[LANÇAMENTO] A Cor das Almas - Neide Barth Rosenscheg - Editora Autografia



     Olá, eu sou Kênia Cândido do Blog Histórias Existem Para Serem Contadas e colaboradora do Blog Doces Letras.
     Conheça A Cor das  Almas da autora Neide Barth Rosenscheng que a Editora Autografia está lançando.
     Venha conferir:



      A região norte de Santa Catarina é o cenário do romance A Cor das Almas, que conta a história de um amor proibido, nos tempos em que o preconceito racial era forte e motivo de desavenças. A autora Neide Barth Rosenscheng faz um passeio pela história, com o intuito de levar o leitor para o seu íntimo, fazendo-o revelar o próprio sentimento por intermédio dos personagens do livro.

           

De Neide Barth Rosenscheg
Editora Autografia
Romance
ISBN 978-85-518-0331-8
338 páginas







     Independente da raça ou cor da pele, todos trazem cores dentro de si. Foi o que a autora quis dizer ao dar o título à obra. Para ela, o racismo diz respeito apenas à cor da pele, ao exterior, e a cor verdadeira está no interior da alma. Embarque nesta história e se depare com uma bela narrativa. 



     . Sobre a autora:

      Filha de lavradores rurais, natural de Porto União, em Santa Catarina, Neide Barth Rosenscheg sempre gostou de escrever. Graduada em Letras Português/Inglês, fez especialização em Literatura brasileira e escreve desde criança, quando se interessou em fazer livros infantis. Já na juventude, escreveu romances manuscritos. Também é autora do livro "Vidas de Vidro".

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    Gostaram do  lançamento?
    Então antes de ir embora, deixa seu comentário. Vamos adorar lê-lo.
    Bjos e até a próxima...



Um comentário:

  1. Oi Kênia, gostei da sinopse tem um ambientação diferente do que costume ler, parece bem bacana!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!