[DIVULGAÇÃO] O Menino que Entrou Dentro de Si Mesmo - Arnaldo Vicente



     Olá, eu sou a Kênia Cândido do Blog Histórias Existem Para Serem Contadas e a colaboradora do Blog Doces Letras.
     A obra escrita pelo psicólogo Arnaldo Vicente ensina a olhar para os pensamentos e desenvolver uma nova atitude frente a eles.
     Venha conferir:



       O menino que entrou dentro de si mesmo, é uma obra criada pelo psicólogo especializado em Terapia Cognitiva Comportamental, Arnaldo Vicente, e publicada pela Editora Caminho Suave, do grupo Edipro. Com ilustrações delicadas feitas por Kelly Adão, o livro mostra a importância de ensinar às crianças a serem conhecedoras de si mesmas.
      No livro, o pequeno leitor descobre que mesmo com todos os pesadelos, pensamentos negativos e medos, é possível percebê-los, mas nem sempre segui-los. O autor oferece a todos, sejam adultos ou crianças, uma reflexão de como estão processando os problemas e como é possível mudá-los por meio das emoções.
      A história traz o conceito-chave da terapia cognitiva, que tem o intuito de ensinar que a criança evolui na medida em que descobre que conversar consigo mesma é essencial para a felicidade, sempre distinguindo entre os fatos e os pensamentos sobre eles.
     A mensagem principal da obra é plantar uma semente para que as crianças cresçam emocionalmente saudáveis, conhecedoras de si mesmas e capazes de lidar com os desafios e as adversidades da vida. Afinal, o Menino Triste encontra a felicidade quando entra no próprio coração, vê os pensamentos ruins e descobre que ele pode desenvolver uma nova atitude diante destes sentimentos negativos.





Ficha técnica
Edições Caminho Suave
Autor: Arnaldo Vicente
Ilustração: Kely Adão
Formato: 21x24
I.S.B.N.: 978-85-8998-736-3
Número de páginas: 32
 Sinopse: O menino que entrou dentro de si mesmo é o primeiro livro infantil de uma série que levará a chancela da Caminho Suave - editora que publica a famosa e tradicional Cartilha Caminho Suave, que já alfabetizou mais de 40 milhões de brasileiros através de sua maneira simples e inteligente - que tem o objetivo de ajudar os pais na laboriosa arte de educar os filhos.



      Sobre o autor:
      Arnaldo Vicente é psicólogo especializado em Terapia Cognitiva Comportamental e ex-presidente da Associação Brasileira de Psicoterapia Cognitiva.

     Sobre a ilustradora:
     Kelly Adãoé artista gráfica desde 1998. Pós-graduada em Fundamentos da Cultura e das Artes (UNESP-IA), Arteeducadora (Belas Artes de São Paulo) e técnica em Publicidade (FECAP). Participou de diversos cursos e oficinas com profissionais renomados no Instituto Tomie Othake, Quanta Academia de Artes, Centro Cultural São Paulo, ABRA, ESL (Califórnia, EUA), entre outros. Trabalhou em agências de propaganda e houses (nacionais e multinacionais), estúdios de design, departamentos de marketing, museu, ateliê de cerâmica e também como arteeducadora. Atualmente trabalha como freelancer e leciona cursos e oficinas relacionadas a arte e design.

    Gostaram?
    Pretendem adquirir esse livro?
    Então conta para nós.
    Bjos  e até  a próxima...


Kênia Candido:
Eu sou dona do blog Histórias Existem Para Serem Contadas. Mineira completamente apaixonada por livros, filmes e seriados de TV.

4 comentários:

  1. Oi, Kênia!
    Esse livro deve ser muito bom tanto pra criança quanto pra adulto.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Oi Kênia e Lia, sua lindas, tudo bem com vocês?
    Às vezes eu me coloco no lugar dos pais e fico pensando como ajudar seu filho a resolver esse tipo de situação? É tão complicado, principalmente porque não temos como controlar as atitudes do outro lado. Viver não é fácil, acho que esse livro é uma ótima dica para os pais além dos filhos.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cila, um livro ótimo para ajudar aos pais.
      Educar um filho nunca foi fácil, mas nos últimos anos a tarefa tem sido bem mais difícil.
      Bjus

      Excluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!