[ RESENHA ] Alma Vampira – Ju Lund – Editora AVEC.



     Olá, eu sou a Kênia Cândido do Blog Histórias Existem Para Serem Contadas e a colaboradora do Blog Doces Letras.
     Hoje eu trago a resenha do livro Alma Vampira da autora Ju Lund publicado pela Editora AVEC.
      Venha conferir minha opinião:


    





      . Ficha Técnica:
     - Autora: Ju Lund
     - Editora: Avec
     - 1º Edição
     - Ano: 2015
     - 200 Páginas
       . Sinopse:
      Duda enfrenta novos desafios, sem memórias vive uma rotina nova ao lado da família, dos semeadores e de um possível novo amor. Esther não suporta a realidade e, num ato extremo, transforma a vida de Duda para sempre deixando sua alma ainda mais perdida. Duda, confusa, perambula entre dois mundos até que se sente obrigada a tomar uma grande decisão para seu futuro. Por amor vale tudo e até onde podemos ir em seu nome?


                                                     Fui Surpreendida Pela História.

      Fui pega de surpresa com a história de Alma Vampira. Realmente não imaginava que o romance fosse conseguir me prender até a última página e que ficaria desejando mais páginas no livro.
     No final de Doce Vampira, todas as dúvidas de Duda foram esclarecidas em relação a família de Esther, porém alguns acontecimentos ocorridos, colocou Duda nas mãos dos Semeadores (uma seita religiosa que luta contra a existência dos vampiros), que começaram um processo de lavagem cerebral de forma totalmente extrema.
     Durante o procedimento do tratamento de choque, Duda se apega nas lembranças com Esther para tentar ser forte, contudo acaba sendo dominada pelo cansaço e os Semeadores conquistam seus objetivos. É dessa maneira que se encontra Duda em Alma Vampira, tentando viver sua nova fase da vida.
     Enquanto isso, Esther se encontra infeliz, preocupada com Duda e insatisfeita com o seu relacionamento com Jamine.
    Após descobrir que Duda está na casa dos pais, Esther resolve tomar coragem, vai atrás dela e decide sequestrá-la, deixando sua mãe Louise irritada com a sua atitude. Pois Louise sabe que a comunidade vampírica, está alerta com uma guerra que está prestes a explodir e o rapto da Duda pode ser o começo dessa guerra civil.
    Fiquei bastante contemplada com a história, não desconfiava que iria encontrar Esther com a personalidade vulnerável e possessiva em relação a Duda, tomando decisões perigosas e impensáveis. Por outro lado, adorei ver Duda não sendo tão inocente na trama e amadurecendo com as decisões que precisavam ser tomadas.
    A autora Ju Lund focou na história da Duda com Esther, mas eu senti um pouco de curiosidade de saber mais sobre a TEV, (Tropa do Exercito Vampírica) como foi com os Semeadores. A personagem Louise conquistou pontos positivos comigo, após ter um capítulo com o seu ponto de vista em relação ao relacionamento de Duda e Esther.
    Enfim... O livro finalizou com várias situações inesperadas, deixando dúvidas sobre os fatos que não foram esclarecidos e a sensação que terá muita reviravolta.
    Recomendo a leitura a todos, principalmente se já leu Doce Vampira.
     


. Trechos do Livro:



" Senti um misto de alegria e preocupação inflar meu coração de vampira, mas minha alma gritava que a notícia era boa." 
                                              (  Esther - Capítulo V )



" O que queremos da vida e o que de fato conseguimos são duas coisas completamente diferentes."
                                               ( Duda - Capítulo VI )






     Esta resenha consta no blog Histórias Existem Para Serem Contadas.


    

     Espero que tenham gostado da resenha.
     Bjos, até a próxima...


 

Kênia Candido:
Eu sou dona do blog Histórias Existem Para Serem Contadas. Mineira completamente apaixonada por livros, filmes e seriados de TV.

3 comentários:

  1. Oie...
    Tenho muito interesse em ler esse livro, muitas pessoas comentam positivamente sobre ele.
    Que bom que gostou! Livros que conseguem prender o leitor são nota 1000000!
    Bjo

    coisasdediane.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Esse é um segundo volume, então? Parece interessante, mas podiam ter trabalhado melhor na capa né :(

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de "Invisível", vem conferir!

    ResponderExcluir
  3. Oi Lia e Kênia, suas lindas, tudo bem com vocês
    Eu ainda não li Doce Vampira. Mas que bom que você enxergou um amadurecimento no personagem, eu gosto quando eles perdem a inocência e começam a reagir, e pelo visto ela precisava. Tem esses semeadores fazendo lavagem cerebral nela e ainda tem essa Esther querendo controlá-la, não gostaria de estar no lugar dela. Então, curiosa como sou me perguntei: o que ela tem que eles tanto querem. Parece ser uma boa história. Sua resenha ficou ótima!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!