[RESENHA] Profundo - Robin York - Editora Arqueiro


Boa noite seus lindos!


Hoje venho trazendo pra vocês, as minhas impressões sobre os livros Profundo e Intenso, uma duologia que aborda temas controversos, atuais e que mexem com muita gente...


PROFUNDO

Ficha Técnica:
LANÇAMENTO: 11/03/2016
TÍTULO ORIGINAL: DEEPER
TRADUÇÃO: CÁSSIA ZANON
GÊNERO: FICÇÃO, ROMANCE
NÚMERO DE PÁGINAS: 320
ISBN: 9788580415179
EAN: 9788580415179
PREÇO: R$ 34.90
Sinopse:
Caroline Piasecki vê sua vida se transformar em um pesadelo quando o ex-namorado espalha fotos dela nua na internet. De uma hora para outra, sua reputação é arruinada e o futuro promissor que a aguardaria após a faculdade já não parece tão garantido. Desesperada, ela tenta fazer com que as imagens sumam da rede e, ao mesmo tempo, procura se defender da multidão de pessoas que a julgam.
Um dia, quando um cara que ela mal conhece sai em sua defesa e dá uma surra em seu ex-namorado, tudo muda. À primeira vista, West Leavitt é a última pessoa de quem Caroline deveria se aproximar – ele tem um ar sombrio e ganha a vida de forma ilícita. Ela, por sua vez, é o tipo de garota que West sempre tentou evitar. Rica e privilegiada, jamais entenderia as dificuldades pelas quais ele já passou.
Mesmo com todas as diferenças, os dois se tornam amigos. Com Caroline, West sente que fará de tudo para ser um homem melhor, e ela encontra nele a força para reagir. Quando parece impossível resistir à paixão avassaladora, West e Caroline descobrem que às vezes a única opção que resta é ir mais fundo.
LEIA UM TRECHO.


Logo que soube do lançamento deste livro fiquei mega curiosa e muito a fim de conferir, já que alem do romance o livro traz um tema sério e atual. Antes mesmo de começar a ler, participei de uma blogagem coletiva idealizada pela editora, onde tive a oportunidade de me aprofundar mais sobre o rhevenge porn(Pornô de Vingança). Um tipo de crime cibernético que tem trazido muita tristeza e dor de cabeça para quem é atingido por ele.

Assim que o livro chegou em minhas mãos, fui logo conferir. A trama é boa, o romance é bom, pois o casal tem uma ótima química, mas tive uma certa dificuldade para engrenar na história. O início foi lento pra mim. Não conseguia me sentir ligada aos personagens, e o lance de quero mas não quero entre o casal começou a ficar um pouco cansativo. As coisas só começaram a engrenar para mim, depois da metade, só daí em diante passei a apreciar melhor a história. Talvez tenha sido o meu momento, pois ao terminar gostei muito do livro.

O livro é narrado pelo ponto de vista dos dois personagens principais e gostei muito deste recurso. Nos dá uma visão melhor do todo. E nos deixa mais próximos dos dois.

West é o cara pobre cujo pai é um safado, mas que sua mãe continua aceitando de volta toda vez que ele reaparece, mesmo estando com um bom homem no momento e tendo uma filha ainda jovem que precisa muito dela. Ele conseguiu cair nas boas graças de um cara rico (do qual fez uso da esposa) que resolveu pagar por sua faculdade. Essa ajuda é tudo de que ele precisa, já que sem ela não poderia ir atrás de seu sonho de um futuro melhor. Mesmo assim ele tem outras despesas, como alimentação, vestimenta, moradia e claro a ajuda que vira e mexe tem que enviar para a mãe. Por isso além da faculdade, West está sempre trabalhando, se vira em várias frentes, inclusive numa padaria, para conseguir se manter.

Caroline é a filhinha do papai. A menina rica, que tem um juiz como pai, e sempre foi protegida por ele. Nunca teve que se esforçar por nada. Somente ao chegar a faculdade e terminar seu namoro de longa data com Nate, é que teve noção que a vida nem sempre é bela e segura. A partir daí tem que aprender a se defender, amadurecer e se esforçar para deixar os acontecimentos desastrosos de seu término para trás, caso queira seguir em frente com seus planos de uma carreira futura.

Caroline tinha seu futuro planejado, Sabia o caminho que queria seguir após a faculdade. Mas para chegar ao seu objetivo, sua tão sonhada carreira, ela tem que ter uma reputação impecável sem esqueletos no armário. Tudo estava indo exatamente como o planejado até que ela rompe com seu namorado e ele decide se vingar dela com pornografia de vingança. Para quem ainda não sabe, vingança pornografia é uma daquelas coisas horríveis que vieram junto com a internet, telefones com câmera e redes de mídia social. Eles dizem que o que sobe na internet nunca vem para baixo, ele está lá para sempre, e no caso de pornografia de vingança o que sobe é fotos ou vídeos de alguém explícitas e comprometedoras. Isso serve como um propósito para a pessoa que o pratica. Se sente vingado. No entanto, para a pessoa que é exposta, torna suas vidas um inferno. Isto é o que acontece com Caroline. Ela não pode ir a qualquer lugar, sem saber se a pessoa com quem ela está falando já tenha visto essas imagens, ela se sente ameaçada por pessoas que ela nem conhece, e ela sabe que se não conseguir apagar isto de sua vida, ela terá que planejar um novo futuro. Não poderá seguir seus sonhos.

Eu acabei entendendo que ambos precisavam um do outro e ambos sentiram coisas fortes um pelo outro, mas seus problemas os deixavam com medo e eles não queriam se envolver. Mas depois de um tempo eu só queria que eles parassem de fingir e apenas cedessem logo a seus sentimentos e que enfim eles engrenassem para que a coisa entre eles deslanchasse. Eu queria que eles assumissem logo o que sentiam e parassem de tentar se afastar, mas sei que isto foi a forma que a autora encontrou para nos mostrar toda a dor que eles traziam em si. E nos mostrar que para ficarem juntos e poderem seguir em frente, eles precisavam se abrir um com o outro. Partilhar seus segredos, angústias, e tudo aquilo que estavam sempre tentando esconder do mundo.

A melhor parte sobre este livro é ver como os personagens crescem e amadurecem gradualmente! Apesar da grande química entre Caroline e West, o amor vai surgindo e se solidificando aos poucos, de forma lenta mas firme. Eles constroem um relacionamento a partir de uma amizade. Foi interessante ver a forma como a autora foi trabalhando sua relação. A maneira como um foi ajudando ao outro, mesmo sem perceber isto.

Eu gostei muito da autora ter abordado esta questão em seu livro. É algo triste, doloroso e imperdoável em minha opinião. Muitas pessoas não sabem que isto de fato acontece, por isso é realmente muito interessante a maneira como Robin mostrou aos seus leitores os efeitos que isto pode ter. Este livro é bem trabalhado e o assunto instigante. Nos vemos torcendo para que Caroline consiga se livrar de seus temores, que consiga se sentir tranquila e segura novamente. E torcendo para que ela e West possam encontrar seu final feliz.

Também gostei dos personagens secundários que fazem com que a trama fique mais forte. Conseguem contribuir e muito para o bom andamento da história. A autora também tem a habilidade de nos envolver e nos fazer visualizar os lugares, os fatos, e até mesmo sentir os cheiros citados em seu livro. Bom demais quando a autora nos atinge assim.

Eu amei a maneira que West usou para fazer Caroline enfrentar tudo. Se ele não a tivesse empurrado e feito ela perceber que as coisas que nos acontecem nem sempre são por nossa culpa, e que a vida nem sempre é perfeita, ela provavelmente teria se acomodado, teria continuado a fingir que estava tudo bem, e nunca teria tido a coragem necessária para seguir em frente. Ao fazer isso, ela toma coragem de enfrentar seu pai, seus problemas e acaba dando forças para que West possa descobrir o que ele quer e se encontrar. A construção de seu relacionamento foi feito com perfeição. Definitivamente havia tensão sexual e quando finalmente rolou algo sobre isso ... wow!

Fiquei animada como o final e parti imediatamente para o próximo livro. Já estou na metade e estou gostando muito. Em breve terá a resenha para vocês.

Eu gostei da capa original, mas também gostei muito da capa que a Arqueiro usou. A diagramação é simples mas eficiente. Tudo de acordo a nos propiciar uma ótima leitura.

Definitivamente eu recomendo que leiam estes livros. Se vocês curtem romances, que venham acompanhado de uma trama bem montada, com um pouco de humor e muita tensão entre os protagonistas, vocês não vão se arrepender desta leitura.
Bjus


8 comentários:

  1. Também gosto muito desses livros com pitada de romance onde o casal tem que aprender a superar os próprios medos pra se permitirem serem felizes novamente, mas as vezes a autora abusa, e esse vai-não-vai parece até forçado né, dá vontade de balançar eles e dizer bola pra frente! Adorei sua resenha, bem completinha e super explicativa, tive uma boa visão da história, se tiver oportunidade com certeza irei me aventurar na leitura!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Carol.
      Eu gostei do livro, mas como você disse o início me chateou um pouco.
      Bjus

      Excluir
  2. Oi, Lia!

    Logo que esse livro (e o segundo) foram lançados eu fiquei muito curiosa. Realmente é um tema bem atual e, infelizmente, recorrente. Que bom que depois de um tempo a história passou a fluir melhor pra vc, seria uma pena se isso não acontecesse.
    Sua resenha ficou ótima e lerei assim que puder comprar o livro.

    Beijo
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi flor.
      Ainda bem mesmo. Eu estava com muitas expectativas sobre eles, e seria péssimo me decepcionar. Foi muito bom pegar o ritmo depois de um tempo.
      Obrigada pelo elogio.
      Bjus

      Excluir
  3. Oi Lia!

    Realmente essa duologia trás um tema bem forte e atual. A Irene vai começar a ler e depois vai me passar, pois já é um livro que fiquei curiosa para conferir. O fato tb dos capítulos serem alternados, mostrando o lado de um e de outro, só faz com que a história fique ainda mais interessante, pois podemos analisar o que se passa na cabeça de cada personagem. Amo livros assim! Parabéns pela excelente resenha!

    Beijos

    Vivian
    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vivian.
      Obrigada pelo elogio e pela visita.
      Tenho certeza que irá gostar.
      Bjus

      Excluir
  4. Oiii Lia, tudo bem????
    Adorei a sua resenha :)
    Também participei da blogagem coletiva e achei muito bacana a editora abordar um tema tão delicado quanto esse. Infelizmente, ele é muito atual e acontece muito. E muitas vezes, as pessoas colocam a culpa na vítima, algo que não pode nunca, acontecer :(
    Eu leria o livro pelo tema em questão, mas confesso que não gosto muito desses livros NA, então...
    Beijoooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gih.
      Obrigada pelo elogio.
      Eu já gosto e muito dos livros NA... kkkk
      Se tiver oportunidade leia, acho que pode se surpreender e acabar gostando.
      Bjus

      Excluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!