[RESENHA DUPLA] Apenas um Dia e Apenas um Ano - Gayle Forman - Novo Conceito


Bom dia seus lindos!
Hoje vou inovar aqui no blog.


Nunca tinha feito nada assim antes, mas resolvi colocar as duas resenhas em um só post. Espero conseguir passar para vocês o que cada um dos livros, me fez sentir durante a leitura.


APENAS UM DIA

Ficha Técnica:
Autor: GAYLE FORMAN
Título: Apenas Um Dia
ISBN: 9788581634500
Selo: NOVO CONCEITO
Ano: 2014
Edição: 1
Número de páginas: 384
Formato/Acabamento: 16x23x2,4
Peso: 0.54 kg
Preço Sugerido: R$ 34.90
Área Principal: FICÇÃO
Assuntos: ROMANCE
Sinopse:
A vida de Allyson Healey é exatamente igual a sua mala de viagem: organizada, planejada, sistematizada. Então, no último dia do seu curso de extensão na Europa, depois de três semanas de dedicação integral, ela conhece Willem. De espírito livre, o ator sem destino certo é tudo o que Allyson não é. Willem a convida para adiar seus próximos compromissos e ir com ele para Paris. E Allyson aceita. Essa decisão inesperada a impulsiona para um dia de riscos, de romance, de liberdade, de intimidade: 24 horas que irão transformar a sua vida.
Apenas um Dia fala de amor, mágoa, viagem, identidade e sobre os acidentes provocados pelo destino, mostrando que, às vezes, para nos encontrarmos, precisamos nos perder primeiro... Muito do que procuramos está bem mais perto do que pensamos.

LEIA UM TRECHO.


Quando recebi o livro Apenas Um Ano da Novo Conceito, já sabia da existência do livro anterior. Por isso resolvi deixar o livro na estante até que eu comprasse Apenas Um Dia e pudesse ler a história em sequência. Feito isto, venho agora compartilhar com vocês as minhas impressões sobre os dois livros.

Vocês já devem ter lido muitas resenhas e ouvido muitos comentários sobre o livro, nas redes sociais e dos amigos, por isso vou fazer um resumão e espero que assim não fique cansativo pra vocês.

Em Apenas Um Dia iremos conhecer um pouco da vida de Allyson Healey e os acontecimentos que irão fazer um determinado dia de sua vida, ser completamente diferente, inovador e transformador.

Como devem ter lido na sinopse Allyson é uma jovem imatura, totalmente influenciável por sua família, raramente toma decisões por conta própria, enfim totalmente previsível. Até fazer a viagem para a Europa.

Lá ela irá conhecer Willem um jovem ator holandês, que está procurando se encontrar e tem um espírito aventureiro. Os dois terão uma química imediata e acho que foi isto que fez com que alguém tão certinha quanto Allyson resolvesse viajar com um completo desconhecido. Pois foi algo que me incomodou um pouco no início.

Allyson e Willem seguem para Paris. Eles têm pouco tempo para ficarem juntos, já que em poucos dias ela terá que voltar para casa. Ela não fala francês, nunca visitou a cidade antes, e não tem nenhum conhecimento para entender mapas, por isso ela deixa que Willem lhe mostre a cidade, suas belezas e encantos. Esta foi a parte que mais gostei no livro, as descrições de Gayle são perfeitas. Me senti transportada para Paris, os cheiros, as cores, o romance, tudo perfeito.

Conforme a história vai se desenvolvendo temos a oportunidade de ver o desenrolar desta história. Vemos o quanto algo tão simples, pode mudar radicalmente nossas vidas. Achei muito interessante a maneira como a autora foi trabalhando os personagens, seus sentimentos, suas descobertas.

Aos poucos fui passando a desejar que tudo desse certo. Que não ficasse em apenas um dia. A química do casal é ótima, os dois parecem ser perfeitos um pro outro. O personagem de Willem é cativante, nos fascina e me vi torcendo muito para que eles pudessem ficar realmente juntos.

Até que ele desaparece,  e percebemos que a história é realmente mais sobre Allyson. Sobre sua luta para ter controle sobre a sua vida e sua felicidade.

Allyson retorna para casa e ficamos ali sofrendo com ela. Mas, também podemos acompanhar suas mudanças, suas conquistas, e sempre na esperança que o desfecho pudesse ser outro.
"O rosto dele é tão lindo, faz meu estômago revirar. Mas ele parece irreal, não alguém que eu um dia conheci. Então olho para mim, a pessoa que está na foto, e também mal a reconheço, e não apenas pelo fato de o cabelo estar diferente, mas porque ela parece diferente. Aquela não sou eu. Aquela é Lulu. Ela se foi, assim como ele.Permito-me olhar para a foto de Willem e Lulu em Paris por um longo minuto.- Feliz Ano-Novo - digo a eles.Em seguida, eu apago-os."
Em Apenas Um Dia, eu encontrei tudo que me cativa completamente em um livro: A junção de romance, belas descrições em viagens, drama, e uma boa dose de amadurecimento dos personagens.

Minha única ressalva quanto a história, foi o fato de Gayle me deixar agoniada, sem chão com aquele final aberto. Finais em aberto é algo que nem sempre me agrada, ou melhor, não costumo gostar muito. Fiquei com vontade de sacudir a autora por me deixar assim...

Dito isto, eu posso afirmar a vocês que a escrita de Gayle, envolve, conquista e te deixa completamente à mercê do que virá em seguida.
O que me deixou mais tranquila foi o fato de já ter o próximo livro aqui comigo.
Leitura recomendada.

APENAS UM ANO

Ficha Técnica:
Autora: GAYLE FORMAN
Título: Apenas um Ano
ISBN: 9788581636719
Selo: NOVO CONCEITO
Ano: 2015
Edição: 1
Número de páginas: 352
Formato/Acabamento: 16x23x2,2
Peso: 0.50 kg
Preço Sugerido: R$ 34.90
Área Principal: FICÇÃO
Assuntos: ROMANCE
Sinopse:
Em Apenas um Dia, os momentos de paixão entre Allyson e Willem foram interrompidos de maneira abrupta, lançando a jovem em um abismo de questionamentos e dor. Agora a história é contada pela voz de Willem. Sem saber exatamente o que o atraiu na garota de olhos grandes e jeito comportado, o rapaz inicia uma busca obsessiva por pistas que levem até a sua Lulu mesmo sem saber sequer o seu nome verdadeiro.
Enquanto tenta compreender o mistério que os separou, Willem se esforça para costurar relacionamentos desgastados e procura respostas para o futuro. Mais do que uma aventura de verão, o encontro em Paris significou para ele o início da vida adulta. Da mesma autora dos best-sellers Se Eu Ficar e Para Onde Ela Foi,
Apenas um Ano reúne todos os ingredientes de um romance imperdível: viagens, saudade, encontros, desencontros e amor.

LEIA UM TRECHO.


Em Apenas Um Ano, teremos a história contada na versão de Willem. Teremos a oportunidade de conhecer suas motivações, o porquê de algumas atitudes, e enfim ver o reencontro dos dois.

Este é um recurso que tem sido muito usado ultimamente pelos autores. Bom, a meu ver às vezes dá certo e outras vezes não. Neste caso eu não curti muito. Achei muito bom pra conseguir entender algumas questões que a autora deixou em aberto no primeiro livro, mas por outro lado me senti meio decepcionada porque esperava que a autora retomasse exatamente de onde parou e me deixou tão ansiosa no primeiro livro.

A história começa com Willem acordando em um hospital e sem nenhuma lembrança do que lhe aconteceu. Apesar disto ele sente em seu íntimo que precisa encontrar alguém. Que precisa achar esta pessoa.  No momento em que ele se lembra, é tarde demais e Lulu já sumiu. Ele não sabe nada sobre ela. Ele não sabe seu nome verdadeiro também. Só o nome que escolheu para ela, que foi Lulu. Por isto ele não tem como encontrá-la. Não sabe nem mesmo como começar a procurar por ela.

Quando eu comecei a ler Apenas um Ano, eu ficava esperando a resolução para a cena no final de apenas um dia, eu estava bem ansiosa para ver como o reencontro deles iria acontecer. Se as transformações e experiências que eles passaram, iriam ajudar ou atrapalhar para que eles pudessem ter um relacionamento.

Mesmo depois de saber o que realmente aconteceu quando Willem sumiu no primeiro livro, o porquê dele ter deixado Allyson, mesmo assim ainda me senti insatisfeita, não totalmente convencida.

Apesar de achar Willem um personagem intrigante e fascinante, e de ter gostado muito dele no primeiro livro, eu também tive um pouco de irritação com ele. Mas o enredo foi a minha questão principal. Nada realmente aconteceu. A história enveredou por outros caminhos, ficamos conhecendo mais de Willem e de sua família. Seu relacionamento com sua mãe. E custou muito para que eu finalmente pudesse ver os dois juntos.

Mais uma vez Gayle Forman deixa o final em aberto, mas desta vez de um jeito que nós leitores podemos imaginar como a história irá continuar, mesmo assim não me deixou completamente satisfeita sobre tudo. Eu só queria um pouco mais de romance, mais deles dois, e aquele boom que nos faz delirar com o livro.
Estou chocado. E não estou. Ela está exatamente como eu me lembrava dela. E completamente transformada. Uma estranha. E alguém a quem eu conheço. "A Verdade e a mentira são os dois lados da mesma moeda", ouço Saba dizer.- Olá, Willem - ela diz - Meu nome é Allyson.
Eu gostei do livro, não tanto quanto do primeiro. Talvez eu tenha criado muitas expectativas sobre ele, mas acho que a leitura foi válida. Afinal a autora tem uma ótima escrita, e consegue nos envolver em sua história.

Recomendo a leitura não só para os fãs de Gayle, mas também para todos os leitores que gostem de YA.

Considerações finais sobre os livros:

As capas estão bonitas, mas acho que a Novo Conceito poderia ter mantido a capa de Apenas Um Ano igual a original, acho que ficaria mais de acordo.
Quanto a diagramação, revisão, cor e tamanho das fontes, e a cor das páginas, não tenho nada a reclamar. Estão perfeitos para mim.

Conferindo no site da autora eu vi que ela escreveu um conto, onde finalmente poderemos ver mais de Allyson e Willem e eu espero que a Novo Conceito publique logo. Pois fiquei mega curiosa.
Para saber mais sobre o Conto, clique aqui.

Em minha opinião os dois livros provavelmente vão ficar melhor em um único filme, como está sendo cogitado. Pois os belos cenários de Paris, Holanda e a Índia com certeza ficarão perfeitos na telona. E de repente eu conseguirei ver algumas das principais questões que me incomodaram resolvidas na adaptação.
Com certeza estarei lá para conferir.

Espero que tenham curtido as resenhas.
Já leram os livros? Gostaram? Pretendem ler?
Bjus

14 comentários:

  1. Oi Lia! Eu amei essa sua ideia de faze resenha dupla, e você nos pôs seus sentimentos de maneira muita clara, fazendo com que conseguíssemos saber o que cada um dos livros te trouxe.Não li nenhum dos dois livros,e mesmo a minha lista ser infinita,vou colocá-los aqui para dar uma conferida mais de perto neles. Acho que todo leitor tem uma ista infinita, né? bjs
    Amoras Com Pimenta ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi lindona, tudo bem?
      Eu fico feliz que tenha gostado da ideia.
      E é bom saber que consegui passar para você, o que os livros me fizeram sentir.
      Com certeza todo leitor tem uma grande lista de desejados.
      Bjus

      Excluir
  2. Oi Lia,
    Estou doidinha para começar a leitura desse livro, li dois livros dessa autora e me apaixonei.
    Linda a resenha, parabéns!!
    beijos
    http://conchegodasletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. flor,apenas um dia eu amei, a trama fluiu bem, mas em apenas um ano não consegui me envolver da mesma forma... fiquei meio decepcionada, confesso
    felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thaila,
      Aconteceu o mesmo comigo.
      Obrigada pela visita.
      bjus

      Excluir
  4. Oi Lia, sua linda, tudo bem
    Sabe, achei perfeito você postar as duas resenhas juntas, pois um livro completa o outro. Lia, aconteceu com você o mesmo que aconteceu com várias pessoas na outra duologia dela, uns amaram o primeiro livro e não gostaram do segundo, ou o inverso. Agora, com essa nova trama, pelo visto a história se repetiu,risos... Estava mega curiosa para descobrir porque ele sumiu, ele parar no hospital é uma ótima explicação, mas que pena que você ficou com a sensação de só isso não foi suficiente. Eu já tenho os dois livros aqui, espero não me decepcionar. mas já vou sem expectativas agora. Vou pesquisar sobre o conto que eu não sabia. Sua resenha dupla ficou ótima!!!!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cila sua linda! Obrigada pelo carinho de sempre. Adoro suas visitas.
      Eu só li Entre o Agora e o Nunca. Preciso arrumar tempo para ler os segundo, já que gostei muito do primeiro.
      No caso destes dois livros, a coisa foi meio estranha. Eu gostei muito do primeiro livro, mas quando peguei o segundo não consegui ficar tão empolgada, e acabei ficando meio decepcionada com a versão dele... Sei lá, preferia que ela tivesse feito um livro só.
      E vamos torcer para o conto chegar logo por aqui.
      Bjus

      Excluir
  5. Oi Lia.

    Eu tinha uma expectativa muito grande nos dois livros, mas ainda não tinha lido nenhuma resenha deles. Apesar de ter muitas resenhas dele, a sua foi a primeira que li e gostei. Ainda quero conferir as histórias mas tão ansiosamente como estava.

    Bjão Flor.

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kênia, espero que gosto quando se aventurar na leitura.
      Eu gostei muito do primeiro livro, já do segundo nem tanto, mas acho que é válido você conferir.
      De repente você vai gostar mais do que eu.
      Bjus

      Excluir
  6. Oi, Lia.
    Ainda não li esses, estão na minha lista por eu ter gostado de Se eu Ficar e Para Onde Ela Foi... mas sem pressa rsrs
    Adorei!
    Bjos
    Helena
    http://leitoranaholanda.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já li Se Eu Ficar, mas ainda preciso ler o segundo.
      Gostei muito de do primeiro, bem emocionante.
      Espero que ao ler estes você goste também.
      Bjus

      Excluir
  7. Oi Lia!
    Eu adorei a leitura dos dois livros! São maravilhosos!
    É dificil dizer qual eu gostei mais <3
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carla, que bom flor.
      Com certeza gostei mais do primeiro.
      Bjus

      Excluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!