      Excluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!