[RESENHA] Perfumes de Paris - Sayonara Salvioli - Primavera Editorial




     Olá, eu sou Kênia Cândido do Blog Histórias Existem Para Serem Contadas e colaboradora do Blog Doces Letras.
     Hoje eu venho deixar para vocês minha resenha do livro Perfumes de Paris, escrito pela Sayonara Salvioli e publicado pela Primavera Editorial.


Venha conferir minha opinião:



. Dados Sobre o Livro:

- Autora: Sayonara Salvioli
- Editora: Primavera
- Coleção: Amores Proibidos
- 1ª Edição
- Ano: 2016
- 160 páginas

. Adicione no Skoob: Perfumes de Paris

. Sinopse:

No romance Perfumes de Paris, o luxo e a sedução da belle époque francesa serão o pano de fundo para um amor proibido e envolvente. Junto com os protagonistas, o leitor caminhará pelo Quai des Tuileries e pela Pont Neuf; visitará a catedral de Notre-Dame e se encantará com os Jardins de Luxemburgo. Também será convidado a percorrer outros lugares marcantes da Cidade-luz, como o bairro boêmio de Montmartre e seu glorioso Moulin Rouge. Mas será fora dos círculos de glamour que a protagonista conhecerá o amor. A romântica e – ao mesmo tempo – moderna Charlotte, uma perfumista à frente de seu tempo, encontrará no pintor Pierre o maior sentimento que já conheceu. Porém, o amor chega com uma proibição causada por um antigo segredo. E, logo adiante, o casal enfrentará uma barreira ainda maior e mais severa... Com passagem também pelos canteiros floridos de Grasse – a Capital Mundial do Perfume – e pelos campos de lavanda da região de Provence, Perfumes de Paris apresenta uma história de amor em todas as suas fases: a surpresa, o encanto, o medo, a ameaça, a sensualidade e o êxtase!
 

Simplesmente Fascinante!

     Perfumes de Paris é o primeiro volume da coleção Amores Proibidos que fará o leitor viajar através do tempo e ao redor do mundo enfrentando algumas barreiras pela sociedade,  pela família, pela guerra ou  pela religião. Neste romance  fui transportada para Paris no ano 1894, período fascinante da Bell Époque.
     O livro conta a história de Charlotte Emanuelle Dubois Grasse de Chermont, uma mulher feliz que possui uma personalidade aventureira e extremamente moderna.
     Após a morte de seu querido pai Eugène, que faleceu devido uma doença, Charlotte ficou  aos cuidados de seu avô paterno Armand de Chermont, Marquês de Broc e Conde de Grasse e tornou-se  a única herdeira da famosa perfumaria chamada Chermont Perfumerie.
      Seu avô encontrou vários pretendentes para Charlotte, pois a moça estava com vinte sete anos e ainda não havia se casado. Contudo Charlotte estava  satisfeita  com sua liberdade,  sua profissão de perfumista descobrindo várias fragrância transformando-as em perfumes maravilhosos e aproveitando as noites  em locais marcantes que Paris proporcionava.
      No entanto, uma bela noite  ao sair do cinema acompanhada do seu avô, Charlotte  conheceu o talentoso Pierre, um pintor  muito humilde que fará Charlotte  conhecer o verdadeiro amor e Paris terá um novo significado na vida da moça.
       Apesar do livro ser curto, a escrita da autora Sayonara é detalhista e contém uma delicadeza que  consegue encantar a história tranquilamente.  Como a trama  é narrada pelo ponto de vista da Charlotte, a personagem descreve lugares marcantes como a Ponte Neuf, a catedral de Notre- Dame e até  o glorioso Moulin Rouge de forma fascinante.
       O romance entre Charlotte e Pierre é digno de bater palmas de pé. Eles são determinados e desde a primeira vez que se viram, o destino mostrou para eles que  estavam predestinados à ficarem juntos. Enfrentam obstáculos, dramas familiares, revelações que emocionou cada página lida.
       A capa corresponde a personagem da história, a diagramação está impecável  nas páginas amarelas. O enredo contém um desenvolvimento muito bom e a leitura é rápida.
      Enfim, recomendo muito para leitores que apreciam romances de época e adoram enredo com lugares apaixonantes. Vale a pena ler.

"Entendi ali, para sempre, que o amor pode ser como o ar: nós não o vemos, ele não nos responde com clareza, mas se renova em nosso resfolegar de vida, que se repõe sempre que alguém ama de verdade." ( pág. 11 )
  
“ De que me valeriam todos os palácios do mundo sem o meu príncipe?”  ( Pág. 76 )

“ Sinto essa liberdade nos ares! E hoje entendo que isso significa  ser livre para sonhar.” ( pág. 156 )

  
     . Sobre a Autora:



       Sayonara Salvioli, tem paixão por Paris. Sobre amores, o seu maior é a palavra. A autora também é dramaturga, biógrafa, contista e cronista. Suas crônicas são estudadas na Miami University (Oxford, OH, EUA) desde 2012. Como romancista, em 2015 lançou em Portugal obra também passada no século XIX. Membro de academias de Letras no Brasil e na França.

     Já leu Perfumes de Paris?
     Então nos conte se gostou, vamos adorar ler seu comentário.
     Bjos e até a próxima...



Kênia Candido:
Eu sou dona do blog Histórias Existem Para Serem Contadas. Mineira completamente apaixonada por livros, filmes e seriados de TV.

8 comentários:

  1. Não é um livro que eu leria, me parece o tipo de romance água com açúcar bem clichê que o casal enfrenta muita dificuldade para ficar tudo e no final tudo termina bem. Mas, ainda bem que você gostou muito e achou a diagramação impecável e gostou do enredo com lugares apaixonantes.

    Abraços,

    Alessandro Bruno
    http://www.rascunhocomcafe.com/2016/09/porque-sua-filha-deve-assistir-os.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alessandro.
      Obrigado por sua visita.
      Abraço.

      Excluir
  2. Oii!
    O legal de livros curtos é quando são bem detalhados, bem escritos, porque se não a história fica fraca demais né. Apesar de não gostar de romances, gosto das dicas :3

    Bjs, Carol | Espilotríssimo
    http://carolespilotro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol, você falou tudo. Um livro com poucas páginas tem que ser muito bem trabalhado para que o enredo fique bom.
      Bjus

      Excluir
  3. As vezes menos é mais, foi o que pensei quando você disse que o livro é curto mas nem por isso deixa de ser detalhista. Fiquei com vontade de ler, pois sou exatamente o tipo de leitora que ama romances de época!

    Pandora
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pandora. Também amo romances de época e esse parece ter uma bela história.
      Bjus

      Excluir
  4. Oi
    eu só leio resenhas positivas desse livro, não acho a capa bonita só que a história chama a minha atenção ainda mais pelo lugar que se passa.

    momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é simples, mas eu gosto. E a história tem todos os elementos que me agradam.
      Espero que tenha a chance de conferir.
      Bjus

      Excluir

Olá ao passar por aqui, deixe um comentário. É sempre uma delícia poder conhecer sua opinião.
Obrigado por visitar e comentar no Doces Letras!