[LANÇAMENTO] Viver Bem é a Melhor Vingança – Calvin Tomkins


  Olá pessoal! Tudo bem?
  Desta vez eu quero compartilhar com vocês um lançamento que retrata a vida em Paris  durante os vibrantes anos de 1920: Viver bem é a melhor vingança é protagonizado por um casal de americanos expatriado na França, que se encontra rodeado de artistas e escritores que transformaram  uma geração.



Título: Viver bem é a melhor vingança
Título original: Living well is the best revenge
Autor: Calvin Tomkins
Tradução: Beatriz Horta  
 Páginas: 128
Formato: 14 x 21 cm
Acabamento: Brochura
ISBN: 9788551300107
Área temática: Literatura Estrangeira
Autêntica Editora
Edição: 3
Nas palavras do jornalista Sérgio Augusto, Calvin Tomkins escreveu “a mais enxuta e gratificante crônica sobre a Paris da Geração Perdida e seu mais glamoroso casal de expatriados, Gerald e Sara Murphy”. Os Murphys chegaram à França após a Primeira Guerra Mundial, época em que uma leva de artistas e intelectuais americanos foram se estabelecer às margens do Sena. O casal vivia cercado de pintores, músicos e escritores. Fitzgerald, seu hóspede mais assíduo, inspirou-se em Gerald e Sara para compor os protagonistas de Suave é a noite. Além dele e de Zelda, as reuniões dos Murphys tinham Cole Porter, Hemingway, Picasso, Léger, Gertrude Stein, Cocteau e Satie entre seus habitués. Ilustrado com fotos do álbum de família dos Murphys, além de uma seleção especial dos quadros pintados por Gerald Murphy, Viver bem é a melhor vingança é uma bela e evocativa memória dos anos loucos em Paris, que transformaram uma geração.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Gostaram da dica? Têm interesse em ler? Conta pra gente!

Kênia Candido:
Eu sou dona do blog Histórias Existem Para Serem Contadas. Mineira completamente apaixonada por livros, filmes e seriados de TV.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!