[LANÇAMENTO] Anatomias Poéticas - Angela Malheiros - Autografia Editora


  Olá pessoal! Tudo bem?
  Gostaria de apresentar para vocês o livro Anatomias Poéticas, escrito por Angela Malheiros que a Editora Autografia está lançando.



     A autora Angela Malheiros lança, pela Autografia, a obra “Anatomias Poéticas”, uma coletânea que mescla poesias divididas em duas partes: a primeira traz versos bem-humorados, surrealistas e ritmados, que fazem paralelo entre sensações da vida e os órgãos vitais do corpo humano, como o coração, pulmão, estômago e rins; já a segunda, conta com releituras de cantigas medievais portuguesas e da arte brasileira contemporânea.


Editora Autografia
Poesias
ISBN 978-85-518-1170-2
80 páginas
O livro é um mergulho ao corpo humano e seus sentimentos, enquanto a autora brinca com as palavras, suas letras, sílabas e métricas. Jogando com metáforas e envolvendo o público em um texto divertido, mas ao mesmo tempo reflexivo, Angela Malheiros traz “Anatomias Poéticas” a todos os públicos, principalmente aos amantes de poesias autênticas, que fogem do clichê, através de leves versos.





Aos sentidos alternados

pulsa o pulso da aorta

em nossas mãos, a responsabilidade hereditária

a migrar em pares alelos.

(Trecho de “O Pool-mão”)



   Sobre a autora:
   Nasceu no Rio de janeiro, em outubro de 1974. Estudou na Escola de Belas Artes e na Faculdade de Letras, ambas da UFRJ, sendo pós-graduada em Segurança Pública, Cultura e Cidadania pela Faculdade Nacional de Direito, também da UFRJ.


   Gostaram do lançamento? Têm interesse em lê-lo?
   Então deixa sua opinião.

Kênia Candido:
Eu sou dona do blog Histórias Existem Para Serem Contadas. Mineira completamente apaixonada por livros, filmes e seriados de TV.

4 comentários:

  1. Oi
    quanto tempo que não apareço por aqui, não sou muito de ler livros desse estilo, mas sorte o autor a história parece ser interessante.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, Kênia.
    Infelizmente eu não gosto muito de poesias. E mesmo achando interessante esse paralelo com os órgãos humanos, acho que não leria o livro.

    Prefácio

    ResponderExcluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!