Resenha - A Cabana - Editora Arqueiro


Boa tarde meus leitores,
Muito frio por aí?
Aqui no Rio de Janeiro, está chovendo sem parar e um friozinho de arrepiar...
Mas, vamos aquecer esta tarde com a resenha do livro A Cabana de William P. Young.


Título: A Cabana

Editora: Arqueiro
Tradução: Alves Calado
Lançamento: 07/08/2008
Páginas: 240
ISBN: 9788599296363
Preço: R$ 24,90


Sinopse -


A filha mais nova de Mackenzie Allen Philip foi raptada durante as férias em família e há evidências de que ela foi brutalmente assassinada e abandonada numa cabana. Quatro anos mais tarde, Mack recebe... leia mais uma nota suspeita, aparentemente vinda de Deus, convidando-o para voltar àquela cabana para passar o fim de semana. Ignorando alertas de que poderia ser uma cilada, ele segue numa tarde de inverno e volta a cenário de seu pior pesadelo. O que encontra lá muda sua vida para sempre. Num mundo em que religião parece tornar-se irrelevante, "A Cabana" invoca a pergunta: "Se Deus é tão poderoso e tão cheio de amor, por que não faz nada para amenizar a dor e o sofrimento do mundo?" As respostas encontradas por Mack surpreenderão você e, provavelmente, o transformarão tanto quanto ele.

Para mais informações sobre o livro: Editora Arqueiro - Skoob - Facebook 

A Capa do Livro nos EUA!

Abaixo um book trailer do livro que achei no Youtube e achei bem interessante:


Um pouco sobre o autor:


William P. Young nasceu em Alberta, no Canadá, mas passou grande parte de sua infância em Papua Nova Guiné, junto com seus pais missionários em uma comunidade tribal. Ele pagou seus estudos religiosos trabalhando como DJ, salva-vidas e diversos outros empregos temporários. Formou-se em Religião em Oregon, nos Estados Unidos.

Para saber mais do autor: Site - Twitter @wpy2009 -  Facebook

Resenha - Por: Bruno Christo



A Cabana

A Cabana de William P. Young se tornou um fenômeno. Este livro - foi originalmente escrito por Young para seus filhos - foi igualmente rejeitado pelas editoras mais conhecidas e por editores cristãos. Young e seus amigos começaram então a sua própria editora para produzi-lo, e agora há mais de um milhão de cópias impressas e já liderou as paradas dos best-sellers por semanas.
A Cabana não tem profundidade de caráter surpreendente, e o diálogo, às vezes parece forçado, mas é um livro instigante que vale a pena ler como um início do que pensar sobre o sofrimento e o papel de Deus no mundo.

O livro conta a história de um homem chamado Mackenzie Allen Philip, um homem comum, que vive bem com sua família, até que em uma viagem sua filha mais nova é sequestrada misteriosamente, e as únicas coisas encontradas são um broche e o vestido da menina. Quatro anos depois, nada mudou no caso, e o corpo da menina continua desaparecido, é então que Mack, recebe um bilhete, supostamente de Deus, o convidando para ir até o lugar que mais lhe causa dor, a cabana onde foi encontrado o vestido de sua filha.

O livro A Cabana mergulha em algumas das maiores questões da vida, é fácil de ler e fornece uma maneira artística para compreender as verdades cristãs.

O que não apreciei no livro é que o diálogo é forçado em algumas partes e existem alguns buracos teológicos.

Confesso que este livro não é do meu tema habitual de leitura, porém dá muito no que pensar. A questão principal é "Se Deus é o todo poderoso, porque então não impede que tragédias aconteçam a pessoas boas ? Muitas das respostas encontradas por Mack, poderão ser respostas para você mesmo.
Durante a leitura, eu entendi o seu apelo - estas são as mesmas perguntas que eu tenho no meu coração, e são colocadas no livro de uma maneira muito reconfortante.

Por que é A Cabana é tão popular? É realmente um livro que se deve ler?
Para a primeira pergunta, só posso dizer que acho que A Cabana é um livro que mexe com as emoções das pessoas, e que muitos de nós já vivemos situações, onde nos questionamos em relação a Deus!
E para asegunda pergunta, o que posso dizer é que se você ler A Cabana no momento certo, ele tem o poder de mudar sua vida. Eu sei que eu ainda estou pensando sobre isso, e eu percebi questionamentos suficientes a partir do livro para recomendá-lo aos outros.

Espero que tenham gostado e que deixem aqui seus comentários... Bjus doces...


5 comentários:

  1. Ótima resenha,o que vc expressou é como eu senti o livro,não é meu tipo de leitura habitual,mas realmente deixa muitos questionamentos.Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom saber a sua opinião Lia!
    Eu dei este livro de presente a minha irmã, mas nunca tive interesse nela, sei lá, o livros que abordam religião nunca me atraem. De acordo com a minha irma é um bom livro, ela leu bem rápido, o que raramente acontece,e ate agora ela não conseguiu explicar o livro direito pra mim, ela diz que não acha palavras...
    E com a sua resenha tive como saber mais sobre o livro... E talvez eu dê uma chance a ele...

    Obrigada pela resenha! ^^

    Bjo sua linda!
    Adoro-te! 

    Luh Figueiredos
    Biblioteca da Luh

    ResponderExcluir
  3. Luh sua linda... Obrigado pela visita. Olha eu ainda não li este livro. A resenha é do meu filho Bruno Christo. Mas, confesso que também não me atraio muito para este tipo de leitura não... Mas, como você depois da resenha dele, resolvi ler... kkkkkkkk
    Bjus

    ResponderExcluir
  4.  Nossa Lia, toda vez que via o nome Bruno Christo ali achava que era seu irmão e não seu filho... rsrsrs

    Então devo a ele o agradecimento de conseguir fazer a resenha deste livro... E tbem de nos mostrar que talvez valha a pena dar uma chance ao tema...

    Bjimm Lia
    E Parabéns Bruno, ótima resenha!

    Luh Figueiredos
    Biblioteca da Luh

    ResponderExcluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!