[RESENHA] Bem Atrás de Você - Lisa Gardner - Editora Gutenberg


Ola!
Chegando nova resenha para vocês!

Sinopse:Após uma tragédia que o separou por oito anos de sua irmã mais nova, Sharlah, o jovem Telly ressurge como o principal suspeito de uma onda de assassinatos.Só uma pessoa é capaz de desenhar o perfil do criminoso: o hábil ex-agente do FBI Pierce Quincy, que é convocado para colaborar no caso. Mas seu envolvimento como pai adotivo de Sharlah pode obscurecer sua linha de raciocínio ou levá-lo para um emaranhado de pistas desconexas, mostrando que o caso pode ir muito além do que parece ser.
Ficha Técnica:
Quincy & Rainie # 7 | Lisa Gardner
ISBN-13: 9788582354964 | ISBN-10: 8582354967
Ano: 2018 / Páginas: 352 | Idioma: português 

Já fazem muitos anos que não lia nada desta autora. Na verdade que eu me lembre meu ultimo contato com sua escrita foi com o livro Viva para Contar de 2012 e confesso que lembro pouco da história. Por este motivo eu me joguei nesta leitura sem nenhuma expectativa e me vi completamente absorvida e envolvida por ela. Essa história, com seus personagens fascinantes e um enredo emocionante e com reviravoltas inesperadas é um livro muito bom. Eu tinha dificuldade para largar o livro e fazer minhas tarefas, e isso não é sempre que acontece. Eu também dei uma pesquisada no site da autora e descobri que este livro faz parte de uma longa série, mas que pode ser lido separadamente sem nenhum problema, então me joguei na leitura, e digo a vocês que podem fazer o mesmo, que não terão nenhum problema quanto a isso. 


Como podem ler na sinopse, Sharlah tinha apenas 5 anos quando viu seu pai matar sua mãe e seu irmão matar seu pai em defesa dos dois. Isso é algo apavorante, traumático e que com toda certeza vai acompanhar esses irmãos por toda a trajetória de suas vidas.  

Ela teve a sorte de ser adotada por um bom casal, que dão o seu melhor para sua criação. Seus pais adotivos são altamente qualificados e sempre foram dedicados às suas carreiras. Pierce é um oficial aposentado do FBI e Rainie é uma policial. Ambos sempre tiveram a curiosidade de saber o que teria sido feito de Telly, o irmão de Sharlah, já que eles foram separados depois da morte dos pais, e sempre procuraram proteger Sharlah de seu passado. Os dois são consultores policiais agora, trabalhando na pequena vila de Bakersville, Orgeon e sua vida gira principalmente em torno de Sharlah e seu pastor alemão, Luka. Até que alguns disparos matutinos aconteçam na estação de gás fora da cidade e comece para eles um novo trabalho. Dois crimes, um mesmo assassino e todas as suspeitas recaem justamente no irmão de Sharlah, Telly.

Telly teve uma infância brutal; as circunstâncias horríveis em que ele foi criado o obrigaram a cuidar basicamente de si e de sua irmãzinha. O pai era abusivo e a mãe não era melhor, eles só se importavam com a próxima refeição ou bebida. Eu me senti muito afetada por sua história e eu desejei que houvesse justiça para ele e sua irmã. Depois de tantos anos vivendo sem um lar, aos dezessete anos, Telly foi adotado por um maravilhoso casal mais velho e ele se vê tentando aprender a ser um adulto e tomar boas decisões, mesmo que ele sinta em seu íntimo, que nunca poderia ser melhor.

São várias coisas acontecendo nesta história; o FBI tentando resolver o caso do assassinato, o rastreador que se ofereceu para rastrear o assassino na floresta e depois temos a relação dos criadores de perfil com a Sharlah. Nós também vemos a batalha interna de Telly tentando fazer o que ele acha que é melhor e o processo de cura de Sharlah para se sentir normal. Eu passei por várias emoções e sentimentos enquanto lia este livro: raiva, impotência, surpresa, tristeza e outros e eu aproveitei cada momento disso. 

Nos capítulos iniciais, fica claro que as coisas não são como parecem. Algo sobre o crime parece fora de ordem desde o começo e o leitor sabe que muito mais tem que ser revelado para que tenhamos qualquer noção do que realmente está acontecendo. E é aí que começa a virada compulsiva de página - logo no início, e não termina até que tenhamos a peça final do quebra-cabeça confuso e alucinante.


De uma forma totalmente envolvente a autora vai nos enredando e no levando em meio aos acontecimentos e desdobramentos por um enredo completamente impactante. Nada é realmente o que parece. Nada é preto ou branco, há muitas nuances entre eles. E principalmente, ter o mesmo sangue de alguém, nem sempre significa que as relações serão mais fáceis. 

Eu não vou contar muito do enredo, porque acho que são os fatos que vão surgindo, as cenas que vão se desenrolando, o mistério, que faz essa história ser tão boa, e eu não quero tirar isto de vocês, dando algum spoiler. Por isso o que posso dizer é... LEIA!!! Se você curte livros de suspense, com muita adrenalina, reviravoltas tensas e uma história muito bem escrita, esse livro é uma ótima pedida!
Bjus


Lia Christo:
Carioca da gema, romântica incurável, leitora compulsiva, perseguidora de sonhos, e louca pela vida!

Um comentário:

  1. Olá, Lia!
    Eu li e resenhei esse livro para o blog do qual faço parte no mês passado, e tenho que dizer que foi um dos melhores livros que li em toda a minha vida. O enredo é eletrizante e realmente não dá vontade de parar de ler até chegar à última página.
    Amei a escrita envolvente da autora, e quero muito ler os livros da série.
    Como sempre você escreve muito bem e desperta a nossa curiosidade para o livro.
    Beijos!

    ResponderExcluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!