[RESENHA] Eu Te Darei o Sol - Jandy Nelson - Novo Conceito

Oi gente!
Olha eu aqui chegando com mais uma resenha de um livro da Editora Novo Conceito, pra vocês. Espero que apreciem!

Resenha por: Suelen Fernandes
Título: Eu Te Darei o Sol
Autor(a): Jandy Nelson
Editora: Novo Conceito
Gênero: Drama/Ficção/Jovem adulto/Romance
Páginas: 384
Ano: 2015
Compare e Compre: Buscapé
Adicione: Skoob
Nota
Sinopse: Noah e Jude competem pela afeição dos pais, pela atenção do garoto que acabou de se mudar para o bairro e por uma vaga na melhor escola de arte da Califórnia.
Mal-entendidos, ciúmes e uma perda trágica os separaram definitivamente. Trilhando caminhos distintos e vivendo no mesmo espaço, ambos lutam contra dilemas que não têm coragem de revelar a ninguém.
Contado em perspectivas e tempos diferentes, EU TE DAREI O SOL é o livro mais desconcertante de Jandy Nelson. As pessoas mais próximas de nós são as que mais têm o poder de nos machucar.

Eu Te Darei o sol conta a história dos irmãos gêmeos Noah e Jude. Eles sempre foram muito próximos, mas com o tempo cada um começa a ter os seus problemas e começam a se distanciar.

Sempre sei o que se passa na mente da Jude. Não é tão fácil para ela saber o que se passa na minha mente, porque eu tenho persianas mentais e as fecho sempre que acho necessário. Como ultimamente.

Jude é uma menina totalmente pra cima, ela surfa e é a sensação da sua escola. Os meninos a admiram. Já Noah é um menino introspectivo, não tem amigos e ama fazer desenhos. Todos os problemas começam a aparecer quando sua mãe diz ter recebido uma mensagem da avó falecida, que os irmãos tem que entrar para escola de artes. Noah fica radiante pois é o sonho dele, mas Jude detesta pois diz que só tem gente estranha lá.

Dos personagens do livro gostei muito da mãe dos irmãos pois ela é muito auto astral, diz falar com os mortos e até imita as vozes. Já o pai é meio ranzinza e tenta a todo momento desestimular a mãe com relação essas histórias de ver os mortos e sentir vibrações estranhas. Isso gera muito desentendimentos entre o casal.

Eu me senti bem comovida com Noah, pois ele sempre aguentava as coisas calado e sofria muito por não poder compartilhar tudo que sentia e o que passava na sua vida. 

O livro é repleto de dilemas, onde nós leitores ficamos apreensivos. A história mostra como é o amor fraternal, principalmente entre irmãos gêmeos. A escritora também aborda temas polêmicos como a homossexualidade.

Eu só não gostei de uma coisa, os capítulos eram muito grandes. Os primeiros são relatados pelo Noah e depois a Jude narra toda a história. A diagramação do livro é simples, mas bonita. A capa é linda e não vi erros de ortografia.

Recomendo esse livro pra todos que gostam de histórias sobre família e que abordam temas polêmicos e emocionantes. Ele nos faz refletir sobre os valores da nossa vida e sobre as pessoas que amamos.

Às vezes, quando se surfa, você pega uma onda e percebe que está “sem chão”, e de repente, sem aviso, você se vê caindo diante da parede de água.
Sinto-me assim.

Beijinhos!

16 comentários:

  1. Oiiie Suelen
    eu curti muitos os comentários que eu vi dele, achei a proposta bem legal, eu espero poder compra-lo em breve. esse coisa deles serem apaixonado pela mesma pessoa me deixou mais curioso ainda kkk
    Bjks
    Passa Lá - http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Manoel, o livro parece ser bem interessante mesmo.
      Bjus

      Excluir
  2. achei a história inteira singela, delicada, tratando de diversos temas atuais com extrema delicadeza, falando de sentimentos que são tão reais que parece que a história ganha mais vida!
    felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Thaila. Pelo jeito o livro é daqueles que mexem com a gente e ainda nos deixa com bons questionamentos.
      Bjus

      Excluir
    2. Que bom Thaila. Pelo jeito o livro é daqueles que mexem com a gente e ainda nos deixa com bons questionamentos.
      Bjus

      Excluir
  3. Oi Suelen! Oi Lia!
    Eu adoro ler livros polêmicos então fiquei bem interessada no livro.Só a capa do livro que não me atraiu muito, mas pela sua resenha deu para ver que o livro vale a pena ler.

    Bjão para as duas.

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi flor.
      Eu também fiquei muito curiosa sobre o livro.
      Espero ter a chance de ler.
      Bjus

      Excluir
  4. Oi Suelen !!!
    Achei super linda a capa e a história mesmos sendo polêmica nos faz refletir e ter a certeza que o amor é que nos dá força para aguentar tudo nesta vida.
    Doce resenha.
    Saleta de Leitura
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Irene, a resenha da Suelen ficou boa mesmo.
      E a história tem jeito de ser muito boa.
      Bjus

      Excluir
  5. Oi
    Sou louca para ler esse livro, a sua foi a primeira que li e que falou um pouco mais
    sobre a mãe dos personagens e eu não tinha lido que a Jude Surfava.
    Que bom que aproveitou sua leitura.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Denise, o livro desperta muitos questionamentos pelo que observei nas resenhas que li.
      Estou super curiosa.
      Bjus

      Excluir
  6. Eu Te Darei o Sol, não curti muito a capa, poderia ser mais bonita.Não sei se faz menção a simplicidade da história, ou a menção de um simples desejo.Mas sendo o livro polêmico e intenso, acredito que não deve ser nada disso. Conflitos familiares,essa relação dos irmãos e a paixão pela mesma pessoa é algo complicado de se resolver.O livro parece ser triste ,talvez por isso o titulo,Eu Te Darei o Sol,uma forma de compensar algo ainda não desvendado, vou me preparar para ler o livro.Bjs e boa leitura!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Raquel, pela resenha da Suelen e algumas outras que li, o enredo parece forte, triste e com bastante drama. Caso se aventure me conte se gostou.
      Bjus

      Excluir
    2. Oi Lia,também tenho lido outras resenhas e algumas opiniões sobre o livro e a maioria foi favorável ao livro.Passeando por algumas livrarias pude observar que caiu no gosto das editoras, as capas amarelas ...bjus!

      Excluir
  7. Oi Su e Lia, suas lindas, tudo bem com vocês
    Uma coisa chamou minha atenção na capa: "Amar é apenas a metade da história", é uma verdade tão grande!!!! Nenhum relacionamento é fácil, seja entre pais e filhos, seja entre irmãos e entre um homem e uma mulher. Imagine colocar outra variável na história: entre dois homens (pelo menos entendi que estava se referindo ao Noah). Deve ser uma história bem sensível!!!!Dica mais do que anotada. Sua resenha ficou ótima!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cila, relações familiares são sempre intensas e por muitas vezes complicadas.
      Eu também entendi que este amor tem a ver com o Noah, mas só lendo pra saber.
      Bjus

      Excluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!