[RESENHA] Só Por Uma Noite | Mônica e Monique Sperandio | Novas Páginas


    Olá, eu sou Kênia Cândido do Blog Histórias Existem Para Serem Contadas e colaboradora do Blog Doces Letras.


Hoje eu trago a minha resenha do livro Só Por Uma Noite das autoras Mônica e Monique Sperandio e publicado pelo selo Novas Páginas da Editora Novo Conceito.


    Venha conhecer minha opinião.

. Dados Sobre o Livro:
 - Autoras: Mônica e Monique Sperandio
 - Selo: Novas Páginas
 - Editora: Novo Conceito
 - 1ª Edição
 - Ano: 2016
 - ISBN: B01MZ25NQA
 - 189 Páginas
 - Adicione no Skoob: Só Por Uma Noite
- Comprar: Amazon  
. Sinopse:
Uma noite. Quatro amigas. Muitos segredos. Uma lista.
- Ir para um cemitério no meio da noite ()
- Mudar completamente o visual ()
- Descobrir um terrível segredo sobre suas amigas ()
- Confessar que está apaixonada pelo seu melhor amigo ()
Samanta Calliari tem vivido com medo durante a sua vida toda. Por causa disso, ela tem se privado de viver intensamente. Uma prova dessas privações é a paixão secreta que Sam tem pelo seu melhor amigo, Gustavo. Só que ela não está sozinha nessa. Suas três melhores amigas, Nat, Marina e Daphne, também sentem medo. Elas irão acompanhar Samanta na noite mais reveladora de suas vidas, onde enfrentarão seus maiores medos, devido a uma lista de desafios deixada para elas cumprirem. Então o que, possivelmente, poderia dar errado na tão esperada noite das quatro amigas? Quase tudo, é claro. Declarações de amor frustradas, verdades engasgadas e loucuras em cada item da lista as aguardam nessa noite.Para sobreviver a lista de desafios e para revelar a verdade para suas amigas, Samanta vai precisar de toda a sua coragem. Mas como ela irá fazer isso se toda vez que é corajosa algo a sua volta desmorona?

Super Leve


     Com uma história super leve, Só Por Uma Noite proporcionou algumas horas agradáveis no meu momento de descanso, mas confesso que o enredo poderia ter ganhado mais algumas páginas e aprofundado mais. De qualquer forma, foi uma boa experiência literária.

     A história inicia com Samanta  do lado de fora do Mustang Sally, frente a frente com Gustavo, seu melhor amigo. Sam aproveita a bebedeira para se declarar para Gustavo que está perdidamente apaixonada por ele. Entretanto, Gustavo dá o maior fora na amiga, informando que tem uma namorada e considera Sam como uma irmã.
    Neste ponto a história começa contar sobre Sam, Vicky, Daphne, Nat e Marina, o quinteto de amigas que se conheceram no primeiro dia de aula do ensino médio e tornaram-se amigas inseparáveis.
    Acontece que Vicky é obrigada afastar das quatro amigas, mas deixa uma pequena lista de tarefas com Nat, que fica responsável por guardar a lista e revelar as tarefas que ela, Sam, Daphne e Marina precisam cumprir juntas durante uma noite inteira.
    À medida que cada item da lista é cumprido, vários segredos são revelados, Vicky sabia o segredo de cada uma delas e a lista trouxe objetivo de proporcionar uma aventura para as amigas e ao mesmo tempo tirá-las da zona de conforto.
    O livro é bem curto, narrado pelo ponto de vista da Samanta, tratando a importância da amizade, o medo que alguns jovens têm de enfrentar situações complicadas, alcoolismo  e autoconhecimento.
    No entanto a trama deixou a sensação que foi superficial, sem grandes expectativas. As autoras podiam ter  explorando mais alguns temas abordados, porque a história destacou importantes lições de vida e conseguiram transmitir mensagens bacanas para os adolescentes.
    A escrita das autoras conseguiu fluir perfeitamente, pois é ágil e apesar  da trama ser juvenil, prendeu minha atenção muito rápido nas primeiras páginas e mesmo não sendo o publico alvo para história foi tranquila de apreciar, mas creio que os leitores mais jovens irão se identificar melhor com o enredo.
    A capa combina com a história, por ser um livro digital, ele contém uma diagramação  simples, porém uma revisão muito boa.
    Enfim, recomendo que leiam e tirem suas próprias conclusões, principalmente os leitores que gostam histórias leves para relaxar ou apreciam romances sobre amizade.

“Tudo começou com uma garrafa barata de tequila. Eu não pude evitar. A culpa não foi minha, as palavras apenas saíram da minha boca como se eu as vomitasse. Ok, não foi tão fácil quanto vomitar, mas foi tão desagradável quanto. Aliás, deve ser assim com os segredos que nos deixam despertas a noite toda. Quando eles escapam pela nossa boca, a sensação de enjoo torna uma constante e nada faz com que ela vá embora."

“...O que passou na cabeça de Vicky para nos dar essa lista ridícula? O que ela esperava que os itens fizessem? Mágica? Amor? Coragem? Sinto te desapontar, amiga, mas tudo que estou conseguindo nessa noite é uma possível prissão, um castigo para o resto da minha vida e um drama que eu nunca havia imaginado ser possível por uma noite.”

“ Não importa o que digam sobre o sentimento, temos de pagar para ver. Porque é pagando para ver que a gente se confronta com nós mesmos. Com os nossos medos. É quando nos colocamos à prova que nos conhecemos. É quando tentamos alcançar o inalcançável que aprendemos.”

  . Sobre as autoras:
   Mônica e Monique Sperandio são curitibanas, leitoras, escritoras, sonhadoras e dramáticas.. São viciadas em viajar, ler, ver seriados, ouvir música e amam o verão. Os escritores favoritos das gêmeas são: Clarice Lispector, J.K. Rowling, Cornelia Funke, Meg Cabot, Libba Bray e Amy Huntley. A frase que melhor define as duas é da Clarice Lispector: “Escrevo por não ter nada a fazer no mundo: sobrei e não há lugar para mim na terra dos homens. Escrevo porque sou um desesperado e estou cansada, não suporto mais a rotina de me ser e se não fosse sempre a novidade que é escrever, eu me morreria simbolicamente todos os dias.”


  • Você já leu o livro Só Por Uma Noite?
  • Deixe seu comentário. Vou adorar lê-lo.
  • Bjos e até a próxima...


 


Kênia Candido:
Eu sou dona do blog Histórias Existem Para Serem Contadas. Mineira completamente apaixonada por livros, filmes e seriados de TV.

4 comentários:

  1. Essa história é bem a cara da Novo Conceito mesmo. E pela resenha dá pra imaginar como a premissa é superficial. Uma pena, porque a autora poderia fazer uso de sua escrita ágil pra criar algo mais profundo e instigante!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá Kênia!

    Eu adoro esse livros que abordam temas como amizade! Muitas vezes nos faz deseja viver um momento como aquele descrito no livro ou ter uma amizade igual! A obra parece boa, mas não conseguiu me ganhar tanto isso! Fico feliz que tenha sido uma experiência leve e gostosa mesmo sem todo aquele aprofundamento. Adorei a resenha.


    Beijinhos

    Resenha Atual

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Eu adoro esse tipo de livro, mais levinhos e adolescentes. É uma pena que você não tenha aproveitado tanto da estória...

    Beijos,
    Duas Livreiras / Sorteio literário

    ResponderExcluir
  4. Kênia!
    Não tive oportunidade de ler o livro ainda e pelo visto é bem tranquila a leitura, embora não tenha entendido bem qual o significado da tal lista e por que revelar os segredos escondidos?

    Desejo uma semana repleta de realizações!
    “O saber é saber que nada se sabe. Este é a definição do verdadeiro conhecimento.” (Confúcio)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!