Resenha - Um Mundo Brilhante - Novo Conceito

Olá meus leitores, uma ótima noite de sábado pra vocês.
E pra ficar melhor ainda venho postar pra vocês minha resenha do livro Um Mundo Brilhante, da editora parceira Novo Conceito. Espero que gostem e que deixem muitos comentários...



Titulo: Um Mundo Brilhante
Autora: T. Greenwood
Editora: Novo Conceito
Área Principal: Ficção
Assuntos: Romance
Ano: 2012
Edição: 1
Número de páginas: 336 
ISBN: 9788563219411
Preço Sugerido: R$ 29.90


Sinopse - 


Quando o professor Ben Bailey sai de casa para pegar o jornal e apreciar a primeira neve do ano, ele encontra um jovem caído e testemunha os últimos instantes de sua vida. Ao conhecer a irmã do rapaz, Ben se convence de que ele foi vítima de um crime de ódio e se propõe a ajudá-la a provar que se tratou de um assassinato.

Sem perceber, Ben inicia uma jornada que o leva a descobrir quem realmente é, e o que deseja da vida. Seu futuro, cuidadosamente traçado, torna-se incerto, pois ele passa a questionar tudo à sua volta, desde o emprego como professor de História, até o relacionamento com sua noiva. Quando a conheceu, Ben tinha ficado impressionado com seu otimismo e sua autoconfiança. Com o tempo, porém, ela apenas reforçava nele a sensação de solidão que o fazia relembrar sua infância problemática.

Essa procura pelas respostas o deixará dividido entre a responsabilidade e a felicidade, entre seu futuro há muito planejado e as escolhas que podem libertá-lo da delicada teia de mentiras que ele construiu. 

Esta, enfim, é uma história fascinante sobre o que devemos às pessoas, o que devemos a nós mesmos e o preço das decisões que tomamos.



Para saber mais sobre o livro visite.


Sobre a autora: 




Tammy é autora de seis romances e tem um sétimo romance nas obras com Kensington . Recebeu vários prêmios e verbas para se dedicar à literatura, incluindo a Verba Nacional para a Literatura e as Artes e uma concessão do Conselho Artístico do estado de Maryland. A autora mora em San Diego, na Califórnia, com seu marido e suas duas filhas, onde dá aulas de redação criativa, estuda fotografia e continua a escrever.


Para saber mais sobre a autora visite o site.



Resenha - Por: Lia Christo


ESTE MUNDO BRILHANTE - é uma história essencialmente de amor e perda, um conto dos eventos que cercam um 
caso de um homem que está fora de controle e se amarra circunstancialmente em um crime de ódio. Flagstaff é uma típica cidade universitária onde esses crimes acontecem por muitas vezes em toda a América, e o livro não é simplesmente sobre a violência e a conseqüência dela, a divisão entre raça e economia. É um livro que 

concentra-se em complicadas relações pessoais mais do que na brutalidade física, ilustrando pungentemente a psique maltratada de um casal batalhador que está apenas começando e só quer ser amado em um sentido real, todos os dias.

T. Greenwood é uma autora excepcional, que sabe como criar pessoas completas. Seus personagens estão vivos, e as suas mentalidades variadas são assustadoramente claras, especialmente em como é fácil e natural para casais que parecem ser próximos  e ainda assim são capazes de causar dor contínua e irreparável, um ao outro. De alguma forma eles são infelizes, sem saber do impacto de suas escolhas, tornando a história impactante e de grande interesse  para os leitores que normalmente não gostam de drama e ficção.

Há muito a considerar nesta história fascinante sobre como vemos a nós mesmos e vemos os nossos relacionamentos, sobre como as pessoas lá fora, parecem esforçar-se e ainda optar por ficar com os entes queridos com quem eles não têm praticamente nada em comum. O livro mostra aos leitores artisticamente como essas dinâmicas estranhas e poderosas podem se espalhar em uma escala maior e afetar as atitudes sociais. Nos piores casos, eles podem até mesmo abastecer crimes de ódio.

Ben Bailey é o protagonista aqui, um homem inteligente e complicado, um bom professor que tem trabalhado arduamente para subir a escada, mas não aprecia o seu trabalho. Ele tem alguns esqueletos no seu armário, depois de ter enterrado seu passado o melhor que pôde e não contar a sua namorada de longa data sobre as tragédias que se abateram sobre ele e que o definiram. Esses traumas o marcaram, e ainda assim ele prefere esquecer e deixar as lembranças para trás. Ele sabe por experiência que a vida é cheia de duras batalhas, mas, inexplicavelmente, escolheu uma menina que nunca conheceu uma única dificuldade em toda a sua vida. No começo, isso foi o que o levou para ela, a idéia de que ela era feliz e inteira. No final, a admiração passou, e sua relutância em se comprometer se tornou sua grande decepção.

Ben Bailey está em uma encruzilhada. Ele pode ou não ser apaixonado por sua namorada ao vivo em Sara. Ele leciona história na Northern Arizona University. A única coisa que ele realmente sabe com certeza é que ele ama o modo como as tempestades de neve cobrem Flagstaff em um instante, cobrindo tudo com o nada, doce inegável que ele almeja para sua própria vida. O mistério do assassinato no centro deste romance é atraente por sua brutalidade. Mesmo enquanto os detalhes não são ainda conhecidos, o final é dolorosamente fácil de imaginar. Ben reencontra seu coração e seu senso de justiça para tentar resolver o crime, mas sua atração instantânea para Shadi Ricky a irmã mais velha complica as coisas intensamente.O estranho é que Ben sabe que ele uma vez foi verdadeiramente apaixonado por Sara. No entanto, suas incertezas não mudaram com o tempo em que estão juntos, e os dois desenvolveram um relacionamento amargo. O segredo, vira um problema, e o casal uma vez feliz, começa a ressentir-se mais e mais a cada dia.

Um jovem índio americano chamado Ricky Begay entra em cena neste momento, um adolescente que aparentemente só foi abandonado na rua a sangrar em frente a casa de Ben. Ben o encontra deitado em seu próprio sangue, ainda imaturo e jovem, novo e inocente, aparentemente apenas no lugar errado e na hora errada. Uma vez que Ben encontra o menino ferido mortalmente e chama 911, ele se sente obrigado a visitá-lo no hospital e inicia o ciclo de mentir a Sara sobre onde ele vai. Mas quando Ricky sobrevive apenas algumas horas, Ben é assombrado por visões de violência e a idéia de que alguém poderia odiar um inocente tão profundamente. Parece que Ben é o único que realmente se importa com o que aconteceu com um índio americano que por algum motivo, saiu sozinho, e não pôde se defender.

Se os leitores são defensores da idéia de que "o amor é para sempre", ao mesmo tempo que aumenta e diminui ao longo dos anos, ou se você acredita que o oposto é verdadeiro --- que o verdadeiro amor nem sempre resisti, mas muitas vezes vai e vem de forma relativamente rápida , logo desaparecendo a partir de um estado positivo para com a miséria perpétua --- Um Mundo Brilhante é um livro que vai interessar a leitores de todos os tipos. O relacionamento principal não parece se encaixar perfeitamente em nenhuma destas duas descrições, e ainda assim não é de alguma forma apresentado como o certo e errado --- um tópico que os leitores se sentirão compelidos a pensar em profundidade. Esta é uma leitura rara e inteligente, que às vezes é tão alegre, e às vezes, é triste, contemplativa e cruel, tanto sobre o perdão e a responsabilidade, como sobre o ódio.

Abaixo um book trailer :


Eu recomendo o livro, e espero que voltem aqui para me contarem o que acharam da história, bjus

9 comentários:

  1. Nossa amei a resenha tá bem completa vc não falou nada spoiler a história parece ser legal entrou para lista concerteza!

    ResponderExcluir
  2. aeee,consegui comentar....

    Adorei a resenha,muito boa.....


    to meio sumida né,mas vou comparecer mais... bjsssss

    www.apaixonadasporlivros.com.br

    ResponderExcluir
  3. A resenha sem spoiler \o/ 
    Amei amei...
    beijokas...

    ResponderExcluir
  4. ALERTA!
    A PARCERIA BLOGUEIRAS UNIDAS ESTÁ FAZENDO UM RECADASTRAMENTO. AGUARDAMOS SUA VISITA AO BLOG DA LISTA DE DIVULGAÇÃO PARA CONFIRMAR SEU LINK E REFAZER SUA INSCRIÇÃO PARA 2012.
    http://listadedivulgacaoblogueirasunidas.blogspot.com/
    O PRAZO É ATÉ O FINAL DE MARÇO.
    OBRIGADA !
    EQUIPE DE AJUDA BLOGUEIRAS UNIDAS.
    ********************

    ResponderExcluir
  5. Obrigado Ana, muito bom receber sua visita.

    ResponderExcluir
  6. Pois é, não é Dona Bianca??? Kkkkkkkkkk
    Obrigado pela visita, bjus

    ResponderExcluir
  7. Oi Juliana, obrigado pela visita, bjus

    ResponderExcluir
  8. Amei a resenha, pensar em como vivenciar uma cena tão chocante quanto essa pode mudar nossa perspectiva de vida é fascinante..

    ResponderExcluir
  9. É por aí mesmo Jéssica. Pensar que um fato isolado e diferente pode mudar toda a nossa vida! Obrigado pela visita, bjus

    ResponderExcluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!