[RESENHA] Baía dos Suspiros (Os Guardiões #2) - Nora Roberts - Arqueiro


Bom dia seus lindos!
Na resenha de hoje vamos viajar até a Ilha de Capri na Itália e embarcar numa perigosa aventura!
Vem comigo...

Sinopse:
Para celebrar a ascensão ao trono de sua nova rainha, as deusas da lua criaram três estrelas, de fogo, água e gelo. Mas a deusa da escuridão as fez cair do céu, pondo em risco o destino de todos os mundos. Os seis guardiões, três homens e três mulheres de natureza especial, seguem unindo forças na busca pelas estrelas.
Com sua bússola mágica, Sawyer King os transporta para a ilha de Capri, onde está escondida a Estrela de Água. Agora, eles vão precisar contar ainda mais com a sereia Annika. Nova neste mundo, sua pureza e beleza são de tirar o fôlego, assim como sua lealdade e disposição em proteger os novos amigos.
Sawyer logo se vê atraído por seu espírito alegre. Mas Annika deve voltar para o mar em breve, e ele sabe que, se permitir que ela entre em seu coração, nenhuma bússola será capaz de guiá-lo para a terra firme…
Enquanto isso, na escuridão, Nerezza está furiosa com a primeira derrota e planeja um retorno ainda mais maligno. Ela perdeu uma estrela para os guardiões, mas ainda há tempo para derramamento de sangue. Pois uma nova arma está sendo forjada. Algo mortal e imprevisível.
Ficha Técnica:
Série: Os Guardiões # 2 | Autora: Nora Roberts
Ano: 2018 / Páginas: 288
Idioma: português | Editora: Arqueiro
ISBN-13: 9788580418651


Baía dos Suspiros é o segundo volume da Trilogia dos Guardiões - uma trilogia que mistura sobrenatural, fantasia, romance e mistério, o que adoro. É narrado em terceira pessoa. O livros devem ser lidos em ordem, pois são sequenciais. a história começa exatamente de onde terminou Estrelas da Sorte (resenha aqui), quando Sawyer teletransporta o grupo. A estrutura desta série lembra bastante da Trilogia Sina dos Sete, com a formação de três casais que se unem para lutar contra o mal e onde o romance leva uma boa parte da história, mas não é o foco principal. Mas como eu disse só parece, pois o enredo e os desdobramentos são completamente diferentes e os temas usados também.

Desta vez os nossos casais aventureiros e destemidos, irão para Capri em busca de uma nova pista para encontrar a Estrela da Água e quem sabe solucionar mais um dos muitos mistérios que passou a fazer parte da vida deles. O grupo é formado por Sasha (a vidente) e Bran (o mágico). Annika (a sereia) e Sawyer (um viajante do tempo). Doyle (a arqueóloga) e Riley que é um **shifter. 


No primeiro livro, tivemos o começo da busca pelas três estrelas e o romance de Bran e Sasha. Os dois são bons juntos e eu continuo apreciando acompanhar o crescimento de Sasha. Neste volume, o foco é na busca pela segunda estrela, mas também um início de romance entre Annika e Sawyer. Mesmo que o enredo seja previsível, a interação entre os casais fazem toda a diferença na história a deixando mais leve e agradável. Não esquecendo que os laços entre esses seis novos amigos são tão importantes quanto os relacionamentos românticos.

Nossos heróis trabalham duro para fazer com que a equipe se torne mais forte. A casa de Annika é o oceano, então faz sentido que ela seja a chave para localizar a Estrela da Água. Ela é uma sereia que só tem três fases da lua para poder andar em terra e ajudar a recuperar as três estrelas antes que ela tenha que retornar ao mar. Mas não é seu status sobrenatural que faz com que ela se destaque. Pelo contrário, é a alegria absoluta que simplesmente irradia dela e como ela é aberta e generosa de coração. O mundo que damos por certo é uma maravilha para ela, e mesmo com tudo o que ela e seus novos amigos passam, nada pode apagar seu brilho.

O romance de Annika e Sawyer é lento, pois como sereia sempre viveu na água e de certa forma tudo é novo e diferente para ela. Sawyer se sente muito atraído por Annika, mas a vê como uma jovem inocente. No entanto, Annika se apaixonou por Sawyer anos atrás. Ela quer e precisa de mais dele, mas está vinculada a regras que todas as sereias devem seguir e não pode contar a ele. O que complica um pouco as coisas, mas ao mesmo tempo as torna mais interessantes. Annika é provavelmente uma das minhas personagens favoritas até o momento.

Nora Roberts fez um ótimo trabalho intercalando a história com interlúdios românticos, sequências de ação de tirar o fôlego, diálogos divertidos e espirituosos e uma história mágica que dá asas a nossa imaginação. Há algumas cenas perturbadoras mas a autora as conduz tão bem, que logo estamos seguindo na leitura sem que aquilo nos afete tanto.

Apesar de terem superado Nerezza, a deusa da escuridão, ao conseguir encontrar e esconder a Estrela do Fogo, o grupo de amigos sabe que a tendência é ficar mais difícil e mais perigoso a cada nova busca. Nerezza não está levando sua derrota de forma leve e recrutou ajuda na forma do mestre criminoso e assassino. Essa criatura perigosa tem muito rancor contra Sawyer e Riley, mas ao mesmo tempo se sente intrigado com a poderosa oferta de Nerezza. O custo para pará-la pode ser dolorosamente alto. Será que eles vão pagar o preço? Ansiosaaaa pelo próximo. rsrsr

Mesmo sendo um livro de transição entre o primeiro e o próximo, Baía dos Suspiros me proporcionou uma leitura agradável e, embora siga uma fórmula semelhante às trilogias anteriores da Nora, ela sempre consegue me prender com a natureza de seus personagens e a batalha da luz contra a escuridão.

Até a próxima.

**O que é um Shifter? 
Seres que possuem duas formas – duas ou três formas – humana e animal, podendo transitar (mudar, trocar, transformar) entre elas na hora que quiserem. Eles costumam ter força sobre-humana e os cinco sentidos mais aguçados que os dos seres humanos comuns.

Lia Christo:
Carioca da gema, romântica incurável, leitora compulsiva, perseguidora de sonhos, e louca pela vida!

3 comentários:

  1. Amei sua resenha sobre esse livro, os livros da Nora sempre me chamam a atenção, sempre ouço comentários muito positivos sobre eles. Quero conhecer esse!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  2. Oie Lia =)

    Não estava sabendo do lançamento desse livro da Nora, mas lendo a sua premissa achei a história interessante. Confesso que já gostei mais das histórias da autora, mas hoje elas estão meio que me parecendo o mais do mesmo.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  3. Olá, Lia.
    Eu já conhecia os livros de romance de época e os policiais da autora. Mas ainda não tinha lido nenhum com essa pegada mais sobrenatural. Ontem comecei a ler Bruxa da noite e quase terminei ontem mesmo porque me vi muito envolvida na história. O ruim é que agora só tenho o segundo livro e vou ter que comprar o terceiro ainda hehe. Por ter gostado tanto eu acho que vou me aventurar nessa Trilogia dos Guardiões também.

    Prefácio

    ResponderExcluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!