[RESENHA] Eternamente Cecília - Elysanna Louzada


Olá leitores, tudo bem?
Hoje venho falar sobre um romance histórico que retrata uma época de transição e esperança para os imigrantes italianos que vinham para o Brasil tentar a sorte!
Vem comigo...

Sinopse:
1890, Itália. Cecilia Agrizzi embarca com a família em um vapor para o Brasil em busca de trabalho e das terras prometidas pelo governo do Espírito Santo. Cecilia vai trabalhar em uma fazenda de café, mas quando seu pai adoece, ela se transfere para a cozinha da casa de Estela Dias, uma arrogante aristocrata que não perde a chance de humilhar seus empregados. Seus problemas só pioram depois que o herdeiro, Francisco, um conquistador nato, interessa-se por ela. Em meio à uma tórrida paixão, Cecilia precisará se livrar do obsessivo Otávio e enfrentar o ódio de Estela que usará de violência para se vingar da italiana que roubou o coração de seu filho e arruinou as chances de vê-lo casado com uma herdeira rica.Eternamente Cecilia é a história de um amor proibido que desafia as convenções sociais do século XIX.
Ficha Técnica:
Elysanna Louzada | Ano: 2017 | Páginas: 405
ISBN: B074PV45Q9 | Idioma: português 
Publicação Independente


Eternamente Cecília é um livro que fala de forma leve e primorosa, sobre uma época de transição que viveu o Brasil com a chegada dos imigrantes italianos para assumir a mão de obra que estava escassa após a abolição da escravatura. O livro se passa em 1890, e percebe-se que a autora teve todo um cuidado na maneira de abordar temas tão delicados e muitas vezes controversos e também sua pesquisa cuidadosa sobre os acontecimentos da época. 


Cecília é uma personagem apaixonante, uma jovem italiana, engajada em sua luta pela sobrevivência da família, ao apego aos seus ensinamentos e ao mesmo tempo a tentativa de se adequar ao novo sem perder sua essência. Uma lutadora nata, mesmo quando se mostra frágil ou quando se sente meio perdida em meio a tantos sofrimentos. 

Francisco Dias é um jovem brilhante e um bom advogado. Apesar de ser belo e ter muita facilidade de ter a mulher que quiser, devido a sua beleza e prestígio, está sempre focado em procurar ajudar os menos favorecidos e lutar por seus ideias, e por conta disto, não tem um bom relacionamento com Estela sua mãe, por quem sente verdadeira ojeriza. 

Estela Dias é uma mulher forte, poderosa mas extremamente apegada ao dinheiro e ao que ele pode proporcionar. Não conhece limites e nem mesmo a bondade. Um coração duro que não consegue ser suavizado nem mesmo pelo filho. Trata os imigrantes de maneira rude e tem sempre planos mirabolantes na manga.

Outro personagem que faz parte da história e que me causou um certo asco foi Otávio, um jovem ambicioso, de personalidade dúbia e um falso amigo para Francisco, que demora um pouco a enxergar quem ele é verdadeiramente. Um personagem que causará muita angústia ao casal protagonista.

Cecília vem para o Brasil acompanhada de seu pai e dois irmãos para tentarem começar uma nova vida, já que na Itália as coisas estavam muito difíceis. Eles chegam com promessas de uma boa terra para plantio e uma vida mais digna e farta. Infelizmente ela acaba se decepcionando já que nada do prometido é mantido por sua empregadora, Estela Dias dona da Fazenda de Café Bela Vista. Vai trabalhar juntamente com sua família na plantação de café, uma vida muito dura e que pouco rende para eles. Até que surge a chance de trabalhar na casa da fazenda, ajudando na cozinha. 

Francisco retorna à fazenda para a leitura do testamente de seu pai e descobre que as coisas não estão indo tão bem financeiramente quanto ele pensava e acaba se deparando com alguns problemas e questões que vão mexer muito com suas convicções e suas emoções. Sua mãe continua a mesma e botou na cabeça que pode fazê-lo se casar por dinheiro para resolver toda a situação, que é algo que certamente ele não quer. 

Quando Francisco e Cecília se conhecem sentimentos vão surgindo e aos poucos o amor vai fazendo morada em seus corações. Mas nem sempre os bons sentimentos prevalecem e nem sempre o final feliz é fácil de se conseguir. Os dois terão que passar por muitas coisas, muitos problemas, traições e mentiras para finalmente ficarem juntos. 

Durante os acontecimentos, as maldades de Estela, a obsessão doentia de Otávio e os problemas inerentes à vida de todos nós, vemos o crescimento de Francisco, seu amadurecimento, sua força e a maneira como a autora trabalhou isso foi muito boa. Vamos aos poucos nos deixando levar por este amor tão complicado e sofrido e desejando que Cecília possa finalmente encontrar a paz e a felicidade que merece. As cenas de amor são muito bem trabalhadas e inseridas no contexto da história. 


De uma forma leve e fluida Elyzanna vai nos levando por este passeio histórico na Fazenda Bela Vista, e nos mostrando que a força de um amor quando é verdadeiro é suficiente para transpor todos os obstáculos que aparecem. Gostei muito da leitura, dos capítulos serem alternados entre Cecília e Francisco, de conhecer um pouco mais algumas tradições italianas e de ter a oportunidade de ler uma história de força, determinação e graça de uma heroína apaixonante. Ah! Não posso deixar de citar o epílogo muito fofo que a autora nos presenteou e que adorei!

Sobre a parte técnica: Eu gostei muito da capa, que nos mostra suavidade com elementos ligados a história. A diagramação e as fontes escolhidas ficaram boas nas páginas brancas. 

Se você gosta de romances históricos bem escritos, com um fundo social mesclado ao romance, este livro tem tudo para lhe agradar! Recomendo. 
Bjus

Lia Christo:
Carioca da gema, romântica incurável, leitora compulsiva, perseguidora de sonhos, e louca pela vida!

8 comentários:

  1. Oi, Lia!
    Que diferente esse romance. Dificilmente leio um romance histórico que se passa no Brasil, ainda mais nessa época. Já anotei a dica.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu.
      É uma história interessante e que tem uma heroína lutadora.
      Vale a pena. Se conseguir ler, me fala se gostou.
      Bjus

      Excluir
  2. Oi, Lia

    Eu quero muito ler esse livro, já vi que tem no KU e vou pegar emprestado, pois estou muito interessada em livros do gênero ambientados aqui. Já estou detestando a Estela!
    E sobre o evento de aniversário do blog, infelizmente aquela greve bagunçou tudo. Como tenho que baldear pra chegar até lá fiquei meio ressabiada. :(


    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tami.
      A Estela é intragável. Detestável mesmo. Espero que goste do romance.
      Quanto ao evento, eu entendo lindona. Atrapalhou muitos amigos de ir.
      Bjus

      Excluir
  3. Olá...
    Gente do Céu, que livro é esse!!!
    Ainda não conhecia nem a obra nem o autor, mas, estou aqui totalmente fascinada pela história do livro! Pelos seus comentários parece ser exatamente o tipo de livro que curto, então, espero poder ter a oportunidade de ler brevemente...
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Diane.
      Vou ficar na torcida para que você consiga ler. O livro tem uma ótima história.
      Bjus

      Excluir
  4. Olá, Lia!
    Adorei a resenha, é a segunda que leio/vejo sobre este livro e mais uma opinião positiva.
    Tenho a obra no meu Kindle e já estou mega curiosa!
    Adoro livros que trazem fatos reais na construção da história e como adoro romances históricos, só pode resultar em uma leitura mega envolvente.
    Já sei que irei odiar a Estela :-/

    Bj!
    https://bloghistoriasliterarias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cailes.
      Obrigada! Fico feliz que tenha gostado! Depois de ler, me conta o que achou.
      Bjus

      Excluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!