[RESENHA] A Voz do Arqueiro - Série Signos do Amor #1 - Mia Sheridan - Editora Arqueiro


Bom dia seus lindos!


Mais uma resenha chegando pra vocês!
Hoje vou falar de um livro que mexeu muito comigo, e que se tornou uma das histórias mais belas que já li.


A Voz do Arqueiro

Ficha Técnica:
LANÇAMENTO: 05/08/2015 
TÍTULO ORIGINAL: ARCHER’S VOICE
TRADUÇÃO: ANA RODRIGUES
Gênero: Ficção, Romance
NÚMERO DE PÁGINAS: 336
ISBN: 9788580414448
EAN: 9788580414448
PREÇO: R$ 29.90
E-BOOK
eISBN: 9788580414455
PREÇO: R$ 19.99
Sinopse:Bree Prescott quer deixar para trás seu passado de sofrimentos e precisa de um lugar para recomeçar. Quando chega à pequena Pelion, no estado do Maine, ela se encanta pela cidade e decide ficar.
Logo seu caminho se cruza com o de Archer Hale, um rapaz mudo, de olhos profundos e músculos bem definidos, que se esconde atrás de uma aparência selvagem e parece invisível para todos do lugar. Intrigada pelo jovem, Bree se empenha em romper seu mundo de silêncio para descobrir quem ele é e que mistérios esconde.
Alternando o ponto de vista dos dois personagens, Mia Sheridan fala de um amor que incendeia e transforma vidas. De um lado, a história de uma mulher presa à lembrança de uma noite terrível. Do outro, a trajetória de um homem que convive silenciosamente com uma ferida profunda.
Archer pode ser a chave para a libertação de Bree e ela, a mulher que o ajudará a encontrar a própria voz. Juntos, os dois lutam para esquecer as marcas da violência e compreender muito mais do que as palavras poderiam expressar. 
LEIA UM TRECHO / ASSISTA AO BOOK TRAILER.


Como escrever sobre um livro, que te deixa sem fôlego? Que ao final te deixa com lágrimas nos olhos, sorriso bobo e aquela sensação de contentamento? Difícil não é? Muito difícil pra mim...
Quem sempre visita o blog e está acostumado a ler minhas resenhas, sabe o quanto fica complicado pra mim, falar sobre os livros que mais gosto. Aqueles que nos tocam o coração de forma profunda e que nos acompanharão por muito e muito tempo nos pensamentos. Aqueles que com certeza iremos ler e reler várias vezes. Foram muitos dias iniciando e parando a escrita desta resenha, vários dias tentando organizar os pensamentos para colocar no papel algo que fizesse jus ao que senti lendo este livro. Confesso que ainda não estou satisfeita com o resultado, mas creio que esta será a melhor resenha que poderei fazer sobre ele. Espero que gostem.

A história é contado sob o ponto de vista dos dois personagens principais: Archer e Bree, e isso nos possibilita entender e acompanhar o que se passa em suas mentes. Nos deixa mais próximos dos dois.

Esta é uma história de perdas, superação, perdão, sofrimento e amor, tudo intrinsecamente ligados. A nossa personagem principal, Bree, está começando de novo em uma nova cidade. Ela está tentando escapar de seu passado traumatizante, que envolveu o assassinato de seu pai, e tudo que ela quer e precisa é encontrar a paz. Ela vai para Pelion, uma pequena e pacata cidadezinha do Maine, onde ela aluga uma cabana para ficar por tempo indefinido. Este é o lugar onde ela esbarra em Archer Hale. Um homem com medos e traumas, e que vai virar seu mundo de ponta a cabeça.

Archer Hale é aquele personagem que te deixa totalmente absorvida por ele. Foram raras as vezes em todos os meus anos de leitora que um personagem me tocou assim. Concluída a leitura deste livro eu estava tão sobrecarregada por Archer... A vida de Archer é completamente incrível, provida de tão poucas alegrias, tão pouco amor, foi de certa forma devastadora, e o moldou no homem que é. Archer é um sobrevivente de traumas horríveis de infância. Após a trágica perda de sua família na idade de sete anos, deixando-o dolorosamente quebrado e com cicatrizes na alma, Archer foi submetido a uma vida sombria cercado por pessoas que não se importavam com ele. Foi criado por um tio que apesar de gostar dele, era paranoico. E ainda tinha como parentes uma tia e um primo, ambos detestáveis. Viveu uma vida reclusa. Para sobreviver, ele achou melhor se isolar de toda a cidade, inclusive de seus únicos parentes. Um menino adorável, que se transformou em um homem tão bonito, e que não tinha ninguém com quem compartilhar toda a sua beleza, que irradiava de dentro. Até Bree tropeçar em sua vida.

Uma vida sofrida, solitária e por muitas vezes angustiante. Archer é uma das almas mais belas que já tive o privilégio de conhecer através da leitura. E eu agradeço a autora por trazê-lo para minha vida.

A partir do momento em que se olham pela primeira vez, Bree e Archer se sentem atraídos, conectados, como se algum elo invisível os ligasse. Eles vão ficando cada vez mais curiosos sobre o outro e a cada novo encontro, mais curiosos ficam. Bree não consegue parar de pensar em Archer, uma figura intrigante, que a toca e que a faz ter vontade de conhecer e desvendar seus mistérios. Por outro lado Archer se sente impactado por Bree, começa a sentir e querer coisas que jamais tinha vivenciado. Começa a desejar o que achava ser impossível acontecer algum dia em sua vida.

O primeiro encontro entre eles, á algo cômico e inusitado... Bree deixa sua sacola cair na saída da farmácia e toda a sua compra se espalha pelo chão. Enquanto ela fica ali sem graça tentando catar tudo o mair rápido possível, um homem barbudo e silencioso começa a ajudá-la. Bree fica mais sem graça ainda por estar com alguns itens íntimos e muitos chocolates... Em seu nervosismo não para de tagarelar o tempo todo, e estranha o fato do cara barbudo se manter calado e com ar de riso. Ela acaba sendo meio irônica com ele e fica se sentindo muito mal, quando descobre que ele é mudo. A partir daí, vai procurar de todas as formas saber mais sobre ele, pois fica intrigada que alguém que viva na cidade por toda a vida, seja tão pouco conhecido pelos outros moradores. Ainda mais em se tratando de uma cidade pequena, onde todos se conhecem e sabem da vida uns dos outros.

Bree vai aos poucos se integrando com as pessoas da cidade, e vamos conhecendo ou outros personagens, que em sua maioria são agradáveis e gostosos de conhecer. Na verdade as únicas pessoas que não curti e que tive ganas de esganar durante a história foram justamente a tia e o primo de Archer. Duas pessoas superficiais, egoístas e dispostos a tudo para fazer da vida de Archer um inferno. Sua tia então uma víbora. Do tipo que pra não perder o poder que tem na cidade é capaz de tudo.

Bree é daquelas mocinhas porretas, que eu adoro! Não se deixa abater pelos inconvenientes, luta pelo que quer, tem opiniões próprias, não se deixa levar por mentiras e ainda por cima, sabe esperar para alcançar aquilo que deseja. Ela e Archer formam um casal delicioso. Daqueles que tem almas gêmeas mesmo. Eles se completam, se ajudam e ajudam no crescimento pessoal um do outro. É claro que o relacionamento deles, encontra algumas pedras, isto é normal, principalmente pelo lado de Archer que é inseguro, que tem medo de não ser o suficiente pra fazer ela feliz.

As mudanças que ocorrem na vida de ambos, a construção da relação deles, nos é mostrado de um jeito que vai nos enredando, encantando e não nos deixa parar de ler. Vamos acompanhando as mudanças em Archer, tanto físicas quanto emocionais até chegarem em seu desfecho, como que estivéssemos sob encantamento. É lindo a maneira como ele vai se descobrindo, amadurecendo e se transformando num homem fantástico. E mais lindo ainda é ver que Bree está sempre lá, ao lado dele, ora o protegendo e ora sacudindo suas estruturas, fazendo com que Archer se encontre e assim consiga ter segurança para ser quem é e deixar fluir seu amor por ela.


Ambos precisam se curar, precisam se encontrar e aprender a lidar com os medos e demônios que assombram suas vidas. Precisam entender e aceitar essa maravilhosa conexão que eles compartilham. Para só então encontrarem o equilíbrio que precisam para deixar que o amor faça parte deles.

Mia Sheridan foi brilhante ao criar uma das histórias mais incríveis que eu provavelmente irei encontrar. A cada página lida, eu só queria poder entrar na história e abraçar Archer e dizer-lhe que tudo ia ficar bem, porque Archer não fala, e por toda a sua vida ele se viu afastado de tudo e de todos. Ele é solitário, ele é quebrado, até encontrar Bree.

Quanto a parte gráfica: A editora manteve a capa original e eu gostei, pois gostei muito da capa. A diagramação é simples mas satisfatória. Fontes de bom tamanho, páginas amareladas, boa revisão. Tudo contribuindo para uma ótima leitura.

Esta é uma bela história sobre amor e aceitação e o que pode acontecer a uma pessoa quando encontra alguém que acredita nela e está disposto a olhar para suas imperfeições do passado e aceitá-las incondicionalmente.

Esta foi uma das histórias mais doces e lindas que eu li em muito tempo. Eu amei! Se eu recomendo? O que acham!?

Curiosidades: 

  • Este livro é o quarto da Série A Sign of Love. A editora Arqueiro optou por não publicar a série na ordem, pois os livros tem histórias independentes, exceto os dois primeiros. Os livros podem ser lidos separadamente. A unica ligação entre eles, é o fato de cada livro trazer  referência a um signo do zodíaco.

  • A voz do Arqueiro, que foi lançado em julho de 2015 pela Editora Arqueiro, teve os direitos de adaptação comprados pela produtora Lauren Levine. A informação foi da própria autora Mia Sheridan. E nem preciso dizer que fiquei surtando com isso! Só de imaginar esta história linda no cinema, já fico doida! Só espero que consigam manter a essência da história.

14 comentários:

  1. este livro foi uma surpresa, eu não dava muito por ele e solicitei mais por curiosidade que por vontade e menina que contentamento, a história não é boa, é maravilhosa! enredo diferente, super envolvente e ja virei fã
    felicidadeemlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Thaila, eu nunca tinha ouvido falar nesta série até ver o lançamento da Arqueiro, mas assim que li a sinopse fiquei super a fim de ler!
      E foi uma leitura maravilhosa! E com certeza já me tornei fã da autora.
      Bjus

      Excluir
  2. Ai que resenha maravilhosaaaa! <3 Nunca tinha ouvido falar deste livro e já entrou na lista de leitura, amei demais! Que paixão ele, o livro, trouxe para sua vida! Resenha mais do que inspiradora, hehehe, quero ler este e os outros volumes da série, mesmo sendo independentes uns dos outros. Obrigado pela indicação e resenha fenomenal. Muito sucesso, luz, paz e sucesso com este cantinho maravilhoso. :)

    Ewerton Lenildo - Viajante das Letras.
    viajantedasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ewerton, muito obrigado! Você não tem noção de como fico feliz quando leio comentários como o seu!
      Me fez ganhar o dia.
      Vlw pela visita e espero que realmente tenha a oportunidade de ler, para se apaixonar como eu.
      Bjus

      Excluir
  3. Oi Lia! Este livro me deixou de coração partido e foi um dos mais tocantes que li este ano. A escrita da autora é delicada e vai direto ao ponto, sem muita enrolação ela comove o leitor. Minha resenha está bem emotiva também. Maravilhoso!

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cida, este livro é muito lindo mesmo!
      Com certeza uma leitura inesquecível!
      Não tem como não se sentir tocada pela história.
      Bjus

      Excluir
  4. Lia eu preciso desse livro com urgência. Principalmente após sua resenha, que sem conhecer a história por completo, já fiquei emocionada.

    Bjão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kênia, tenho certeza que você vai amar como eu.
      Assim que conseguir ler, me conte o que achou da história.
      Bjus

      Excluir
  5. Eu inicialmente não quis ler este livro quando foi lançado pois não queria começar mais uma série. Eu sou do tipo que ao começar uma série, mesmo que os livros tenham histórias únicas, sempre quero termina-la. Mas depois que fui lendo as resenhas, comecei a mudar de ideia e agora já tenho certeza que vou solicitar a editora este livro para resenha no meu próximo pedido. Obs: Este mês já solicitei O Coração do Leão, além do mas sou uma leonina.
    Abraços,
    Gisela
    @lerparadivertir
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gisela, este foi um dos livros mais lindos que li em muito tempo!
      Eu amei, e espero que ele te toque do mesmo jeito.
      Bjus

      Excluir
  6. OI Lia, sua linda, tudo bem
    Nossa, você quer me matar com suas resenhas, quem está sem fôlego sou eu. Eu já conhecia o livro, até já tinha lido algumas resenhas antes, mas nenhuma como a sua, tanto é que nem dava tanto assim pelo livro, mas definitivamente, preciso colocá-lo no topo da minha lista de Natal!!!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cila sua linda!
      Muito obrigada pelos elogios. Espero que você consiga ganhar do Papai Noel e que se apaixone pelo livro como fiz.
      O livro é lindo amiga!
      Bjus

      Excluir
  7. Liiiaaa.... eu já tinha me arrependido de não ter pedido esse livro, agora então o arrependimento atingiu o ápice hahahaha mas irei reverter isso! Preciso ler.
    Sua resenha é empolgante e me deixou com MUUUUITA vontade de poder "vivenciar" essa história de amor e aceitação.
    Parabéns!!!
    Beijosss

    http://ilusoesnoturnas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Paloma!
      Eu amei este livro. É emocionante e viciante.
      Com certeza irei reler muitas vezes.
      Bjus

      Excluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!