[RESENHA] Ligeiramente Seduzidos - Os Bedwyns #4 - Mary Balogh - Editora Arqueiro


Bom dia leitores!


Chegando mais uma resenha para vocês!
Hoje vou falar de mais um romance de época da série Os Bedwyns de Mary Balogh.


LIGEIRAMENTE SEDUZIDOS

Ficha Técnica:
LANÇAMENTO: 12/04/2016
TÍTULO ORIGINAL: SLIGHTLY TEMPTED
TRADUÇÃO: ANA RESENDE
NÚMERO DE PÁGINAS: 288
ISBN: 9788580415469
EAN: 9788580415469
PREÇO: R$ 34.90
Sinopse:
Jovem, estonteante e nascida em berço de ouro. É apenas isso que Gervase Ashford, o conde de Rosthorn, enxerga em Morgan Bedwyn quando a conhece, num dos bailes da alta sociedade inglesa em Bruxelas. 
Em circunstâncias normais, ele não olharia para ela duas vezes – prefere mulheres mais velhas e experientes. Porém, ao saber que Morgan é irmã de Wulfric Bedwyn, a quem Gervase culpa pelos nove anos que passou longe da Inglaterra, decide que ela é o instrumento perfeito para satisfazer seu desejo de vingança. 
Mas Morgan, apesar de jovem e inocente, também é independente e voluntariosa e, assim que entende as intenções do conde, se prepara para virar o jogo e deixar claro que não se deixará manipular por ninguém. 
Em Ligeiramente seduzidos, quarto livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh nos brinda com mais uma história fascinante. Em uma trama repleta de traição e vingança, escândalo e sedução, ela mostra que o caminho para o amor pode ser difícil, mas que a recompensa faz cada passo valer a pena.
BAIXE UM TRECHO.


Ligeiramente Seduzidos é o quarto livro da série Os Bedwyns. Nele iremos conhecer a história de Lady Morgan, que é a irmã mais nova. Este é um livro importante para a série. Além do romance de Morgan com Gervase, também teremos alguns eventos que irão explicar algumas coisas sobre o misterioso duque, Wulfric Bedwyn. E sobre o que acontece com seu irmão Alleyne.

Morgan Bedwyn tem somente 18 anos, mas traz em si muita esperteza, inteligência e coragem. Uma jovem muito madura para sua idade e para a época em que vivia. Eu gostei da personagem, mas ao mesmo tempo me irritei com ela em várias passagens da história. Nem sempre suas atitudes eram condizentes com o que tínhamos de sua descrição. E muitas vezes desnecessárias a meu ver.

Gervase Ashford, é o conde de Rosthorn, ele teve que sair da Inglaterra há nove anos atrás, e se manter no exílio por causa da ameaça de um escândalo. Ele culpa o Duque de Bewcastle(Wulfric) por seu infortúnio e por ter ficado em exílio, sem poder retornar à Inglaterra.

Quando Gervase conhece Morgan, ele vê nisso a oportunidade perfeita para se vingar de Wulfric. Logo ele começa uma campanha para seduzi-la. Apesar de ser mais velho, Gervase não irá conseguir tão fácil. Morgan é inteligente o suficiente para evitar suas armadilhas. Isso até que se vejam pegos em uma cidade sitiada, envolvida pelo medo e ansiedade e cheia de soldados feridos. A partir deste ponto Gervase começa a apreciar Morgan pela mulher que ela é, e não como a irmã de um inimigo.

Afastados de suas famílias, no meio de uma situação triste e aterradora como a guerra, os dois vão descobrir uma forte e perigosa atração. A situação inusitada que se encontram devido aos acontecimentos em Bruxelas, faz com que eles se aproximem cada vez mais. O amor vai surgindo aos poucos, de uma forma lenta e gradual, conforme eles vão se conhecendo melhor. Mas é claro que como em todo romance teremos alguns dissabores e mal entendidos no caminho do casal.

Casal a janela, pintura de Kersing, 1815
Fofocas sobre os dois os precede para a Inglaterra, então quando Gervase resolve acompanhá-la na viagem de volta, as coisas já estão fervendo à espera deles. Já em Londres, basicamente Morgan descobre a que se devia todas as atenções de Gervase para com ela e decide puni-lo por aceitar a sua proposta de casamento, fazendo-o cair de amores por ela e em seguida, quebrando seu coração, acabando com o noivado. Velhos demônios serão confrontados, relacionamentos serão restaurados. Os irmãos vão aparecer e fazer parte de todo este estressante cenário, nos dando assim um vislumbre de como andam a vida dos que já estão casados.  

Será que Gervase irá se manter fiel ao plano de enredá-la em sua vingança? Será que Lady Morgan irá facilitar para Gervase ou irá descobrir seu plano? Será que teremos um vitorioso nesta contenda? Isso é algo que terão que ler para ficar sabendo.

A autora escreve muito bem, as cenas são bem detalhadas, os personagens muito bem construídos, o pano de fundo(a batalha de Waterloo) e a presumida morte de Alleyne, dá dramaticidade a trama. Tudo contribui para que tenhamos uma boa história. Mas desde o início da série, vivo em altos e baixos com ela. De repente pode ser o momento. Vai ver daqui uns anos se eu ler todos novamente posso passar a gostar muito. Pois é, isso acontece! Eu não gostei muito do primeiro livro, o casal não me conquistou. Já no segundo livro, gostei muito do casal e da história. O terceiro livro foi o que mais gostei. Conseguiu ser tudo aquilo que eu esperava, principalmente pela personagem principal, a quem eu tinha muitas expectativas e achei a química do casal perfeita. Desta vez apesar de uma história com todos aqueles ingredientes que gosto em romances de época, infelizmente não me senti cativada pela história. Não consegui torcer pelo casal principal e algumas passagens do livro foram cansativas. Enfim, apesar de ter gostado do livro, ele não me conquistou totalmente. Espero que o próximo livro, supere minhas expectativas, pois promete trazer muitas surpresas e soluções para algumas de minhas dúvidas.

Mais uma vez nos deparamos com um belo trabalho gráfico da Editora Arqueiro. A cor das páginas e o tamanho e formato das fontes escolhidas me facilitaram muito a leitura.

Com certeza irei ler toda a série. Não gosto e procuro evitar ao máximo deixar algo inacabado. Ainda mais em se tratando de livros. E ficarei na torcida para que eles consigam me deixar apaixonada pela leitura.

E se me perguntarem se recomendo este livro ou a série? A resposta é sim. A série tem muitos fãs por este mundão afora, e o fato de um ou outro livro não me agradar muito, não deve impedir a você leitor de conferir por si mesmo.
Bjus

6 comentários:

  1. Oi, Lia!
    Eu ainda não li nada da autora, mas sei que ela é muito queridinha.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luiza, a autora é uma fofa, sempre atenciosa com os fãs e escreve muito bem.
      Bjus

      Excluir
  2. Uhn, eu também sofro do mesmo problema que o seu em relação a essa série. Mas com certeza vou ler esse livro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Roxi, pensei que era só eu... kkkk
      Mas não deixe de ler este, pode ser que você goste!
      Bjus

      Excluir
  3. Oi Lia,

    To esperando esse livro chegar da editora para ler. Ao contrário de você, tenho gostado bastante da série. De um modo geral, me prendeu e leio rápido e me divirto. Uma pena que você não esteja curtindo muito, espero que nos próximos te agrade mais. =)

    Bjs, @dnisin
    www.sejacult.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Denise, uma pena mesmo, pois adoro romances de época.
      Que bom que você está gostando.
      Bjus

      Excluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!