[RESENHA] Dez Formas de fazer um Coração se Derreter - Sarah MacLean - Editora Arqueiro


Bom dia leitores!


Venha conhecer minhas impressões sobre um delicioso romance de época.

DEZ FORMAS DE FAZER UM CORAÇÃO SE DERRETER

Ficha Técnica
Lançamento: 12/09/2016
Título original: Ten Ways to Be Adored When Landing a Lord
Tradução: Fabiana Colasanti
Gênero: Romance de Época
Número de Páginas: 352 páginas
ISBN: 9788580415292
EAN: 9788580415292
Preço: R$ 39.90
E-Book
eISBN: 9788580415308
Preço: R$ 24.99
Sinopse:
Isabel Townsend não é exatamente o que se espera da filha de um conde. Apesar de ter a pele delicada e de saber se portar como uma dama quando necessário, a jovem também monta a cavalo, conserta telhados, administra a propriedade e cria o irmão caçula desde que a mãe faleceu – tudo isso sem despertar a menor suspeita de que não há um homem sequer para cuidar de sua família.

Para o pai dela, que só queria se divertir e gastar dinheiro em jogatinas, pouco importava o que ela fizesse. Porém, quando ele morre, Isabel se vê sem recursos e precisa defender os direitos do irmão, ameaçados pela chegada iminente de um tutor. Assim, não lhe resta saída senão vender sua coleção de estátuas de mármore, o único bem que herdou.

Para sorte sua, um especialista em antiguidades acaba de chegar ao condado. Inteligente e sensual, lorde Nicholas St. John é um solteiro convicto que deixou Londres para se livrar das jovens que passaram a persegui-lo desde que foi eleito um dos melhores partidos da cidade.

Em poucos dias, fica claro para Nick que Isabel é a mulher mais obstinada e misteriosa – além da mais interessante – que já cruzou seu caminho.


Este é o segundo livro da Trilogia Números do Amor, publicada pela editora Arqueiro. Conforme informei na resenha do livro anterior (aqui), meu primeiro contato com a escrita da autora foi em 2013. De lá para cá fico cada vez mais apaixonada pela maneira como ela desenvolve seus enredos e trabalha seus personagens. Eu li este livro pela primeira vez em 2014, em e-book e em espanhol. Amei a trilogia e fiquei na torcida para que chegasse por aqui. Imaginem o quanto fiquei feliz de ter a oportunidade de reler em minha língua e poder compartilhar com vocês as minhas impressões sobre ele.

Neste segundo livro, vamos conhecer a história de Nicholas St. John, o gêmeo de Gabriel(Marquês de Ralston). Nicholas está em fuga de Londres depois que seu nome foi anunciado em uma revista feminina(Pérolas e Peliças), como um dos solteiros mais bonitos e elegíveis da temporada de 1.823. Nicholas é avesso a compromisso, desde que quase foi morto por confiar no amor de uma mulher. Era arredio, desconfiado, e muito sagaz. Tinha lá os seus mistérios, o que fazia com que se tornasse ainda mais atraente ao sexo oposto. Uma de suas habilidades era reconhecer e catalogar estátuas de mármore antigas. E foi esta habilidade que o fez encontrar aquela que iria abalar todas as suas convicções.

Isabel Townsend, é bonita, corajosa, destemida, e muito, muito teimosa. Aprendeu a duras penas que estava sozinha nesta vida e que não tinha ninguém com quem contar. Desde muito jovem, aprendeu que seu pai não prestava e que não tinha nenhum amor por ela e seu irmão. Foi deixada à sua própria sorte e isto fez com que seu coração criasse uma blindagem de proteção, onde somente algumas poucas pessoas poderiam entrar. O problema é que nem sempre nossas blindagens são totalmente seguras e bem fechadas.

Imagem retirada do Pinterest

Nicholas St. John, é meio que um Indiana Jones moderno - um aventureiro e especialista em antiguidades cujos feitos em terras estrangeiras o deixaram várias vezes em apuros.

Lady Isabel Townsend, é a filha mais velha do recentemente falecido Conde de Reddich. Seu pai era um jogador inveterado e azarado que não deixou nada quando ele morreu, por isto ela se preocupa constantemente sobre como vai manter a propriedade de pé, até seu irmão de dez anos de idade, ter idade suficiente para tomar as rédeas. Além disso, ela está mantendo um segredo enorme. Algo que poderia colocar tudo pelo que mais lutou, ladeira abaixo.

Uma das coisas mais legais na história é que em cada início de capítulo temos uma dica da revista Pérolas e Peliças sobre como uma dama deve proceder para agarrar seu lorde, e Isabel sempre faz tudo ao contrário, mesmo sem querer... rsrsr

Também curti ver um pouco de Gabriel e Callie. Mesmo aparecendo bem pouco, deu para matar a saudade deste casal que adoro. Tbm gostei muito do personagem Rock, um turco enorme e muito atraente que é o melhor amigo de Nich e o seu companheiro de aventuras em além mar. 

Eu gostei de ver a maneira que duas pessoas que foram emocionalmente feridas de diferentes maneiras, conseguissem deixar o passado e seguir em frente. O ritmo é bom, todos os personagens são bem desenvolvidos, e há uma abundância de humor nos diálogos. Nick é um herói deliciosamente atraente. Lindo, inteligente, autoritário e extremamente sexy, ele também é um homem completamente decente. Isabel é uma mocinha atípica, mas muito cativante.
LIÇÃO NÚMERO DEZ
 É muito importante, cara leitora, que aprenda esta lição final. Depois que seu lorde tiver sido inteira e verdadeiramente conquistado, será seu dever garantir que o ninho de vocês esteja preenchido, pois a solteirice não é para homens de intenções sérias e respeitáveis. Sem dúvida, o casamento e os filhos - e os prazeres que vêm com ambos - são a prova de uma vida bem vivida.  E os nosso lordes disponíveis - esses exemplos de homem cuidadosamente selecionados, e descritos nestas páginas para o seu bem - precisam de noivas capazes de amá-los, honrá-los e estimá-los da forma que eles merecem. (Pérolas e Peliças, Junho de 1823).
O romance se desenrola em um ritmo bom. As faíscas do desejo estão presentes entre os protagonistas desde a primeira vez que se olham e as cenas de amor entre eles são muito sensuais. Mais um delicioso romance pra nos aquecer por algumas horas.
Bjus




6 comentários:

  1. Olá!
    Eu nunca li um Romance de Época e tenho bastante receio de não gostar desse gênero.
    Apesar disso, sei que vou ter que me aventurar nesse gênero e achei que essa trilogia é uma boa opção para isso.
    Pela que li na sua resenha, Isabel Townsend é uma protagonista bem interessante e determinada.
    Espero conhecer a obra em breve.

    Abraço!
    http://tudoonlinevirtual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sávio. Seja bem-vindo ao Doces.
      Eu sou suspeita porque além de amar esses romances, também sou mega fã da autora.
      Espero que se dê a oportunidade e que goste do gênero.
      Bjus

      Excluir
  2. Ai, menina, eu preciso ler algo dessa autores. Tenho a outra série toda dela, mas me falaram pra ler essa aí primeiro. Daí vou ter que ir comprando aos poucos. Mas tô bem curiosa. Amo livros assim!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    Romantic Girl

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suelen, eu adoro a escrita e os personagens da Sarah. Esta série é o meu xodó, pois foi meu primeiro contato com a escrita dela.
      Bjus

      Excluir
  3. oi
    quero ler essa trilogia, parece conter personagens bem interessantes. Além disso a escrita da autora é boa, que bom que gostou de reler ele.

    momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Denise.
      Eu adoro a escrita da Sarah. Espero que consiga ler e que goste.
      Bjus

      Excluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!