[SEMANA DOS NACIONAIS] Resenha #02 - Cartas dos Mortos - Alex Martins - Sollo Editorial


Bom dia leitores!

Com vocês a segunda resenha da #SemanadosNacionais.
Espero que estejam preparados para um texto que fala do além...

CARTAS DOS MORTOS

Ficha Técnica:
Título: Cartas dos Mortos
Autor: Alex Martins
ISBN: 9788567529028
Edição: 1ª
Número de Páginas: 120
Ano: 2014

Sinopse:
O que é a morte? Quando ela virá? Essas são as duvidas mais frequentes sobre o assunto, mas eu tento imaginar algo um pouco mais além.O que dizer no fim? Para quem falar as ultimas palavras? Contar os últimos instantes? A ideia é tentar expressar os últimos instantes em varias situações, alguns dramáticos, outros emocionantes, mas todos em seu momento final, no beijo da dama que assola a todos os que ainda vivem.

SOLLO / SKOOB / LOJA SINGULAR


ALEX MARTINS


Nascido em Itajaí/SC em 17 de Janeiro de 1981, morou por um tempo em Erexim/RS, voltando para sua cidade natal, decidiu fazer muitas coisas, iniciando um sonho nômade de cada dia ser alguém.
Vindo de uma família simples, com poucas condições financeiras, mas com muito custo, seus avós que foram também seus pais adotivos e lhe deram tudo o que puderam.
Cresceu envolvido com a musica e depois decidiu prestar serviço militar, como fuzileiro em Blumenau/SC. Saindo de lá, trabalhou um tempo com o Herói local, Beto Carrero, e depois passou a trabalhar apenas com segurança. Sentia um vazio interior, algo que o corroía, sem ter muito que fazer referente ao vazio, começou a escrever esse vazio, em forma de pequenos versos, depois poemas e, hoje, como escritor...


Em primeiro lugar devo dizer que não costumo ler livros que abordem este tema, nada contra, mas não faz muito o estilo de leitura que costumo gostar.

Mas, ao recebê-lo da Sollo Editorial para uma resenha honesta, resolvi investir na leitura e agora vou compartilhar com vocês o que senti.

O livro como o próprio nome sugere, traz mensagens de pessoas mortas, que já fizeram a passagem para o outro lado. Creio eu que seriam cartas psicografadas, pois de outro jeito não teriam como serem escritas. 

A cada carta lida, fui ficando cada vez mais tocada e mais reflexiva, sobre a vida e os momentos que deixamos passar, as escolhas que fazemos todos os dias, e por aí vai.

Eu nunca tinha lido nada do autor, mas gostei do seu jeito de escrever e de se expressar. Ele aborda vários temas polêmicos nas cartas, mas todos de forma realista. Só acho que ele poderia ter se aprofundado mais em alguns detalhes, para desta maneira envolver mais o leitor em suas histórias.

Cada carta conta a história de uma pessoa morta, ou seja como morreu, a data, o tipo de morte e o que sentiu com sua partida, deixando assim para aqueles que lêm, algumas lições importantes sobre a vida.

A que mais me tocou foi a carta de uma menina que foi abortada e sendo assim não teve a menor chance de defesa e nem de conhecer seus pais. Esta carta é muito tocante e como falei antes, faz a gente pensar bastante sobre o assunto.

É claro que para cada leitor, as cartas serão interpretadas de um jeito diferente, e por isso não vou entrar em muitos detalhes aqui, para que o gosto da descoberta não seja tirado de vocês. São 15 cartas no total e todas trazem situações comuns ao nosso dia a dia, mas as quais geralmente não damos importância.

Encontrei alguns pequenos erros de revisão, que podem ser melhorados, mas nada que tivesse atrapalhado minha leitura. A capa está condizente com os textos, e a diagramação interna está bonita. Um bom trabalho por parte da Editora.

Ao término da leitura ainda estava me sentindo meio tensa, pois ainda ficava imaginando algumas das situações apresentadas. Se você gosta de livros densos, fortes e realistas, com certeza vai se agradar deste. 
Bjus


Lia Christo:
Carioca da gema, romântica incurável, leitora compulsiva, perseguidora de sonhos, e louca pela vida!

18 comentários:

  1. Oi Lia, também não tenho costume de ler esses livros, com esse tema né, gostei da resenha, mais não leria no momento..

    Beijos Mila
    PS: Tem Resenha nova no Daily ^^
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/2014/10/resenha-amber-house-grupopensamento.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mila, obrigado pela visita e comentário flor.
      Bjus

      Excluir
  2. esses temas sempre sao complicados mas legais de ler :) gostei da resenha

    http://jackelinenuit.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São complicados, mas neste caso valeu a leitura.
      Obrigado Jackeline. Bjus

      Excluir
  3. A capa é meio esquisita, não condiz muito com a mensagem que o autor pretende transmitir ao leitor, mesmo sendo um cemitério e tal ;s gostei da sua resenha, parece ser bem reflexivo, mas que contém também muitas controversias; isso vai mais da opinião de cada um né

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova de "Fangirl" no blog, vem conferir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol, eu já achei a capa legal, e tem a ver com os temas abordados.
      Obrigado pelo comentário.
      Bjus

      Excluir
  4. Lia, mais um vez você nos prestigia com seu carinho e sensibilidade.
    Só podemos agradecer mais e mais, sempre por tê-la conosco.
    Com carinho,
    Sollo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! Eu que agradeço a confiança no meu trabalho.
      Bjus

      Excluir
  5. Acredito que vale a leitura.É uma abordagem interessante, penso que o leitor tem que estar preparado para ler o livro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Raquel realmente é uma leitura forte e impactante, mas que em minha opinião vale ser lida. Bjus

      Excluir
  6. Oi Lia, adorei a dica, adoro livros com temas controversos, e este com certeza é!!!
    Não conhecia nem o livro nem o autor, mas já vou pesquisar, fiquei curiosa rsrsrsr!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, esta é mesmo uma leitura arrepiante... kkkkkkk
      Combina muito bem com este mês.
      Se conseguir conferir me diz o que achou.
      Bjus

      Excluir
  7. nossa... adorei a resenha! e se o livro for tao bom quanto a mesma, tb. irei adora-lo. "carta dos mortos" parece ser um otimo livro, e eu amo livros assim, que tocam o leitor e depois faz com que a gente ainda fique pensando na historia depois de le-los. ja disse que adorei o livro/resenha? quero mt poder le-lo e me tocar c/ suas cartas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Rayane por sua visita e comentário.
      Bjus

      Excluir
  8. Oi Amiga, eu tb não constumo ler esse estilo literário, não faz meu gênero... Mas,fiquei curiosa sobre esse livro, especialmente sobre a carta da menininha, e isso me convenceu a querer lê-lo...Gostei de sua resenha, pq vc foi bem honesta sobre o livro e as sensações que sentiu..

    bjs e ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii a capa do livrooooooooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada amiga.
      Se tiver oportunidade leia, de repente você gosta.
      Bjus

      Excluir
  9. Obrigado pelo carinho com meu trabalho...

    ResponderExcluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!