[RESENHA] Cerejinha - Série O Caso Blackstone - Raine Miller - Suma de Letras Brasil


Bom dia meus doces!


Que tal uma resenha com gostinho de cereja, para adoçar o seu dia?
Gostou? Então vem comigo conhecer mais um bom romance!


CEREJINHA
Às vezes o amor precisa de uma segunda chance

Ficha Técnica:
Autora: Raine Miller
Editora: Suma de Letras
Tradução: Thalita Uba
Ficção
ISBN: 9788581052762
Lançamento: 01/05/2015
Formato: 14 x 21
256 páginas
Preço: R$ 24,90

Sinopse:
Elaina se apaixonou por Neil à primeira vista. Nem se lembra mais de como era a vida antes dele. Seu amor resiste a tragédias e a anos de separação... E mesmo quando seu coração é partido e seus sonhos são destruídos, Elaina não o esquece.

O romance dos dois é posto à prova diversas vezes. Quando o destino mostra sua capacidade de causar mal-entendidos, abrir feridas e deixar cicatrizes, eles têm que provar o que sentem um pelo outro. Depois de tudo, Elaina chega a pensar que não existe mais chance de viver seu amor.

Mas Neil não desiste fácil. Suportou anos de saudade e sacrifícios, esperando por ela. É um soldado, afinal, e conhece um campo de batalha – tem suas próprias estratégias e pretende reconquistar Elaina. Mais do que tudo, ele precisa fazê-la enxergar o que ele sempre soube: ela sempre será sua Cerejinha.
LEIA UM TRECHO.

CAPA ORIGINAL

SÉRIE O CASO BLACKSTONE
















CURIOSIDADE:
Quem está sempre por aqui e costuma ler minhas resenhas, já percebeu que não curto muito ler ouvindo música, mas hoje quando estava fazendo a resenha deste livro, duas músicas não me saíam da cabeça, fui conferir as letras e não é que tem a ver? Deixo aqui a dica, caso queiram conferir...
The Scientist - Coldplay || Stay (feat. Mikky Ekko) - Rihanna


Cerejinha é um spin off da série O Caso Blackstone de Raine Miller. Esta série é bem conhecida dos leitores e faz muito sucesso por aqui. Infelizmente ainda não li a série e quando solicitei este para resenha fiquei com medo de não conseguir aproveitar a leitura por não ter lido os livros anteriores. O que graças aos deuses da literatura não aconteceu.

Raine Miller criou um romance bem gostoso, intenso, hot e com várias cenas fofas... E com certeza entrou para o rol das escritoras que preciso ler tudo que publica.

O livro tem 250 páginas, um bom enredo, leitura fácil e muito romance... Do jeitinho que gosto.

Elaina e Neil se conhecem de longa data... Ela tinha somente 10 anos quando o viu pela primeira vez, quando seu irmão Ian trouxe o amigo em casa. Desde então sempre foi apaixonada por ele. E nunca perdeu a esperança de viver este amor.

Neil tinha 17 anos na época e passava por sérios problemas com sua família. Por conta disso adotou a família de Elaina como sua. Sua ligação com Elaina sempre foi forte e por ela ter o cabelo num tom escuro de ruivo, ele lhe apelidou de cerejinha. 

Neil e Elaina ficam separados por alguns anos, quando ele parte para o Afeganistão, e como Elaina não acha que Neil se importe com ela, ou mesmo que vá notá-la acaba namorando outros rapazes, mas sempre com Neil em seu coração. Neil também se relaciona com outras pessoas por achar que ela é muito jovem para ele, já que eles tem uma diferença de 7 anos. Complicado não?

A vida nem sempre foi fácil para Neil, ele passou por muita coisa, teve muitos problemas, mas sempre achou que um dia ele e Elaina poderiam finalmente ficar juntos.

Elaina sempre amou Neil, e sempre ficou na esperança de que um dia ele a notasse e ela pudesse enfim ter o seu tão sonhado final feliz. 

Mas isto seria possível? Será que depois que se passa por vários sofrimentos, desilusões, mal entendidos, podemos ainda ter esperança de consertar tudo? Podemos fazer um amor que nasceu puro, e que passou por tantas provações dar certo?

Este é basicamente o desenrolar desta história. E ela é linda! Uma história de superação, de ajustes, de esperança, de perdão e de lutar e muito por aquilo que se deseja.


Os dois juntos é puro fogo! Combustão espontânea... A coisa é quente, muito quente...

Com certeza eu preciso conferir toda a série! Ao terminar este livro fiquei com a sensação que foi pouco... Que eu queria mais... E quando isto acontece é bom, muito bom.

Um livro que recomendo para todos!
Bjus doces

8 comentários:

  1. Uma série que está na minha estante e tenho que começar a ler!!!
    Só falta Cerejinha!! Cada resenha que leio fico mais ansiosa para ler!!!
    Que as férias venham logo.
    Beijos
    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irene, depois de Cerejinha, fiquei com muita vontade de ler a série toda!
      Bjus

      Excluir
  2. Nossa Lia, deu vontade de completar a minha coleção. Eu só tenho o primeiro livro e quando comprei logo em seguida uma amiga veio dizendo que não gostou do livro e pior contou o final dele. Acabei que deixei de lado, mas lendo sua resenha deu muita vontade de ler.

    Bjos

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kênia, eu só li este, e gostei tanto da escrita da autora que quero conferir os outros.
      Bjus

      Excluir
  3. Oi Lia, sua linda, tudo bem?
    Amei sua resenha Lia!!!!! Que história mais linda e romântica!!!!! Que vontade de pegar os dois e colocar um de frente para o outro para se acertarem. Esse é o problema das pessoas não falarem o que sentem, de não irem atrás de quem amam, confusões, mal entendidos. Ah!!!!!!! Suspirando aqui. Fiquei louca de vontade por toda a série agora. Adorei!!!!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Cila, a falta de diálogo atrapalha qualquer relação.
      Estou doidinha para conferir toda a série amiga.
      Bjus

      Excluir
  4. A sinopse em si já é bem reveladora. Sabemos de antemão como eles se conheceram,fiquei curiosa em conhecer mas à fundo essa estória... ótima resenha :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Clarice.
      Estou querendo muito conferir toda a série.
      Bjus

      Excluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!