[RESENHAS] O Para Sempre de Ella e Micha - Livro 02 - Jessica Sorensen - Geração Editorial


Bom dia leitores!
Um ótimo domingo para todos!


Trazendo pra vocês as minhas impressões sobre o livro O Para Sempre de Ella e Micha, publicado pela Geração Editorial.

O PARA SEMPRE ELLA E MICHA – LIVRO 2

Ficha Técnica:
Título Original: The forever of Ella and Micha
Autora: Jessica Sorensen
Tradução: Marsely Dantas
Gênero: Romance
Págs: 336
Selo: Geração
ISBN: 9788581301822
Preço: R$ 34,90

Sinopse:
Ella e Micha começaram a namorar. Ella está na faculdade em Las Vegas. Micha saiu em turnê com sua banda de rock. Tudo parece se encaminhar para uma relação estável. Mas não é o que acontece. Pesadelos começam a assombrar Ella. O medo de ser abandonado persegue Micha aonde quer que ele vá. Tudo o que enfrentaram antes não pode ter sido em vão… eles não podem perder um ao outro. Ou podem?

“As pessoas se magoam o tempo todo”. Os dois irão sentir essa verdade na pele quando a distância começa a se revelar mais destruidora do que eles poderiam imaginar. Ciúmes, segredos e fantasmas do passado ressurgem ainda mais ferozes, enquanto as vivências sexuais se incendeiam, apimentadas por jogos sensuais, bebedeiras e muita velocidade nas estradas do oeste americano.
SITE / GERAÇÃO / SKOOB / GOODREADS 

Capa original do livro:

Sobre a autora: 

Jessica Sorensen é autora de livros que figuram com destaque nas listas dos mais vendidos do The New York Times, e dos principais jornais do mundo, tanto para livros impressos quanto para e-books. Ela vive com o marido e três filhos nas montanhas nevadas do Wyoming, nos Estados Unidos, onde já escreveu várias séries, das quais a Geração Editorial comprou os direitos de duas, que somam seis volumes.
Contatos: SITE / PINTEREST / FACEBOOK



Eu gostei de O Segredo de Ella e Micha, o primeiro livro da série e fiquei curiosa para ler O Para Sempre de Ella e Micha, mesmo achando que a história dos dois poderia ter sido contada em único livro. Mas, a autora soube dosar melhor os sentimentos e emoções dos personagens neste segundo livro nos proporcionando até certo ponto, uma emocionante e dolorosa sequencia sobre a vida deste casal que aprendi a gostar. Em duas palavras para o livro: agridoce e intenso.

A história inicia com Ella na faculdade e Micha a quilômetros de distância em turnê com sua banda. Gerir um relacionamento a longa distância, se preocupar com a reabilitação de seu pai e seu próprio estado emocional frágil, acabam deixando Ella confusa, insegura e com medo de arrastar Micha com ela nesta desordem psicológica em que vive. A história que se desenrola a partir daí, é intensa e crua.

Ella se esforça e acaba conseguindo ir em frente neste relacionamento. Achei muito legal, que a autora tenha colocado Ella a procura de tratamento para seus problemas. Que procure a ajuda profissional para tentar se entender e se aceitar melhor. Então, muitas vezes os personagens são deixados à sua própria sorte e esta abordagem mais realista pode impactar alguns leitores. Apesar de seus problemas e suas lutas, eu torcia para que ela fosse feliz. Ella é muito mais forte do que acredita. 
Eu não esperava que ela fosse capaz de superar alguns de seus problemas, mas ela consegue e ela é um grande exemplo de como a felicidade pode ser alcançada, mesmo quando a vida deixa feridas profundas. 


Micha é um fofo, e exala bondade e dignidade frente a vida. Ele tem seus próprios problemas, e às vezes eu acho que a felicidade dele gira demais em torno de Ella. Eu respeito a maneira como ele a aceita, mesmo com suas mudanças de humor e tudo o mais. Ele tem paciência com ela, e toma decisões sobre a sua carreira, sempre com ela em mente. Ele não a pressiona, mesmo quando isso o machuca. Aparentemente ele está alcançando tudo o que ele sempre quis. Mas no fundo ele sabe que algo está faltando. Estar longe de Ella é mais difícil do que ele esperava. 


Ella e Micha decidem largar o passado e perdoar aqueles que os machucaram e também perdoar a si mesmos. Eles querem um futuro onde sempre vão estar juntos, firmes e para sempre.

A família deles está presente neste romance, mas desta vez vamos ver algum crescimento e cura. Ambos Ella e Micha têm grandes melhores amigos. Eu gosto do jeito como Lila e Ethan os apoiam. Eles não facilitam para eles, sempre falam a verdade, mesmo quando eles não gostam de ouvir. Estão sempre prontos para ajudá-los nas horas mais necessárias, são os verdadeiros amigos. Os dois trabalham em conjunto para ajudar o casal e eu desconfio, aliás eu já sei que tem uma história se formando entre eles.

Sorensen tem um jeito de envolver você com seus personagens, de modo que você sente suas emoções. Apesar do quão impossível a relação parecia, não podia deixar de torcer por eles. Quando eles estão juntos, o mundo parece mais brilhante. Eles são o tipo de casal, que se faz notar em uma sala lotada. Há sempre muita tensão sexual entre eles e você consegue perceber a devoção na maneira como eles se olham. 

Houve momentos dolorosos, momentos românticos e momentos quentes. Sorensen toca em depressão, ansiedade, famílias disfuncionais e alcoolismo. Ela não passar por cima deles, ou tenta corrigi-los; em vez disso ela tece um fio realista e educativo em sua história. 

O livro é de fácil leitura, e li em uma semana. E mesmo assim, porque só leio na ida/volta e horário de almoço no trabalho.

A Geração Editorial fez um bom trabalho nesta publicação. As letras estão de bom tamanho, a cor das páginas facilitam a leitura e o livro tem uma boa revisão.

Eu recomendo que leiam O Segredo de Ella e Micha antes de ler este livro, para que haja um entendimento melhor da história. 
E recomendo a leitura para todos aqueles que gostam de romance com boas doses de realidade, tensão sexual, e alguma aventura.
Bjus






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!