[RESENHA] O Último Homem do Mundo - Tais Cortez - Editora Ler



       Olá, eu sou a Kênia Cândido do Blog Histórias Existem para Serem Contadas e a colaboradora do Blog Doces Letras.
       Hoje eu trago a minha resenha sobre o livro O Último Homem do Mundo da autora Tais Cortez publicado pela Ler Editora.

       Venha conferir:


 O Último Homem do Mundo









. Dados Sobre o Livro:
     - Autora: Tais Cortez
    - Editora: Ler Editora
    - 1ª Edição
    - Ano: 2014
    - 224 Páginas
   .  Sinopse:
    Amanda é uma garota rebelde e problemática. Filha de Patrícia Oliveira, uma atriz mundialmente famosa, ela se ressente do comportamento da mãe, que trabalha demais e dedica seu pouco tempo livre para namorar. Depois de ser expulsa dos três últimos colégios, Amanda é matriculada contra sua vontade no Educação de Elite, o colégio interno mais renomado do país, onde apenas os filhos da elite nacional estudam. Determinada a conseguir mais uma expulsão, ela é capaz das maiores loucuras, mas seus planos acabam sendo frustrados por suas colegas de quarto, por uma inspetora intrometida e um diretor paciente. Lá ela também conhece Ricardo, o garoto mais popular e mulherengo do colégio. A atração entre eles é imediata, mas isso não impede que se odeiem ferozmente e que façam de tudo para prejudicar um ao outro. No entanto, o destino os forçará a unirem forças por um bem maior, e Amanda perceberá que, às vezes, o último homem do mundo de sua consciência pode ser justamente aquele que seu coração decide escolher.




                                                                              Admirável

        O Último Homem do Mundo é um livro leve, rápido de ser lido e não imaginava que seria fisgada logo na primeira página. Novamente tenho que dizer que a única reclamação que tenho é porque o livro não é meu e infelizmente, terei que ver o livro ir embora, porque estou participando do 9º Book Tour organizado pela própria autora Tais Cortez.
        A história começa com a jovem Amanda Oliveira, bastante enraivecida, narrando a sua chegada no novo colégio interno chamado Educação Elite. Neste colégio, apenas estudam filhos das pessoas mais ricas do país e após ter sido expulsa dos três colégios anteriores, Amanda se vê obrigada a ficar neste colégio, para não atrapalhar a sua mãe Patrícia Oliveira, uma atriz bastante famosa que só pensa em si mesma e no trabalho.
       Com uma personalidade tão temperamental, logo nos primeiros dias de aula Amanda, já começa arrumar um jeito de ser expulsa do novo colégio, porém ela percebe que esse objetivo será difícil de ser alcançado por causa de Maíra e Paulina, duas colegas de quarto que se tornam suas amigas, da inspetora bem severa e do diretor que demonstra ser paciente, pois notou as intenções de Amanda.
       Além de permanecer em um local contra sua vontade, Amanda também começa ter atritos e desavenças com a Mariana, filha do diretor da escola e consequentemente, com Ricardo, o rapaz mais popular e mulherengo do colégio.
      Contudo a raiva de Amanda em relação a Ricardo vai se amenizando durante a leitura, porque Ricardo mostra para Amanda que ele também sofre com a falta de atenção do pai e que eles têm algumas coisas em comum.
      Gostei bastante da história abordar sobre carência, fidelidade, falta de diálogo e caridade, pois esses temas ajudaram os personagens crescerem e amadurecerem perante sua imaturidade.
Apesar da trama ser bem juvenil, a leitura em nenhum momento ficou cansativa. Posso dizer que fluiu tranquilamente pelo fato da história ser muito bem construída.
      Bom... Encerro minha opinião parabenizando a Tais Cortez pelo livro, agradecendo a oportunidade de ter participado do Book Tour e deixo minha recomendação para todos os leitores que gostam de uma história leve, romântica e divertida. Vale a pena ler.

. Classificação: 5 Estrelas 


     Espero que curtam o lançamento.
     Bjos, até a próxima...




  

7 comentários:

  1. Oi, Kênia!
    Esses book tours são uma dor no coração mesmo...
    Eu já vi várias resenhas positivas sobre esse livro. Pela sua resenha, ele parece ser uma leitura bem prazerosa.
    Beijos
    Balaio de Babados | Participe da promoção Natal do Babado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São mesmo... Ainda mais quando gostamos de um livro, como parece ter sido o caso da Kênia.
      Bjus

      Excluir
  2. Oi Kênia
    Este tipo de leitura me distrai e sempre leio quando tenho oportunidade, mas não é de fato uma prioridade. É sempre bom ver que os livros nacionais estão com uma ótima qualidade.
    Abraços
    Gisela
    www.lerparadivertir.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gisela, eu gostei da premissa, e pela resenha da Kênia parece interessante.
      Bjus

      Excluir
  3. Que amor essa capa, gente! *_*

    Beijos,
    http://postandotrechos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oiii, Kênia
    Adorei a resenha! Obrigada!
    Fico feliz que a história a tenha fisgado desde o início e amei ver que percebeu e apreciou todos os temas que eu tentei abordar!
    Transmitir mensagens e valores nos quais acredito é uma parte importante para mim!
    Bjsss
    e sucesso ao blog!

    ResponderExcluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!