RESENHA - Louca Para Casar - Madeleine Wickham (Sophie Kinsella) - Editora Record


Boa noite meus queridos!
Hoje vou falar, sobre o livro Louca Para Casar de Madeline Wickham, que é o nome verdadeiro de Sophie Kinsella, uma escritora que adoro.
O livro foi publicado pela Editora Record!

Conheça o Livro:

Ficha Técnica:
Título: Louca para Casar
Autor: Madeleine Wickham (Sophie Kinsella)
Tradutor: Alice França
ISBN: 9788501094032
Editora: Record
Páginas: 348
Ano: 2013

Sinopse:
Milly está a quatro dias de um casamento digno de contos de fada com Simon, um jovem rico por quem é perdidamente apaixonada. É a cerimônia mais aguardada do ano pela alta sociedade, mas um detalhe pode pôr tudo a perder. Dez anos antes, Milly se casou com um amigo americano gay para que ele vivesse na Inglaterra com o parceiro, mas logo ambos perderam o contato e nunca se divorciaram. Tudo permaneceria em segredo se não fosse a chegada de Alexander, o fotógrafo, que por acaso também presenciou a primeira união. Agora ela terá que correr contra o tempo para encontrar o “marido” e obter o divórcio antes que todos descubram que a noiva, na verdade, já é casada.

Onde Comprar: BUSCAPÉ
Para maiores informações sobre o livro, acesse: SITE - SKOOB - RECORD

Capa do livro nos EUA:


Sobre a autora:

Madeleine Wickham é autora da consagrada série Becky Bloom, que publicou sob o pseudônimo de Sophie Kinsella.
Dela, a Editora Record já publicou, além da série Becky Bloom, Quem vai dormir com quem?, Fiquei com seu número e Menina de vinte, entre outros títulos.
Os livros da autora já venderam mais de 200 mil exemplares no Brasil.

Contatos da autora: SITE - FACEBOOK - SKOOB 




Acho que todos que me conhecem, sabem que eu adoro a Sophie Kinsella. Já li alguns de seus livros e todos os que li, eu amei. Mas, infelizmente não foi o caso deste...
Eu gostei do livro, mas talvez, por ter colocado tanta expectativa nele, eu tenha me decepcionado um pouco. 
Pra dizer a verdade, custei a aceitar que ele tinha sido escrito pela mesma autora. 
Louca para Casar, não é um chick-lit como pensei a princípio e sim um romance. O livro é narrado em terceira pessoa, e talvez seja por isto que eu não tenha me agradado tanto dele. 
Explico: Eu prefiro livros em terceira pessoa, mas no caso deste livro, não consegui me sentir conectada a personagem principal, o que é a marca registrada da autora, que sempre faz de suas protagonistas o sucesso de seus livros. E acho que todo o desenvolvimento da história, acabou sendo afetado por isto. Mas, isso não quer dizer que eu não tenha gostado do livro, mas só que ele não me maravilhou como de costume. 

Ele conta a história de Milly, uma mulher de 28 anos, totalmete sem personalidade, insegura e egoísta, na verdade uma personagem apática.
Ela está prestes a casar, e faltando menos de uma semana para o casamento, ela reencontra Alexander, alguém do seu passado, que será o fotógrafo do casamento e ele pode colocar todos os seus planos a perder...

A sinopse, já nos dá uma boa ideia da história. 
Milly está prestes a casar com Simon, quando lembra que já é casada... Isso mesmo, a protagonista já tinha se casado aos 18 anos, com um amigo, para ajudá-lo a permanecer nos EUA. Mas, fiquei pensando cá com meu botões... Como assim, alguém se casa e se esquece completamente disso? Como ela poderia ter marcado seu casamento, sem nunca ter mencionado ao futuro marido, que ela teria que se divorciar primeiro??? 



Simon, é filho do milionário Harry Pinacle, e é um jovem que tem sérios problemas emocionais em relação ao seu pai, já que nunca aceitou bem a separação dos pais, e que seu pai, não tenha sido mais presente em seus primeiros anos de vida. E ele coloca grandes expectativas em seu relacionamento com Milly. 

Confesso que gostei mais dos personagens secundários, pois não consegui me sentir conectada aos principais. Gostei e me emocionei com Isobel, irmã de nossa protagonista. Isobel é um personagem carismático, cheio de vida, e que está passando por uma reviravolta em sua vida, e me peguei torcendo muito por ela no decorrer da história. Caso a Sophie resolvesse escrever algo sobre ela, com certeza eu leria.

A autora, soube abordar de forma bem interessante, diversos temas no livro, como o aborto, a homossexualidade, a separação, e a dificuldade que as vezes temos de tomar decisões em nossas vidas, e de conviver com as consequências destas decisões. Coisas que nos fazem pensar, refletir e que são bem comuns em nosso dia a dia.

A capa do livro é muito bonita e foi a primeira coisa que me chamou atenção. A diagramação está perfeita. Não encontrei erros de revisão. A fonte e a cor das páginas, facilitam a leitura.

É um livro fácil de ler, e que nos faz passar algumas horas agradáveis. Mas, se você já é fã de Sophie Kinsella, esteja preparado para algo diferente...
Bjus













9 comentários:

  1. Ixi amiga!!!! É complicado quando você lê um livro e ele não faz te conectar com a personagem é complicado. Não sou muito chegada em chicklit e mesmo ele não sendo, pela tua resenha realmente irei dispensar a leitura

    ResponderExcluir
  2. Adoro resenhas criticas, ainda não li nada da autora, e talvez este não seja o mais indicado para começar.. Adorei sua resenha e sua opinião..

    beijos Mila
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/2013/06/resenha-traida.html

    ResponderExcluir
  3. Amoo livros assim, só fico suspirando
    e pensando alto. hahaha
    Esse ainda não conhecia, mas só pela
    capa e titulo me encantei, gostei
    bastante.
    bjs

    http://loveebookss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. A resenha está ótima. Vc esclarece vários pontos. Essa é segunda resenha que leio. Na outra a pessoa gostou do livro e disse que se surpreendeu por ser um romance e não um chik-lit. Bem... Eu não curto muito chik-lit´s... Por ser um romance talvez eu leria, mas ainda assim fico na dúvida, porque não parece muito o meu estilo de livro.

    ResponderExcluir
  5. Não posso dizer que sou fã de chik-lit, mas também não o evnito. Se for bem recomendado pelas amigas, eu até leio sem problemas. Te confesso que romance me agrada mais, mas essa premissa da sinopse e da sua resenha me deram uma desanimada... rsrsrs

    ResponderExcluir
  6. Estou de olho nesse livro há tempos!
    A capa realmente é linda, e gosto da autora.
    Está na lista!

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Bom eu não li nada desta autora, então não sei realmente se leria ou não. Estou com um livro dela a meses, mas ainda não rolou.Você foi bem clara na sua explanação, amiga. Talvez lesse,não sei. Hoje nem sei qual a fase estou, porque ando lendo um pouco de tudo.

    ResponderExcluir
  8. Oie =)
    ainda não li nada dessa autora, mas pretendo ler seus livros sim.
    Nossa que estória essa aí que ela criou e que personagem principal chata é essa? pelo menos achei lendo tua resenha rsr
    ufaaa pelo menos a estória foi agradável, rsrsr
    Beliscões carinhosos da Máh-
    Felicidades nos Livros
    @Maaria_Silvana

    ResponderExcluir
  9. Oi Lia... não conheço essa autora, e o que me chamou a atenção foi o nome do livro..
    Talvez eu esteja louca pra casar também.. :D
    Mas imagino as peripécias da personagem pra encontrar o primeiro marido sem que ninguém perceba..

    Bye da Pah
    Livros Estrelas

    ResponderExcluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!