[RESENHA] Mulheres Fatais – Contos Policiais - Editora Illuminare



   Olá, eu sou Kênia Cândido do Blog Histórias Existem Para Serem Contadas e colaboradora do Blog Doces Letras.


Hoje eu trago para vocês a resenha do livro digital  chamado Mulheres Fatais – Contos Policiais, escrito por vários autores nacionais e publicado pela Editora Illuminare.



. Dados Sobre o Livro:

. Autores: Org. Rô Mierling
. Editora: Editora Illuminare
. Tamanho do Arquivo: 759KB
. 64 Páginas
. Ano: 2017
. ISBN: B071HPPNB6
. Sinopse: Um conjunto de contos policiais com o foco em mulheres que são fatais. Esta é mais uma antologia da Editora Illuminare e reúne 11 autores. Mulheres Fatais foi organizada por Rô Mierling, autora de Diário de uma Escrava.





Muito Bom!

     Mulheres Fatais é um livro que li em forma digital que contém vários contos com toques  de sombrio, escrito pelos autores nacionais: Amélia Greier, Beatriz Andrade, Bruno Sérvulo, Cecilia Torres, Gustavo Cruz Jorge, Jefferson Azevedo Terra, Najara Oliveira, Perla de Castro, Regiane Silva, Rô Mierling, Thaynara Melo e Viviane Dutra.

Os contos foram selecionados e foram organizados pela Rô Mierling, escritora do polêmico “Diário de Uma Escrava”.

    O livro inicia com um prefácio escrito pelo autor Tito Prates que apresenta a obra, citando várias autoras nacionais e estrangeiras que são consideradas damas do crime mundial. Nesta lista Agatha Christie, Patricia Cornwell, JK Rowling, Lúcia Machado de Almeida, Ligia Fagundes Telles e Patrícia Melo são referência como grandes destaques nos romances policiais.

   O primeiro conto chamado Jeito Fatal  escrito pela Amélia Greier que contém duas personagens com um relacionamento conturbado. Martha é mãe de Marina, uma jovem que está totalmente mergulhada no mundo das drogas e da prostituição. Cansada de ver a filha no fundo do poço, Martha fará de tudo para acabar com a situação.  O enredo é tão bem escrito em poucas páginas que fiquei desejando mais um pouco desse conto. Considero um dos contos favoritos  do livro.

    O próximo conto Busca pela Vingança, escrito pela Beatriz Andrade da Silva, apresenta uma adolescente aliviada por ter feito um favor à sociedade. Ela havia matado um homem considerado estuprador doentio e pedófilo.  Outro conto bem escrito que mostrou uma personagem com sede de vingança.

   O conto Rasga- Mortalha escrito pelo Bruno Sérvulo conta a história do detetive Moore e seu assistente Mauro. No meio de uma conversa um dos  personagens relembra a história da dona Josefa,  uma idosa  bem misteriosa e quando ela passava pela rua, as pessoas desviavam ou baixavam o olhar para não encará-la. A leitura dele fluiu rapidamente e cativou pela criatividade.
 
   Além dos contos que contei com mais detalhes, também quero destacar Bela como o Demônio escrito pelo Gustavo Cruz Jorge. Blameless escrito pela Regiane Silva. Anônimas escrito pela Thaynara Melo e Brinco de Pérolas escrito pela a organizadora do livro Rô Mierling. Esses contos também conseguiram me cativar por causa dos personagens com personalidades enriquecedoras e valorizaram o livro.

   A capa corresponde perfeitamente com os contos que o leitor irá encontrar, a diagramação está muito boa, não tenho o que queixar da edição e  fiquei desejando o livro em formato impresso para ter na minha coleção. Conseguiu surpreender e mostrou perfeitamente a essência do mistério que os romances policiais possuem.
   Recomendo para  todos os leitores que gostam de ler contos, principalmente policiais com doses de mistério, suspense e até drama. Vale a pena conferir.
“Martha notou as flores que vicejavam em seu jardim. Umas desabrochavam toda a beleza. Alguns botões eram promessas de belezas futuras. Poucas eram arrancadas ainda vistosas. Outras despetalavam-se no pé por maldade do destino. Competiam por espaço e beleza. Mas o destino de todas era fatal: Sempre a sarjeta.” ( Jeito Fatal - Amélia Greier )
“ Gostava de enganar velhinhos para tomar-lhes seus bens que foram conquistados depois de anos de trabalho. Em sua consciência achava que os pés na cova não mais precisariam de toda riqueza, pois o que iriam levar para o paraíso?” ( E os Abutres  Dizem Amém – Cecília Torres ) 
“ Em um primeiro momento, elas ficam assustadas e com medo, mas após entenderem que estavam sendo salvas, correm em direção aos policiais e contam tudo que viram e ouviram naqueles terríveis dias em que passaram ali...”  ( Reforços – Viviane Dutra )

 . Sobre os autores:

 Amélia Greier, pseudônimo de Carolina Frutuozo, é estudante e participou das Antologias “Hauting e Poltergeist” e “Contos de um Natal Sem Luz Vol. III” da Editora Illuminare.

 Beatriz Andrade, leitora compulsiva e participou da antologia “Bastidores: Um dia na vida de um blog literário”.

 Bruno Sérvulo, poeta, escritor e professor de Literatura, Português e Redação. Possui uma antologia com mais de 50 contos esperando para atravessar a passagem entre a criação e a exposição.

 Gustavo Cruz Jorge, mineiro, tem 5 contos publicados, entre os quais O causo da máquina do tempo. A literatura é uma de suas maiores paixões, além do cinema, da família, da amizade e dos amores.

Jefferson Azevedo Terra, cronista e colaborador do Caderno Zona Sul do Jornal Zero Hora em Porto Alegre. Vencedor dos concursos de crônicas: Unisc 2007, Histórias Coloradas 2006 e Fundação Estadual de Cultura do Internacional.

 Narjara Oliveira possui alguns de seus contos publicados em antologias como Meu Lado Sombrio, Contos de Fadas Releitura da Realidade, PSICOPATAS - Contos de Mentes Assassinas, Anjos e Demônios e Hunting e Poltergeist pertencentes à Editora Illuminare.

Perla de Castro, fotógrafa, poeta, escritora, Editora Assistente do site Vida de Escritor, Colunista do site Iluminerds e criadora e Editora Chefe da Revista Litere-se.

 Regiane Silva, apaixonada por literatura e não despreza nenhum gênero literário. Frequenta assiduamente bibliotecas, teatros e museus.Tem poesia e contos publicados pela Editora Illuminare.

 Thaynara Melo nasceu em Teresina - Piauí. Atualmente cursa Publicidade e Propaganda. Começou o interesse pela leitura depois de ler “Garotas “Garotas da Rua Beacon”.

Viviane Dutra, gaúcha, mãe, esposa, leitora e blogueira.Encontrou nos livros uma rota de fuga do mundo real. “Reforço” é sua estreia como escritora, mas não tem ambição de continuar escrevendo, prefere ler a escrever.


    . Já leu ou pretende ler Mulheres Fatais - Contos Policiais?
    . Então antes de ir embora, deixa seu comentário. Vamos adorar lê-lo.
    . Bjos e até a próxima...

 

Kênia Candido:
Eu sou dona do blog Histórias Existem Para Serem Contadas. Mineira completamente apaixonada por livros, filmes e seriados de TV.

8 comentários:

  1. Oie
    Fiquei curiosa para ler, adoro contos e a temática me agrada.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nessa.
      Espero que tenha a oportunidade de conferir.
      Bjus

      Excluir
  2. Oi Kênia!
    Que legal essa coletânea! Ainda não conhecia mas adoro contos e histórias policiais, então fiquei interessada.

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  3. Olá Kênia,
    Fiquei muito interessada pelo livro, sua resenha está muito boa! Estou lendo um livro da Agatha Christie e estou amando, com certeza vou amar um pouco de Contos Polícias ❤
    Beijos ❤
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
  4. Oi Kênia,
    Eu tenho esse no Kindle e adorei ler a resenha por aqui, para saber mais.
    Gosto de policiais e de contos também. Já curti a premissa deles e espero gostar no geral.

    tenha uma ótima quarta =D
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nana.
      Os contos parecem interessantes. Espero que goste como a Kênia.
      Bjus

      Excluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!