[RESENHA] Favores Vulgares - Maureen Orth - Editora Vestígio


  Olá pessoal! Tudo bem?
  Hoje eu trago para vocês a minha opinião sobre o livro Favores Vulgares: A História Real do Homem que Matou Gianni Versace, escrito pela Maureen Orth e publicado pela Editora Vestígio.


. Título: Favores Vulgares: A História Real do Homem que Matou Gianni Versace
. Título Original: Vulgar Favors: The Hunt for Andrew  Cunanan, The Man Who Kiled Gianni Versace
. Autora: Maureen Orth
. Editora: Vestígio
. Ano: 2018
. 1ª Edição
. 448 Páginas
. ISBN: 978-85-54126-19-3
. Sinopse: A história real da caçada que inspirou American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace, a segunda temporada da aclamada série do canal FX. Em 15 de julho de 1997, Gianni Versace foi morto a tiros nos degraus da entrada de sua mansão em Miami Beach pelo serial killer Andrew Cunanan. Mas, meses antes do assassinato de Versace, a premiada jornalista Maureen Orth já vinha investigando a história de Cunanan para a revista Vanity Fair. Escrito a partir de uma seleção de entrevistas com mais de 400 pessoas e insights obtidos de milhares de páginas de relatórios policiais, Favores vulgares conta a história completa de Andrew Cunanan, suas vítimas inadvertidas e o mundo opulento em que elas viveram… e morreram. Orth revela como Cunanan conheceu Versace e a razão pela qual a polícia e o FBI falharam repetidamente em capturá-lo. Esta é uma odisseia impossível de largar, que atravessa os Estados Unidos desde a rica comunidade gay da Califórnia aos modestos lares do Meio-Oeste, onde famílias se condoíam pela perda de seus filhos, chegando a uma decadente South Beach, na Flórida. Favores vulgares é ao mesmo tempo uma obra-prima do jornalismo investigativo e um fascinante relato sobre um sociopata, seus crimes e os mistérios que ele deixou para trás.
Cortesia da Editora Vestígio.

Leitura Incrível!

   Sempre tive curiosidade de conhecer histórias que causam grandes impactos e oferece um choque na minha mente. Ler o livro Favores Vulgares foi completamente excelente. Tudo parecia ser um roteiro de filme policial, no entanto cada fato foi verdadeiro.

   A história contém vários elementos de um thriller emocionante, por isso o livro que  inspirou a segunda temporada de American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace trouxe a vida de Andrew Cunanan de forma interessante. Acompanhei cada episódio da série, mas confesso que a versão literária foi impossível de largar pelas revelações investigativas e aprofundando ainda mais sobre todos os crimes de  Andrew.

    No mês de Julho de 1997, Andrew Cunanan estava prestes a se tornar o alvo de uma  das maiores caçadas na história do FBI. Ele havia matado pelo menos cinco pessoas, incluindo um dos maiores estilistas da ocasião, Gianni Versace. 

     Antes de matar o estilista, Andrew matou o oficial da marinha Jeffrey Trail, depois o arquiteto David Madson. Em seguida matou o corretor imobiliário Lee Miglin e a quarta vítima foi o zelador William Reese. Finalizando com Gianni Versace.

     A repercussão de seus crimes ganhou destaque após a morte de Versace e dias depois, Andrew tirou a própria vida dentro de uma casa barco em Miami Beach. Através dos relatos, a jornalista Maureen Orth começa o livro informando que Andrew estava na mira dos policiais antes da morte de Versace, contudo a investigação tinha algumas coisas negligenciadas.

     Na época Maureen já estava recolhendo informações para criar uma matéria jornalista na revista Vanity Fair quando recebeu a notícia da morte do Gianni Versace. A partir deste ponto, o livro mostrou a vida de Andrew Cunanan, o quarto filho do casal Modesto Cunanan e MaryAnn Cunanan. Proporcionando uma biografia completa do Serial Killer e suas vítimas.

     Para ler Favores Vulgares é fundamental para o leitor ter em mente que este livro foi publicado originalmente nos Estados Unidos em 1999. Confesso que após anos, Favores Vulgares ainda conseguiu oferecer  uma leitura valiosa. Porque trouxe alguns contextos da época e a importância que representava  naquele período. Apresentou os detalhes da infância e adolescência de Andrew quando mentia para conquistar as coisas que desejava. Conforme os anos foram passando, Andrew fantasiava uma imagem completamente diferente da sua realidade, conseguia camuflar  por trás de palavras bonitas e boa aparência para conquistar seus objetivos. Caminho perigoso que o transformou no serial killer mais procurado na lista do FBI.

    A negação sobre a homossexualidade, o mau comportamento e a falta de controle de Andrew, oferece ao leitor trechos bem chocantes. Além da criminalidade, Maureen Orth também mencionou assuntos sobre drogas, homossexualidade, prostituição e comunidade LGBT. Embora possa ser um livro bem construído não é uma leitura adequada para qualquer leitor, especialmente para leitores pré-adolescentes.      

   A diagramação está excelente nas folhas do papel pólen, achei a fonte um pouco menor do que estou acostumada a ler, contudo a narrativa desenvolve bastante. Acho a capa sensacional, mostrando a frente da mansão de Gianni Versace. Por isso preciso dar os parabéns para a Editora Vestígio porque todos os detalhes estão combinado com a edição.

  Enfim, se você é leitor de romances investigativos, tem curiosidade sobre o assassino de Versace ou gosta de ler histórias de crimes reais, Favores Vulgares é uma obra fascinante. Vale a pena demais, pois vai encontrar uma mistura de biografia com relatos jornalísticos.
“A obsessão com a história de Cunanan surpreendeu até mesmo repórteres veteranos no ramo do tablóide.” 
( pág. 377 )

Sobre a Autora:

Maureen Orth - Começou sua premiada carreira como uma das primeiras mulheres na redação da revista Newsweek. Posteriormente, atuando como correspondente especial para a Vanity Fair, ela traçou o perfil de grandes nomes internacionais, desde Margaret Thatcher e Angela Merkel à cantora pop Taylor Swift. Seu abrangente trabalho inclui não apenas a investigação do serial killer Andrew Cunanan e de padres envolvidos com pedofilia, mas também uma matéria de capa best-seller para a National Geographic sobre a Virgem Maria.


   Você já leu Favores Vulgares?
   

Kênia Candido:
Eu sou dona do blog Histórias Existem Para Serem Contadas. Mineira completamente apaixonada por livros, filmes e seriados de TV.

14 comentários:

  1. Oi Kênia!
    Particularmente eu gosto desse tipo de livro. Histórias reais me fascinam, mesmo as trágicas.
    Não conhecia esse. Vou dar uma olhadinha nele pois chamou minha atenção.
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor
    Descontos nos presentinhos de Natal!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Priscila.
      Espero que tenha a oportunidade de ler e que seja uma leitura proveitosa.
      Bjus

      Excluir
  2. Oi Kênia, Oi Lia,
    Eu assisti essa temporada da série e adorei.
    Achei bacana que abordaram as outras vítimas, que sinceramente poderiam ter passado despercebidas se o caso não envolvesse o Gianne.
    Fiquei bem curiosa pra ler o livro.

    até mais,
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nana.
      Eu não assisti a série, mas pelos comentários da Kênia foi muito boa.
      Espero que leia.
      Bjus

      Excluir
  3. Olá Kênia, tudo bem?

    Não conhecia esse livro, gosto demais do gênero e fiquei super curioso, dica mais do que anotada, parabéns pela resenha....bjs.


    https://devoradordeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marco.
      Espero que consiga conferir e que goste da leitura. A resenha da Kênia ficou ótima mesmo. Abraço.

      Excluir
  4. Olá, Kênia!

    Amei ler um pouquinho sobre suas impressões do livro "Favores vulgares", já que livros com temas assim chamam bastante a minha atenção. Sua resenha despertou um grande interesse e uma enorme vontade de ler logo esse livro.

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kaline.
      Mais uma vez obrigada por nos prestigiar. Fico feliz que tenha gostado da resenha e se tiver a oportunidade de ler, espero que aprecie a leitura.
      Bjus

      Excluir
  5. Oi Kênia, tudo bem?
    Ainda não conhecia, parece ser interessante, valeu pela dica
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  6. Oie!
    Não conhecia esse livro e nem a história do Gianni Versace, estou um pouco chocada haha Adorei a dica desse livro, eu gosto de histórias que envolvem Serial Killer, sou fascinada pela mente deles. Já coloquei esse livro na minha lista.
    Beijos
    Our Constellations

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana.
      Se der uma pesquisada vai ver o quanto Gianni foi importante na indústria da moda em sua época e seu assassinato foi mesmo brutal. Espero que consiga conferir o livro.
      Bjus

      Excluir
  7. Sei que vai parecer bobagem, mas para mim um erro da edição foi não contar com nenhuma galeria de fotos. Considero que seria essencial para completar a experiência da leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Riba.
      Quem leu foi a Kênia, mas entendo seu ponto de vista. Ainda mais que ele era alguém ligado a moda, algo que demanda muitas fotos.
      Abraço.

      Excluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!