[DIVULGAÇÃO] O Voo da Vespa - Ken Follett - Editora Arqueiro



     Olá, eu sou Kênia Cândido do Blog Histórias Existem Para Serem Contadas e colaboradora do Blog Doces Letras.




Hoje eu trago para vocês como dica de leitura, O Voo da Vespa escrito pelo Ken Follett  que foi lançamento da Editora Arqueiro no mês de Junho.
      Em junho de 1941, a Dinamarca está sob ocupação das tropas de Hitler. Na costa dinamarquesa, dois irmãos, os jovens Harald e Arne Olufsen, lutam contra as rígidas regras impostas por seus pais. Enquanto isso, uma rede de espiões do MI6, o serviço secreto britânico, tenta decifrar um sinal de rádio da Luftwaffe que menciona um novo equipamento de radar.
    A ligação de Arne com Hermia Mount, uma funcionária do MI6, faz com que ele tome parte na Resistência dinamarquesa, colocando-o sob a vigilância das forças de segurança do país – e de um homem em particular que tem um motivo pessoal para desejar sua ruína.
    É apenas uma questão de tempo até a trajetória dos dois irmãos convergir em uma operação de vida ou morte para vencer os nazistas. 


Lançamento: 01/06/2017
Título original: Hornet flight
Tradução: Haroldo Netto
Formato: 16 x 23 cm
Número de Páginas: 416
Peso: 0.56 kg
Acabamento: brochura
ISBN: 9788580417098
EAN: 9788580417098
Preço: R$ 44.90
Freya é o nome da deusa nórdica do amor. Também é ocodinome da mais recente invenção nazista, de acordo com uma mensagem interceptada pelas forças aliadas. A inteligência britânica desconfia que é graças a ela que os alemães estão conseguindo abater os bombardeiros ingleses a uma velocidade tão alarmante.
Hermia Mount, uma analista do MI6, é recrutada para ajudar a descobrir qual é essa nova arma. Tendo morado a vida inteira na Dinamarca, ela possui contatos valiosos que poderão auxiliá-la em sua missão.

      Do outro lado do mar do Norte, numa ilha dinamarquesa ocupada pelos alemães, o estudante Harald Olufsen descobre uma instalação estranha dentro da base militar nazista. Ele não sabe o que é, mas não se parece com nada que já tenha visto, e ele precisa contar para alguém.
     Em Copenhague, o detetive Peter Flemming colabora com os alemães para desvendar quem está repassando informações de dentro do país nórdico para os aliados britânicos.
Numa Europa praticamente dominada pela Alemanha, a vida dessas três pessoas se entrelaça de forma irreversível, e quando um decrépito avião bimotor se transforma no único meio de fazer a verdade chegar até as forças aliadas, o destino delas poderá mudar o rumo da guerra – e da história.



   . Sobre o Autor:



    Ken Follett irrompeu no cenário da literatura aos 27 anos, com O buraco da agulha, thriller premiado que chegou ao topo das listas de mais vendidos em vários países. Depois de outros sucessos do gênero, surpreendeu a todos com Os pilares da terra, um romance sobre a construção de uma catedral na Idade Média que até hoje, mais de 20 anos após seu lançamento, continua encantando o público mundo afora. Pela Arqueiro, publicou também a trilogia “O Século”, além de Um lugar chamado liberdade e As espiãs do Dia D. Suas obras já venderam mais de 150 milhões de exemplares no mundo. O autor vive na Inglaterra com a mulher, Barbara Follett.

    . Gostaram da divulgação?
    . Então antes de ir embora, deixa seu comentário. Vamos adorar lê-lo.
    . Bjos e até a próxima...


Kênia Candido:
Eu sou dona do blog Histórias Existem Para Serem Contadas. Mineira completamente apaixonada por livros, filmes e seriados de TV.

5 comentários:

  1. Tenho muita vontade de ler algo do autor, mas ainda não tive a chance. Esse livro já chama a atenção pela capa, que eu achei linda. Vou anotar a dica!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suelen.
      Também quero conferir o trabalho dele. A capa ficou linda mesmo.
      Bjus

      Excluir
  2. Oi
    parece ser um ótimo livro, eu tenho três do autor falta terminar de ler um e são muito bons.
    Pena que os livros dele são carinhos.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Denise.
      Eu ainda não li nada dele. Preciso remediar isto.
      Bjus

      Excluir
  3. Olá!
    Quero muito ler. Terminei essa semana A Chave de Rebecca. Não é o melhor do Follet, mas ainda assim é muito bom.
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas

    ResponderExcluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!